Inscrições abertas para o curso EAD de Saúde Planetária

27/04/2020

A saúde das pessoas está intimamente associada com o estado do ambiente em e que vivem. Por isso, o curso EAD de Saúde Planetária busca entender como os impactos ambientais têm afetado e poderão afetar ainda mais a saúde dessa e das próximas gerações. 

A produção do curso é uma parceria entre Planetary Health Alliance, Rural Seeds, Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA USP), Grupo de Trabalho de Saúde Planetária da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Confederação Iberoamericana de Medicina de Família e Comunidade, Organização Mundial dos Médicos de Família (Wonca), Grupo Hospitalar Conceição e TelessaúdeRS-UFRGS.

Com carga horária de 60h, o curso demonstra, com base  últimas evidências científicas disponíveis, como ocorrem essas interações entre a saúde dos ecossistemas e a saúde das pessoas e por que o Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro tem um potencial significativo para ajudar a mitigar e adaptar-se às mudanças climáticas essencialmente na Atenção Primária à Saúde (APS).

O público-alvo são profissionais e estudantes da área da saúde, mas demais interessados também podem realizar o curso. Espera-se que, ao final do curso, os participantes tornem-se multiplicadores dessas informações, contribuindo para identificar conceitos e questões de saúde planetária, bem como formas de mitigação dos impactos negativos no meio ambiente e seu efeito na saúde. 

As inscrições estão abertas a partir de hoje e seguem até o dia 14 de maio na plataforma moodle do TelessaúdeRS. Para se inscrever, basta seguir os passos do tutorial, clicando aqui. O manual, com mais informações sobre o curso, pode ser acessado aqui.

Com dúvida clínica?

conheça nossa teleconsultoria

Essa resposta foi gerada a partir de uma da mais de 100 mil teleconsultorias realizadas por nós atráves do 0800 644 6543, canal gratuito para resolução de dúvidas de profissionais da saúde de todo o Brasil.

+ Lidas

acessar todas

Avaliação das Evidências Científicas sobre o uso de Hidroxicloroquina/Cloroquina como terapia específica para COVID-19