Instalação de uma mesa tangível desenvolvida pelo Teias numa escola em Canoas

No dia 28 de março foi instalada na Escola Municipal João Palma da Silva, em Canoas, uma mesa tangível desenvolvida pelo grupo Teias/UFRGS, para uso nas atividades da sala de atendimento educacional especializado por parte dos professores da escola e para servir de apoio às atividades de pesquisa dos alunos de mestrado e doutorado do PPGIE e PPGEDU orientandos da profa. Dra. Liliana Passerino, que fazem parte do Grupo Teias/UFRGS.

A mesa tangível permite interações com objetos reais e pode ser utilizada para desenvolver a coordenação motora fina e tarefas cognitivas que envolvem representações visuais, sonoras, táteis e simbólicas de objetos, especialmente para crianças com déficit de comunicação ou cognitivos.

A mesa é uma estrutura de madeira com uma superfície de acrílico e vinil semitransparente, que possui em seu interior um projetor, uma webcam, leds infravermelho, um espelho e um computador. A imagem da aplicação é projetada com o auxílio do espelho na superfície semitransparente da mesa e os objetos, com seus elementos fiduciais de marcação em sua base, são posicionados sobre a projeção, na mesa. A imagem dos elementos de marcação sobre a mesa é capturada pela webcam e enviada ao computador para que o software faça o reconhecimento dos fiduciais e seu respetivo posicionamento. O framework da mesa, através do seu player interpreta os dados e exibe no projetor os comandos previamente programados na aplicação.