Todas as Notícias

TelessaúdeRS-UFRGS lança e-book “Alimentação & Nutrição na Atenção Primária à Saúde”

Já está disponível para download o livro “Alimentação & Nutrição na Atenção Primária à Saúde”, organizado pela equipe do TelessaúdeRS-UFRGS, composta por Roberto Nunes Umpierre, professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Médico da Família e Comunidade e Vice-coordenador do projeto, Marcelo Rodrigues Gonçalves, também professor da Faculdade de Medicina da UFRGS, Médico da Família e Comunidade e Coordenador do TelessaúdeRS-UFRGS, Sabrina Dalbosco Gadenz, Nutricionista e Assessora Operacional do Telediagnóstico TeleOftalmo, e Cynthia Goulart Molina-Bastos, Médica da Família e Comunidade e Coordenadora do Telediagnóstico.

O e-book é uma compilação dos materiais de leitura disponibilizados no curso “Nutrição da APS” desenvolvido pelo TelessaúdeRS-UFRGS e ministrado na modalidade Educação a Distância (EaD) de setembro a dezembro de 2017. Cerca de cinco mil alunos de todo o Brasil, profissionais e estudantes da área de Saúde, participaram do curso EaD.

O livro é composto por dez capítulos e traz recomendações sobre alimentação adequada e saudável na Atenção Primária para diversos tipos de públicos. Conforme o professor Umpierre, a obra foi elaborada com o objetivo de capacitar os profissionais da Atenção Primária à Saúde sobre alimentação saudável. “É uma estratégia para enfrentar a epidemia de doenças crônicas não-transmissíveis, através de orientações adequadas, estímulo às hortas comunitárias, ao consumo de alimentos in natura e orgânicos”.

O e-book está disponível para download gratuito no site do TelessaúdeRS-UFRGS: clique aqui e baixe o seu.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Fornecimento de óculos para pacientes do Teleoftalmo

Informamos que o fornecimento de óculos de grau para os pacientes do projeto de Telediagnóstico em oftalmologia, Teleoftalmo, foi suspenso temporariamente.  A interrupção da distribuição dos mesmos se dá em função do período de renovação do contrato com a ótica responsável.

Assim que o fornecimento for restabelecido, divulgaremos nos canais de comunicação do TelessaúdeRS-UFRGS.

O agendamento e a realização dos exames do Teleoftalmo não sofreram alterações.

Agradecemos a compreensão.

Em caso de dúvidas, entrar em contato pelo 51-33082089.         

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Telemedicina auxilia na diminuição da fila de espera para consulta com dermatologista em POA

Esta semana, a Prefeitura de Porto Alegre divulgou os resultados da lista de espera para consulta com dermatologista na cidade. Os dados apontam que o serviço oferecido pelo TelessaúdeRS-UFRGS, DermatoNet, contribuiu para que esse feito fosse alcançado.

Em janeiro deste ano, 5.830 pessoas aguardavam na fila de espera para especialista. Em novembro este número zerou.

Por meio do DermatoNet, lançado em fevereiro de 2017, os médicos que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Rio Grande do Sul podem fotografar as lesões de pele dos pacientes quando tiverem dúvidas a respeito do diagnóstico ou tratamento. As fotos são enviadas para o TelessaúdeRS-UFRGS, via site ou app da Plataforma de Telessaúde, e avaliadas por dermatologistas do projeto. Em no máximo 72 horas, um laudo médico é emitido com orientações de tratamento na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) ou encaminhamento ao especialista.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Início do verão e o Aedes aegypti

Com a chegada do verão e o aumento da temperatura, a proliferação dos mosquitos Aedes aegypti é intensificada. Por isso, o TelessaúdeRS-UFRGS lembra da importância da verificação dos criadouros semanalmente. Conheça as características do mosquito:
  • o Aedes aegypti é pequeno, preto ou marrom e com machas brancas nas patas e no corpo;
  • seu horário de maior atividade é pela manhã e no fim da tarde;
  • não costuma emitir zumbidos audíveis;
  • a picada frequentemente não dói (ou dói pouco) e causa pouca o nenhuma coceira;
  • a reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura dos ovos;
  • o tempo médio de vida do mosquito é de 30 dias;
  • um único mosquito pode gerar até 1.500 outros.

Vale destacar que as fêmeas utilizam o sangue humano para a maturação dos seus ovos. É nesse momento que doenças como Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela podem ser transmitidas para os seres humanos.

ilustracao_texto_aedes_20171222_ipn_Prancheta 1 cópia 2

O TelessaúdeRS-UFRGS disponibiliza à população o aplicativo do RSContraAedes que possui um alerta que serve como lembrete para a verificação dos locais que podem se tornar possíveis focos de mosquito. O aplicativo é gratuito e está disponível para Android e iOS. Além dessa ferramenta, está disponível para a população e para profissionais de saúde o site www.rscontraaedes.ufrgs.br, onde é possível consultar informações seguras, vídeos e fazer download gratuito de materiais informativos, como folders, guias e cartilhas.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para bolsista na equipe de teleducação

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe de Teleducação.

Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição disponível aqui e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 21/12/2017, colocando no assunto Processo Seletivo Bolsista 25/2017-Teleducação.

Confira mais informações aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Instabilidade na rede da UFRGS

Devido à forte chuva que acomete a cidade de Porto Alegre, nossa rede ficará instável entre hoje e amanhã. Os serviços e telefones do TelessaúdeRS-UFRGS podem ficar indisponíveis.

Assim que o problema for resolvido, informaremos.

Agradecemos a compreensão de todos.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Unidade remota do Teleoftalmo é inaugurada em Pelotas – RS

Foto: Gustavo Vara/Prefeitura Pelotas-RS

Nesta quarta-feira, 6 de dezembro,  mais uma unidade remota do Teleoftalmo-Olhar Gaúcho foi inaugurada no Rio Grande do Sul. Agora, os exames oftalmológicos  também poderão ser realizados em Pelotas, no Centro de Especialidades de Pelotas (Rua Voluntários da Pátria, 1428 –  Bairro Centro).

O município sediará uma das oito unidades no Estado. Duas unidades já estão instaladas em Porto Alegre e uma nas cidades de Farroupilha e Santa Rosa. Cada uma atenderá preferencialmente os pacientes de sua macrorregião de saúde.

O projeto Teleoftalmologia como Estratégia de Atenção Integral à Saúde Ocular é uma iniciativa  do TelessaúdeRS-UFRGS, do Hospital Moinhos de Vento, do Ministério da Saúde, pelo PROADI-SUS,  do Governo do Estado e da Prefeitura de Farroupilha.

O Teleoftalmo atenderá crianças a partir de 8 anos e adultos com dificuldades de visão. Conforme o diagnóstico, o paciente poderá ter seu problema resolvido na própria unidade básica de saúde. Além disso, os casos que necessitarem de avaliação com especialista, terão prioridade no encaminhamento ao oftalmologista.

06.12.2017 - Prefeita Paula Mascarenhas durante inauguração do Teleoftaalmo no Centro de Especialidades - Foto: Gustavo Vara

Foto: Gustavo Vara/Prefeitura Pelotas-RS

Como funciona o serviço

O médico do posto de saúde envia sua solicitação via Plataforma de Telessaúde (www.plataformatelessaude.ufrgs.br), e a equipe do TelessaúdeRS-UFRGS efetua o agendamento com o paciente. O exame é realizado remotamente pelos oftalmologistas do projeto, com apoio presencial do médico clínico e da equipe de enfermagem. O laudo é enviado pela Plataforma de Telessaúde/MS para o médico solicitante com recomendações de conduta. Diante da necessidade de lentes corretivas, os óculos poderão ser fornecidos sem custo ao paciente. Cada consultório terá capacidade de realizar mais de 500 atendimentos por mês.

A avaliação no TeleOftalmo inclui: aferição da acuidade visual e teste de refração para medida do grau de óculos; medida da pressão ocular; fotodocumentação para avaliação de córnea, catarata e fundo do olho; e testes de estrabismo.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Dez anos da primeira Teleconsultoria realizada pelo TelessaúdeRS-UFRGS

Em 21 de novembro de 2007, o TelessaúdeRS-UFRGS realizou sua primeira Teleconsultoria, hoje já contamos com mais de 120 mil.

Queremos agradecer a todos que fazem parte desta história e que nos ajudam diariamente, mesmo com todas as dificuldades, a construir um SUS melhor e uma Atenção Primária à Saúde de qualidade.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo Seletivo 24 /2017 – Bolsista TIC

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe TIC.
Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 24/11/2017, colocando no assunto: Processo Seletivo 24/2017 -Bolsista TIC.
Informações ligar para: 51 3308-2160 / 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Webpalestra – Rastreamento de Câncer de Próstata: descortinando a controvérsia

No dia 23 de novembro, às 18h o TelessaúdeRS-UFRGS transmitirá o Webpalestra “Rastreamento do Câncer de Próstata: descortinando a controvérsia” ao vivo pelo canal do Youtube do projeto. A proposta da palestra é esclarecer profissionais de saúde sobre as principais questões que envolvem o rastreamento do câncer de próstata.

A Webpalestra será ministrada pelo Médico Urologista e teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS, Guilherme Behrend Silva Ribeiro e terá como debatedores os médicos Olavo Amaral, Alexander Daudt, Marcos Mendonça e Ricardo Zordan que apresentarão pontos de vista diversos sobre o tema.

O evento é gratuito e possui emissão de certificado!

Para assistir, basta acessar o link no horário marcado: http://www.youtube.com/telessauders (para falar no chat é necessário logar com sua conta do Youtube).

Sobre o palestrante e debatedores:

Guilherme é graduado em medicina pela UFRGS e mestre em Ciências Cirúrgicas pela mesma universidade. Além disso, é membro da Sociedade Brasileira de Urologia e da European Association of Urology.

Olavo Amaral é graduado em medicina pela UFRGS, doutor em Bioquímica também pela mesma universidade, especialista em Radiologia e Diagnóstico por Imagem e pesquisador em Neurociências. Além disso, também é escritor. Confira o artigo escrito por Olavo para a revista Piauí: http://piaui.folha.uol.com.br/materia/novembro-cinza/ (material exclusivo para assinantes).

Alexander Daudt é médico oncologista, graduado em medicina pela PUC-RS, especializado em oncologia clínica pela UFRGS, mestre e doutor em ciências pneumológicas, também pela mesma universidade e pós-doutor pela Johns Hopkins University.

Marcos Mendonça é médico de família e comunidade, graduado em medicina na UFCSPA, especializado em medicina de família e comunidade e em Administração em Saúde em Atenção Primária pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Ricardo Zordan é médico urologista, graduado em medicina pela UFCSPA e mestre em patologia pela mesma universidade.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Seleção para bolsistas – equipe administrativa

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe Administrativa.
Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 17/11/2017, colocando no assunto: Bolsista Administrativo.
Informações ligar para: 51 3308-2160 / 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Unidade remota do Teleoftalmo é inaugurada em Farroupilha

A partir de hoje a saúde pública de Farroupilha receberá um novo projeto de telemedicina que buscará agilizar o acesso da população ao diagnóstico de oftalmologia e reduzir a fila de espera por consultas especializadas. A unidade remota do Teleoftalmo – Olhar Gaúcho no município foi inaugurada hoje,  27 de outubro,  na Unidade Básica de Saúde do Bairro América.  O município sediará uma das oito unidades no Estado.

Duas unidades estão instaladas em Porto Alegre e uma nas cidades de Farroupilha e Santa Rosa. Cada uma atenderá preferencialmente os pacientes de sua macrorregião de saúde.

O projeto Teleoftalmologia como Estratégia de Atenção Integral à Saúde Ocular é uma iniciativa  do TelessaúdeRS-UFRGS, do Hospital Moinhos de Vento, do Ministério da Saúde, pelo PROADI-SUS,  do Governo do Estado e da Prefeitura de Farroupilha.

O Teleoftalmo atende crianças a partir de 8 anos e adultos com dificuldades de visão. Conforme o diagnóstico, o paciente poderá ter seu problema resolvido na própria unidade básica de saúde. Além disso, os casos que necessitarem de avaliação com especialista, terão prioridade no encaminhamento ao oftalmologista.

 

tel

Como funciona o serviço

O médico do posto de saúde envia sua solicitação via Plataforma de Telessaúde (www.plataformatelessaude.ufrgs.br), e a equipe do TelessaúdeRS-UFRGS efetua o agendamento com o paciente. O exame é realizado remotamente pelos oftalmologistas do projeto, com apoio presencial do médico clínico e da equipe de enfermagem. O laudo é enviado pela Plataforma de Telessaúde/MS para o médico solicitante com recomendações de conduta. Diante da necessidade de lentes corretivas, os óculos poderão ser fornecidos sem custo ao paciente. Cada consultório terá capacidade de realizar mais de 500 atendimentos por mês.

A avaliação no TeleOftalmo inclui: aferição da acuidade visual e teste de refração para medida do grau de óculos; medida da pressão ocular; fotodocumentação para avaliação de córnea, catarata e fundo do olho; e testes de estrabismo.

 

Saiba mais sobre o projeto aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo 22/2017 – bolsista de Estatística

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para cadastro de reserva (CR) de bolsista na Equipe de Estatística.

Os interessados deverão encaminhar o seu currículo para o contato selecaobolsa@yahoo.com até o dia 08/11/2017 (quarta-feira), preenchendo o campo assunto com o texto “Bolsista Equipe Estatística”.

Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Confira o edital completo aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo 21/2017 – bolsista pós-graduação dermatologia

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista de Pós-Graduação com graduação concluída em Medicina e residência/especialização em Dermatologia. Interessados deverão enviar o Currículo Lattes (com telefone para contato) para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 30/10/2017, colocando no assunto Bolsista Pós-Graduação + nome da área.

Informações ligar 51 3308-2160 / 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Confira o edital aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Inscrições abertas para o Curso EAD de Saúde Bucal para pessoas idosas

O TelessaúdeRS-UFRGS realizará, entre os meses de outubro, novembro e dezembro deste ano, a primeira edição do Curso EAD de Saúde Bucal para pessoas idosas. O curso é destinado aos profissionais de saúde, Agentes Comunitários de Saúde, cuidadores e estudantes da área da saúde e demais interessados. Os conteúdos abordarão aspectos relevantes sobre saúde bucal de idosos, como: a saúde bucal de pessoas idosas, uso de medicações e nutrição de pessoas idosas, síndromes geriátricas e e estomatologia geriátrica.

O curso é gratuito e será realizado na modalidade a distância, via Plataforma Moodle.

Inscrições poderão ser realizadas de 23 a 29 de outubro de 2017 clicando aqui.

Esta é uma iniciativa do TelessaúdeRS-UFRGS em parceria com a Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Confira a ementa aqui

Dúvidas e informações sobre o curso:

Site: www.telessauders.ufrgs.br
E-mail: ead@telessauders.ufrgs.br
Telefone: 51-33082098 | 51-33082093

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Webpalestra: a contribuição do NASF para a atenção nutricional na Atenção Primária à Saúde

No dia 19/10, às 18:30, ocorrerá mais uma Webpalestra do TelessaúdeRS-UFRGS!

O tema desta semana é: a contribuição do NASF para a atenção nutricional na Atenção Primária à Saúde.

A palestra será ministrada pela Nutricionista Darlise Rodrigues dos Passos, graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010), Mestre em Nutrição e Alimentos pela Universidade Federal de Pelotas. Possui Residência em Saúde da Família e Comunidade (Grupo Hospitalar Conceição). Especialista em Alimentação e Nutrição na Atenção Básica (ENSP/FIOCRUZ) e em Educação Permanente em Saúde (UFRGS). Atualmente é nutricionista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) no município de Canoas e tutora da Estratégia Amamenta Alimenta Brasil. Possui experiência com trabalho em equipe multiprofissional em saúde coletiva, atuando em pesquisas sobre comportamento alimentar e obesidade infantil e fatores de risco associados a doenças crônicas não transmissíveis.

A transmissão será feita pelo canal do Youtube do projeto.

Evento gratuito com emissão de certificado!

Para assistir, basta acessar o link no horário marcado: http://www.youtube.com/telessauders (para falar no chat é necessário logar com sua conta do Youtube).

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS sobre o Outubro Rosa

A Campanha do Outubro Rosa é realizada anualmente e busca conscientizar a população sobre o Câncer de Mama – uma causa significativa de mortalidade entre mulheres – bem como reforçar a adoção de políticas públicas para prevenção, diagnóstico e tratamento da doença. Nesse contexto, é fundamental a orientação sobre medidas de educação dos pacientes e dos profissionais de saúde e destacar que o rastreamento não é capaz de prevenir a doença e sim diagnosticá-la em estágios sem manifestações clínicas.

O TelessaúdeRS-UFRGS concorda com o posicionamento da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul e do Ministério da Saúde. A mamografia para rastreamento do câncer de mama deve ser oferecida a cada 2 anos para todas as mulheres com idade entre 50 e 69 anos e risco padrão para o câncer de mama. A ecografia mamária não deve ser utilizada como método de rastreamento do câncer de mama.

Independentemente da idade, mulheres que possuem risco aumentado para câncer de mama devem conversar com seu médico para avaliação de risco e discussão de rastreamento com periodicidade diferenciada da população com risco padrão. Confira as situações que sugerem maior risco para o câncer de mama:

  • História familiar de câncer de mama em parentes de primeiro grau antes dos 50 anos (mãe, filha ou irmã);
  • História familiar de câncer de mama bilateral em parentes de primeiro grau em qualquer idade (mãe, filha ou irmã);
  • História familiar de câncer de ovário em parentes de primeiro grau em qualquer idade (mãe, filha ou irmã);
  • História familiar de câncer de mama masculino;
  • História de radiação torácica (radioterapia torácica previa).

 

O cuidado integral das mulheres não deve ser restrito a solicitação de mamografia para rastreamento. A equipe da atenção primária deve fornecer orientações sobre prevenção do câncer de mama, manifestações clínicas da doença, bem como riscos relacionados ao rastreamento (como o sobrediagnóstico e sobretratamento).

Esse posicionamento se dá uma vez que a mamografia apresenta riscos. Ela pode identificar lesões que não são câncer e o falso-positivo pode gerar investigação diagnóstica desnecessária, ansiedade e estresse. Além disso, mulheres podem ser diagnosticadas e tratadas (com retirada parcial ou total da mama, quimioterapia e radioterapia) para algum tipo de câncer que não ameaçaria a vida.

 

infografico_texto_outubro_rosa_20171013_v002-01

 

Ademais, o TelessaúdeRS-UFRGS, baseado na revisão das melhores evidências clínicas disponíveis, desaconselha o autoexame rotineiro das mamas. Entretanto, é importante que as mulheres conheçam seu corpo, estejam familiarizadas com o que é normal do organismo e que fiquem atentas a alterações suspeitas na mama. Mulheres com nódulo na mama, secreção nos mamilos, alteração da pele na região das mamas e/ou nódulos nas axilas devem procurar imediatamente avaliação médica para investigação e diagnóstico dos sinais e sintomas existentes, independente da história familiar, da idade ou do tempo da última mamografia.

O Outubro Rosa deve focar no acesso à informação e na promoção à saúde através da prevenção do câncer de mama que, além de contribuir para a diminuição da doença, ajuda a diminuir custos com o cuidado com a saúde e melhora significativamente a vida das pessoas.

 

Referências

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Câncer de mama: é preciso falar disso. 4. ed. Rio de Janeiro: INCA, 2016. Disponível em: <http://www1.inca.gov.br/inca/Arquivos/Cartilha_cancer_de_mama_vamos_falar_sobre_isso2016_web.pdf>. Acesso em: 13 out. 2017.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Câncer de mama: é preciso falar disso [folder]. 4. ed. Rio de Janeiro: INCA, 2016. Disponível em: <http://www1.inca.gov.br/inca/Arquivos/Folder_Salvar_Vidas_Cancer_Mama_2016.pdf>. Acesso em: 13 out. 2016.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Diretrizes para a Detecção Precoce do Câncer de Mama no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2015. Disponível em: <http://www1.inca.gov.br/inca/Arquivos/livro_deteccao_precoce_final.pdf>. Acesso em: 13 out. 2017.

RODRIGUES, Juliana Dantas et al. Uma análise da prevenção do câncer de mama no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 20, n. 10, p.3163-3176, out. 2015. Disponível em: <http://www.redalyc.org/pdf/630/63042187022.pdf>. Acesso em: 09 out. 2017.

U.S. PREVENTIVE SERVICES TASK FORCE. BRCA-Related Cancer: Risk Assessment, Genetic Counseling, and Genetic Testing [Internet]. 2013 Dec [citado em 13 Out 2016]. Disponível em: <https://www.uspreventiveservicestaskforce.org/Page/Document/UpdateSummaryFinal/brca-related-cancer-risk-assessment-genetic-counseling-and-genetic-testing?ds=1&s=breast%20cancer>. Acesso em: 13 out. 2016.

U.S. PREVENTIVE SERVICES TASK FORCE. Breast Cancer: Screening [Internet]. 2013 Dec. Disponível em: <https://www.uspreventiveservicestaskforce.org/Page/Document/UpdateSummaryFinal/breast-cancer-screening1?ds=1&s=breast câncer>. Acesso em: 13 out. 2016.

Texto: Vitória Pacheco

Revisão: Rosely Andrade, Ana Paula Borngraber Correa, Camila Hofstetter Camini, Milena Rodrigues Agostinho – CRM RS: 34265, Cynthia Goulart Molina Bastos – CRM RS: 34008, Marcelo Rodrigues Gonçalves – CRM RS: 25235 e Roberto Nunes Umpierre – CRM RS: 26837

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Expediente feriado Nossa Senhora de Aparecida

 Informamos que, devido ao feriado de Nossa Senhora Aparecida, o TelessaúdeRS-UFRGS não terá expediente no dia 12 de outubro. Retornaremos nossas atividades normalmente na sexta-feira, dia 13 de outubro às 08h.
As teleconsultorias solicitadas via Plataforma de Telessaúde após as 18h do dia 11 de outubro serão reguladas e respondidas a partir das 8h (horário de Brasília) do dia 13 de outubro.
Lembramos que nosso novo horário no canal 0800 644 6543 é de segunda à sexta-feira, das 08h às 12h, apenas para médicos do Rio Grande do Sul.
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Plataforma de Telessaúde/MS instável

Informamos que, no dia de hoje, 06/10, a Plataforma de Telessaúde/MS está instável.

Dúvidas sobre a Plataforma podem ser sanadas com a equipe TIC do TelessaúdeRS-UFRGS  pelo 51 33082142 ou platafoma@telessauders.ufrgs.br.

Agradecemos a compreensão e estamos à disposição.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Instabilidade na rede

Devido o temporal que acometeu a cidade de Porto Alegre na noite de ontem, dia 1º de outubro, nossa rede ficará instável entre hoje e amanhã. Os serviços e telefones do TelessaúdeRS-UFRGS podem ficar indisponíveis.

Assim que o problema for resolvido, informaremos.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS lança novo curso EAD de Nutrição APS

As inscrições para o Curso EAD de Nutrição na Atenção Primária à Saúde (APS) estão abertas. Direcionado aos profissionais de saúde de nível superior que atuam na rede pública, em especial aqueles que atuam na APS, e estudantes de graduação da área da saúde de todo Brasil, o curso visa contribuir para a qualificação das orientações alimentares prestadas no âmbito da APS, oferecendo estratégias para o manejo da alimentação frente às demandas mais frequentes no nível de atenção, baseadas nas melhores evidências científicas.

O atual volume de informações e a constante mudança de crenças em alimentação e nutrição refletem na dificuldade de apropriar-se dos temas discutidos pela sociedade. Fazer buscas em artigos recentes e ainda saber de que forma aplicar esse conhecimento na rotina da APS é um grande desafio. No entanto, as orientações alimentares integram boa parte das ações da APS, e é impossível não fazê-las para promover a saúde, prevenir e tratar doenças. Por isso, este curso é uma tentativa de informar os profissionais de saúde e discutir a alimentação e nutrição de forma científica e prática”. Ylana Rodrigues, membro da equipe organizadora do curso.

Serão abordados tópicos referentes ao incentivo à alimentação saudável, mitos e verdades sobre alimentação e nutrição, cuidados e orientações sobre nutrição materno-infantil, alergias e intolerâncias alimentares, obesidade, diabetes, hipertensão, doença renal crônica, transtornos alimentares e terapia nutricional enteral domiciliar.

“O curso é uma ótima oportunidade de educação permanente, que auxiliará no rastreamento e tratamento de condições crônicas, além de disponibilizar estratégias para que os profissionais de saúde auxiliem a população no enfrentamento de obstáculos relacionados a uma alimentação saudável”. Andreza Vasconcelos, membro da equipe organizadora do curso.

O curso é gratuito e totalmente ministrado na modalidade EAD, através da plataforma de ensino e aprendizado a distância Moodle – TelessaúdeRS-UFRGS.

Ao final do curso, o certificado dos participantes será emitido pelo Portal de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), somente de forma eletrônica, com valor único a ser pago de R$4,00.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas através do site do TelessaúdeRS-UFRGS até o dia 11/10/2017 ou até esgotarem as vagas.

Se inscreva aqui

Mais informações aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para teleconsultor oftalmologista

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para Teleconsultor Oftalmologista.

Os interessados no cargo deverão entregar a documentação solicitada no edital na sede do TelessaúdeRS-UFRGS até o dia 29/09 de acordo com os modelos indicados.

Confira o edital completo e os modelos de entrega de documentação aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Expediente Feriado Estadual de 20 de setembro

Informamos que, devido ao feriado, o TelessaúdeRS-UFRGS não terá expediente no dia 20 de setembro. Retornaremos nossas atividades normalmente na quinta-feira, dia 21 de setembro às 08h.
As teleconsultorias solicitadas via Plataforma de Telessaúde após as 18h do dia 19 de setembro serão reguladas e respondidas a partir das 8h (horário de Brasília) do dia 21 de setembro.
Lembramos que nosso novo horário no canal 0800 644 6543 é de segunda à sexta-feira, das 08h às 12h, apenas para médicos do Rio Grande do Sul.
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Trabalho sobre Curso EAD de Estomatologia do TelessaúdeRS-UFRGS fica em 1° Lugar na 34ªReunião da SBPqO

O trabalho intitulado “Impacto de um curso de EAD em Estomatologia na capacidade diagnóstica de estudantes de graduação em Odontologia” produzido pelo TelessaúdeRS-UFRGS em parceria com a Faculdade de Odontologia da UFRGS ficou em primeiro lugar na categoria “Pesquisa em Ensino” na 34º Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica (SBPqO), um dos eventos mais importantes da área, realizado entre os dias 03 à 06 de setembro em Campinas – SP.

“Após o oferecimento de 4 edições (2009-2014) de um curso de Estomatologia baseado em arquivos de power point com narração, o TelessaúdeRS-UFRGS decidiu realizar uma avaliação crítica do material produzido nessa “1ª geração” do curso. Concluiu-se que o formato que vinha sendo utilizado já estava ultrapassado. A decisão de modernizar o curso exigiu uma busca de tendências atuais em EAD. Os princípios de aprendizado baseado em problema e sala de aula invertida foram incorporados para dar uma nova identidade ao curso. Outra inovação foi criar um grupo do curso no Facebook, estratégia que teve um resultado bastante favorável, mantendo a regularidade e o engajamento dos alunos. Entre planejamento e execução, foram aproximadamente 12 meses de muito trabalho. Essa premiação (1º lugar na sessão Pesquisa em Ensino na Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica) é o reconhecimento da dedicação com a qual a nossa equipe se entregou à proposta e reforça a aprovação que já havia sido demostrada pelos participantes do curso”. Vinicius Carrard, professor,  Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS e responsável pelo Telediagnóstico em estomatologia, EstomatoNet.

 

“Foi um grande desafio a proposta de reformulação estética dos cursos EAD.  A equipe ficou muito feliz pelo retorno positivo dos alunos, e pelo reconhecimento do prêmio recebido na 34ª Reunião da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica.” Rafael Martins Alves, bolsista Audiovisual na Equipe de Comunicação do TelessaúdeRS-UFRGS e Técnico em Produção Multimídia.

 

O resumo se encontra disponível em https://goo.gl/yCPu7Z

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para Desenvolvedor Pleno em TI

TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para contratação de Desenvolvedor Pleno em TI. A vaga é destinada para integrar a equipe de desenvolvedores de sistemas do projeto.

Interessados deverão enviar currículo vitae para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 15/09/2017, colocando no assunto Processo Seletivo Desenvolvedor Pleno.

Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Mais informações clique aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Inscrições abertas para o curso EAD de Odontopediatria na APS

O TelessaúdeRS-UFRGS realizará, entre os meses de setembro e outubro deste ano, a segunda edição do curso a distância de Odontopediatria na Atenção Primária à Saúde. O curso se destina a cirurgiões-dentistas e médicos que atuam na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do SUS no Brasil e estudantes de graduação dessas áreas da saúde. Os conteúdos versarão sobre temas relevantes à prática da odontopediatria na Atenção Primária à Saúde, entre eles: apresentar aspectos relacionados às técnicas de manejo do comportamento, dentística e endondontia de dentes decíduos, trauma dental e planejamento em Odontopediatria.

O curso é gratuito e será realizado na modalidade a distância, via Plataforma Moodle.

Inscrições poderão ser realizadas de 11 a 20 de setembro de 2017 clicando aqui.

Esta é uma iniciativa TelessaúdeRS-UFRGS em parceria com o Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, área de concentração Clínica Odontológica – Odontopediatria.

Confira a ementa aqui

Dúvidas e informações sobre o curso:

Site: www.telessauders.ufrgs.br
E-mail: ead@telessauders.ufrgs.br
Telefone: 51-33082098 | 51-33082093

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

10 de Setembro – Dia Mundial de Prevenção do Suicídio

A data busca alertar governantes, população e profissionais de saúde sobre os riscos e a realidade do suicídio no Brasil e no mundo.

 

No dia 10 de setembro, celebra-se o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio que tem como lema “Conectar, Comunicar, Cuidar”. Instituída em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a data tem como objetivo prevenir o ato do suicídio através da adoção estratégias por governos de diferentes países. No Brasil, a celebração integra a campanha #SetembroAmarelo, que é realizada no país desde 2014 numa iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Segundo dados da OMS, anualmente cerca de 800mil mortes são ocasionadas por suicídio no mundo, trata-se da 13º causa de morte mais comum. Entre a população jovem, na faixa etária de 15 à 29 anos, o suicídio é a segunda causa em número de mortes. Para a OMS, o suicídio é um problema de saúde pública que pode ser evitada com intervenções oportunas, baseadas em evidências e, muitas vezes, de baixo custo. Para isso, é necessária uma estratégia multisetorial abrangente de prevenção.

Nesse contexto, apresenta-se a necessidade da integração do cuidado em saúde mental na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB), aproximando o serviço especializado da APS e trabalhando de maneira ampliada para potencializar a Estratégia de Saúde da Família. Para isso, é necessário colocar em prática os atributos essenciais da APS. Ao ser aplicado, o “Conectar, Comunicar, Cuidar”, proposto pela campanha do Dia de Prevenção ao Suicídio, auxilia na melhoria da qualidade de vida da população e na diminuição de custos para o paciente e para o sistema de saúde.

Pensando nisso, o TelessaúdeRS-UFRGS procura auxiliar os profissionais de saúde nos seguintes aspectos:

  • No diagnóstico, na abordagem inicial e no acompanhamento de pacientes em saúde mental, assim como na identificação de pacientes com ou sem risco.
  • No conhecimento sobre referenciamento de pacientes dentro do Sistema Único de Saúde (SUS) e no acompanhamento dos pacientes contrarreferenciados pelos serviços de atenção especializada e serviços de referência em saúde mental.
  • No desenvolvimento de habilidades de coordenação do manejo na atenção primária de pacientes em saúde mental.
  • No oferecimento de evidências científicas sobre saúde mental.

Médicos dos Postos e Unidades de Saúde do Rio Grande do Sul, podem entrar em contato com o TelessaúdeRS-UFRGS através do 0800 644 6543, de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h. Além desse canal, todos os profissionais de saúde que atuam na APS/AB, podem solicitar teleconsultorias pela Plataforma de Telessaúde/MS disponível pelo site (www.plataformatelessaude.ufrgs.br) ou pelo aplicativo (disponível nas lojas Apple Store e Google Play).

Para a população do Rio Grande do Sul, há o número 188, canal do CVV em que pessoas com depressão, ansiedade ou com risco de suicídio possam conversar com os voluntários do programa. O novo número (188) foi disponibilizado através de uma parceria do Ministério da Saúde com o Centro de Valorização à Vida que estabelece, até 2020, que toda a população possa entrar em contato com o Centro de forma gratuita. Aos demais estados brasileiros, o número é o 141 que cobra a tarifa da ligação.

 

Mais informações e materiais de apoio podem ser encontradas no nosso canal do Youtube:

 

Referências

BRASIL. Portal Brasil. Cooperação garantirá ligações gratuitas em serviço de prevenção ao suicídio. Brasília: Governo Federal, 2017. Disponível em: < http://www.brasil.gov.br/saude/2017/03/cooperacao-garantira-ligacoes-gratuitas-em-servico-de-prevencao-ao-suicidio>. Acesso em: 6 set. 2017.

BRASIL. Portal Brasil.  Campanha Setembro Amarelo faz alerta para aumento de casos de suicídio. Brasília: Governo Federal, 2016. Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/cidadania-e-justica/2016/09/campanha-setembro-amarelo-faz-alerta-para-aumento-de-casos-de-suicidio>. Acesso em: 6 set. 2017.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Suicídio [Internet]. Geneva: OMS, 2017. Disponível em:  <http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs398/es/>. Acesso em: 6 set. 2017.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

0800 passa a funcionar apenas para médicos da APS/AB RS

Informamos que, desde o dia 05 de setembro de 2017, o serviço de teleconsultorias pelo canal 0800 644 6543 foi suspenso para enfermeiros da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do Rio Grande do Sul. Dúvidas clínicas ou gerenciais desses profissionais poderão ser enviadas através da Plataforma de Telessaúde/MS (www.plataformatelessaude.ufrgs.br). O serviço continua a atender os médicos da APS/AB do estado em novo horário, de segunda à sexta-feira das 08h às 12h.
Esperamos pela retomada integral do serviço, conforme possibilidade de financiamento e convênio com a SES/RS e/ou Ministério da Saúde.
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Expediente Feriado Independência do Brasil

Informamos que, devido ao feriado, o TelessaúdeRS-UFRGS não terá expediente no dia 07 de setembro. Retornaremos nossas atividades normalmente na sexta-feira, dia 08 de setembro às 08h.
As teleconsultorias solicitadas via Plataforma de Telessaúde após as 18h do dia 06 de setembro serão reguladas e respondidas a partir das 8h (horário de Brasília) do dia 08 de setembro.

Lembramos que nosso novo horário no canal 0800 644 6543 é de segunda à sexta-feira, das 08h às 12h, apenas para médicos do Rio Grande do Sul.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

0800 644 6543 passa a funcionar somente no turno da manhã

Informamos que, a partir de hoje, 5 de setembro de 2017, o serviço de teleconsultorias por telefone (0800 644 6543) funcionará apenas no turno da manhã, das 8h às 12h, para os médicos da Atenção Primária à Saúde do Rio Grande do Sul.

Logramos aos profissionais que utilizam nossos serviços, que continuem fazendo a diferença e o melhor pelos seus pacientes na Atenção Primária. Nós acreditamos em vocês.

Esperamos pela retomada, em tempo integral do serviço, conforme possibilidade de financiamento e convênio com a SES/RS e/ou Ministério da Saúde.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Unidade remota do Teleoftalmo é inaugurada em Santa Rosa

Parceria entre TelessaúdeRS-UFRGS, Hospital Moinhos de Vento, governos federal, estadual e municipal, oferecem estratégia de telediganóstico em oftalmologia para pacientes do SUS.

 

A saúde pública de Santa Rosa receberá um novo projeto de telemedicina que buscará agilizar o acesso da população ao diagnóstico de oftalmologia e reduzir a fila de espera por consultas especializadas. A unidade remota do Teleoftalmo – Olhar Gaúcho no município foi  inaugurada hoje, 30 de agosto.  O município sediará uma dos oito unidades instaladas no Estado. Os exames serão realizados no Centro de Especialidades da FUMSSAR – R. Fernando Ferrari, 184 – Centro, Santa Rosa.

Duas unidades estão instaladas em Porto Alegre e uma nas cidades de Farroupilha, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria e Santa Rosa. Cada uma atenderá preferencialmente os pacientes de sua macrorregião de saúde.

O projeto Teleoftalmologia como Estratégia de Atenção Integral à Saúde Ocular é uma iniciativa  do TelessaúdeRS-UFRGS, do Hospital Moinhos de Vento, do Ministério da Saúde, pelo PROADI-SUS,  do Governo do Estado e da Prefeitura de Santa Rosa.

O Teleoftalmo atenderá crianças a partir de 8 anos e adultos com qualquer dificuldade de visão. Conforme o diagnóstico, o paciente poderá ter seu problema resolvido na própria unidade básica de saúde, como é o caso dos erros de refração (miopia, hipermetropia ou astigmatismo). Além disso, os casos que não podem mais aguardar, como pacientes com glaucoma e retinopatia diabética, muitas vezes ainda não diagnosticadas, terão prioridade no encaminhamento ao oftalmologista.

 

Como funciona o serviço

O médico do posto de saúde envia sua solicitação via Plataforma de Telessaúde (www.plataformatelessaude.ufrgs.br), e a equipe do TelessaúdeRS-UFRGS efetua o agendamento com o paciente. O exame é realizado remotamente pelos oftalmologistas do projeto, com apoio presencial da equipe de enfermagem. O laudo é enviado pela Plataforma de Telessaúde/MS para o médico solicitante com recomendações de conduta. Diante da necessidade de lentes corretivas, os óculos serão fornecidos sem custo ao paciente, confeccionados por ótica contratada pelo projeto. Cada consultório terá capacidade de realizar mais de 500 atendimentos por mês.

Para realizar o telediagnóstico, os pacientes passarão pelos seguintes exames: teste de acuidade visual, refração, medida da pressão intraocular, avaliação das pálpebras, da motilidade ocular e dos reflexos pupilares e documentação do segmento anterior e do fundo do olho. A avaliação inclui exame síncrono, em que o médico oftalmologista comanda o equipamento médico à distância, ao mesmo tempo em que acompanha tudo o que acontece nas salas por câmera robotizada de alta resolução.

WhatsApp Image 2017-08-30 at 13.50.33

WhatsApp Image 2017-08-30 at 13.50.32 (1)

WhatsApp Image 2017-08-30 at 13.50.16 (1)

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Comunicado: O TelessaúdeRS-UFRGS informa a suspensão do Processo Seletivo Bolsista 16/2017

O TelessaúdeRS-UFRGS informa a suspensão do Processo Seletivo Bolsista 16/2017 Pós-Graduação Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia por período indeterminado.

Os candidatos que participaram das entrevistas para o cargo de psicólogo, deverão acompanhar no site do TelessaúdeRS-UFRGS (https://www.ufrgs.br/telessauders/sobre-o-telessauders/editaistrabalhe-conosco/) a divulgação do resultado.

Os candidatos para os cargos de Farmácia, Fisioterapia e Nutrição deverão acompanhar no site do TelessaúdeRS-UFRGS as publicações sobre as próximas etapas.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo Seletivo Bolsista 20/2017 – TIC Suporte

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe de Tecnologia da Informação.

Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 01/09/2017, colocando no assunto Processo Seletivo 20/2017 – Bolsista TIC.

Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Clique aqui para mais informações

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS fará Webpalestra sobre biossegurança na odontologia

No dia 22 de agosto, às 17:00, o TelessaúdeRS-UFRGS fará uma Webpalestra sobre biossegurança na odontologia.

A palestra online, com o tema “Excelência em biossegurança na odontologia” será ministrada por Alexandre Baumgarten, cirurgião dentista, doutorando e mestre em epidemiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e especialista em odontologia para pacientes com necessidades especiais (PNE) pela Associação Brasileira de Odontologia – Seção Rio Grande do Sul (ABORS).

Serão abordados os seguintes tópicos:

• Protocolo de limpeza dos consultórios.
• Equipamentos de proteção individual.
• Contaminação cruzada.
• Zonas de segurança.
• Protocolo de desinfecção dos consultórios.
• Processamento do instrumental odontológico.
• Controle do processo de esterilização.
• Resíduos de saúde.

Público-alvo: cirurgiões-dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal.

Para assistir, basta acessar o link no horário marcado: http://www.youtube.com/c/TelessaudeRS/live (para falar no chat é necessário logar com sua conta do Youtube)

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Incrições abertas para o Curso Ead de Farmacologia Clínica em Odontologia

Iniciam hoje as inscrições para o Curso Ead de Farmacologia em Odontologia, desenvolvido pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e ofertado pelo TelessaúdeRS-UFRGS. O curso é gratuito e tem como público-alvo médicos e dentistas atuantes na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do Brasil e estudantes de graduação de ambas as áreas.

O objetivo principal do curso é fornecer atualização clínica em farmacologia para cirurgiões-dentistas e médicos as APS/AB, além proporcionar conhecimento sobre conceitos básicos em farmacologia, no âmbito Odontológico no SUS, conhecendo os elementos essenciais da farmacocinética e da farmacodinâmica, sobre critérios de seleção de anestésicos e vasoconstritores de uso odontológico e as contraindicações para uso de vasoconstritores associados a anestésicos locais, em Odontologia, sobre características da Famacologia Clínica de Anti-inflamatórios, sobre opções terapêuticas para o manejo da dor crônica; as alternativas não farmacológicas e a importância da abordagem multidisciplinar; o manejo da ansiedade em consultório odontológico; e embasar o raciocínio diagnóstico frente a identificação de lesões bucais., sobre o uso de antimicrobianos na prática odontológica; a profilaxia antimicrobiana em Odontologia; e a resistência antimicrobiana como problema de saúde pública e sobre as implicações farmacológicas na gestação e amamentação; o atendimento odontológico de pacientes com alterações cardiovasculares; a prescrição de medicamentos para pacientes idosos e pediátricos; o atendimento odontológico de pacientes diabéticos; e atendimento de pacientes imunodeprimidos

Serão abordados os seguintes tópicos:
  • Conceitos Básicos em Farmacologia.
  • Farmacologia Clínica dos Anestésicos Locais e Vasoconstritores.
  • Princípios Gerais no Tratamento da Dor Aguda em Odontologia.
  • Princípios Gerais no Tratamento da Dor Crônica em Odontologia.
  • Farmacologia Clínica dos Antimicrobianos de Uso Corrente em Odontologia.
  • Manejo do Paciente Odontológico em Condições Clínicas Especiais.

Ele será totalmente ministrado na modalidade EAD através da plataforma de ensino e aprendizado a distância Moodle do TelessaúdeRS-UFRGS.

O certificado será emitido pelo Portal de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), somente de forma eletrônica, com valor único a ser pago de R$4,00.

 

 

Confira mais informações aqui
Se inscreva aqui
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Resultado Processo Seletivo 18/2017 – Equipe Regulação e Teleconsultoria

Confira o resultado do Processo Seletivo 18/2017 – Equipe Regulação e Teleconsultoria. Os candidatos aprovados serão chamados para início das atividades em 1º setembro de 2017.

 

Candidatos aprovados para início em setembro:

  • Vivian Gonçalves Bragança
  • Eduardo Petersen Guedes
  • Vitória Zilles Fedrizzi
  • Rafaela Demétrio Hilgert

 

Candidato aprovado para o cadastro de reserva:

Os candidatos aprovados para o cadastro de reserva serão chamados conforme a necessidade do projeto. O processo seletivo terá validade de 06 meses a contar da data de divulgação do resultado final.

  • Thales Leandro Barbosa d’Avila Araújo
  • Gabriela Oltramari Nery
  • Sabrina Ribeiro
  • Leonardo Talavites Rodrigues
  • Victor Vicente Vianna Pereira
  • Mirian Tatiane Hausmann
  • Tainá Suppi Pinto
  • Giovanna Santos de Medeiros Sagardia
  • Shéron Bizotto da Silva
  • Natália Duarte Flores
  • Camila Scheuermann Mota
  • Patricia Kohler Varela
  • Daiana dos Santos Macedo
  • Joseana Souza da Silva
  • Renata Marques Oliveira
  • Isadora da Silva Colares Alves
  • Carolina Nunes dos Santos
  • Fernanda Teló de Souza
  • Karla Tatiane Viana
  • Inaê Mohr Nunes

https://goo.gl/YNu9De

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Aplicativo da Plataforma de Telessaúde/MS já está disponível para IOS

O aplicativo da Plataforma de Telessaúde/MS, utilizado para solicitações de telediagnóstico em dermatologia, estomatologia, espirometria e teleconsultorias, já está disponível para smartphones da Apple.
Devido a mudança da loja do desenvolvedor, os usuários do sistema que já possuem o app instalado em seus celulares, devem desinstalá-lo e buscá-lo novamente na Apple Store por “Plataforma Telessaúde”.
Baixe em: https://goo.gl/5owGLt
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Resultado Processo Seletivo 17 /2017 – Equipe de Comunicação

Confira o resultado do Processo Seletivo 17 /2017 – Equipe de  Comunicação.  Os candidatos aprovados serão chamados para início das atividades em setembro de 2017.

Candidatos aprovados:

  • Rafael Fernades Krug
  • Iasmine Paim Nique da Silva

Candidato aprovado para o cadastro de reserva:

A candidata aprovada para o cadastro de reserva será chamada conforme a necessidade do projeto.

  •  Mayumi Motta Emeraldino
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS faz pré-lançamento do curso de Nutrição na APS em evento da SES/RS

Na última quinta-feira, dia 03 de agosto, o TelessaúdeRS-UFRGS esteve presente no IX Seminário Estadual da Semana Mundial da Amamentação e IV Seminário Estadual da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil da SES/RS apresentando o novo curso EAD de Nutrição na APS.

O tema da Semana Mundial de Amamentação deste ano é “Trabalhar juntos para o bem comum” e o objetivo é qualificar os profissionais de saúde que trabalham com o tema. O evento contou com a presença de mais de 300 pessoas.

baners_cursos_site-02

WhatsApp Image 2017-08-04 at 15.33.39

Ana Paula Borngraber Corrêa, coordenadora da Teleducação do TelessaúdeRS-UFRGS falou um pouco sobre o curso que abrirá as inscrições no próximo mês de setembro que busca informar e atualizar os profissionais da APS sobre os cuidados e orientações gerais de alimentação e nutrição. No evento, foram realizadas mais de 65 pré-inscrições para o curso.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Edital Processo Seletivo Bolsista 19 /2017 – Equipe de Estatística

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para cadastro de reserva (CR) de bolsista na Equipe de Estatística.

Interessados deverão enviar o currículo  para o e-mail selecaobolsa@yahoo.com até dia 09/08/2017, colocando no assunto Bolsista Equipe Estatística.

Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo Seletivo Bolsista 16 /2017 Pós – Graduação Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista de Pós-Graduação com graduação concluída em Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia

Interessados deverão enviar o Currículo Lattes (com telefone para contato) para o e -mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 01/08/2017, colocando no assunto Bolsista Pós-Graduação +nome da área
Informações ligar 51 3308-2160 / 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).
Confira o edital completo aqui

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo Seletivo Bolsista 15 /2017 Pós – Graduação Dermatologia, Medicina Interna, Medicina de Família e Comunidade e Pneumologia

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista de Pós-Graduação com graduação concluída em Medicina e residência/especialização em Dermatologia, Oftalmologia, Medicina Interna, Medicina de Família e Comunidade ou Pneumologia.
Interessados deverão enviar o Currículo Lattes (com telefone para contato) para o e -mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 01/08/2017, colocando no assunto Bolsista Pós-Graduação +nome da área
Informações ligar 51 3308-2160 / 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).
Confira o edital completo aqui
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS participa da história da telessaúde em Moçambique

Na semana de 10 a 14 de julho, o professor da UFRGS e integrante do TelessaúdeRS-UFRGS, Dr. Carlos Aita, e um consultor externo em TI, Christian Arnoud, participaram de uma nova missão em Moçambique (a quarta até o momento).

visita_mocambique_4
Grupo de trabalho formado pelo Coordenador do TelessaúdeMZ, Dr. Angel Mendoza (na cabeceira ao fundo), os teleconsultores e o responsável local pela TI, bem como os dois membros da missão.

 

Nessa viagem, a infraestrutura de TI (rede lógica, servidores, estações de trabalho, central telefônica e aparelhos de videoconferência) do TelessaúdeMZ foi instalada e configurada.

visita_mocambique_4_1 visita_mocambique_4_2
Pedro Manjabe, responsável pela TI do TelessaúdeMZ, trabalhando na configuração dos equipamentos (ao fundo a biblioteca do núcleo, com vários títulos brasileiros) e degustando um típico chimarrão gaúcho, cevado pelo brasileiro Christian.

 

Em paralelo às ações de infraestrutura, o grupo de trabalho realizou avanços no documento de colaboração entre o MISAU e a UFRGS, participou de uma reunião com os responsáveis pela elaboração da política de Atenção Primária à Saúde – APS no país e de duas reuniões com os responsáveis pela residência em Saúde Familiar e Comunitária (Medicina de Família e Comunidade no Brasil). Foram explorados vários temas de APS, formação profissional, questões técnicas de EaD e possibilidades de colaborações técnicas e científicas.

O Prof. Carlos Aita retornou ao Brasil, onde junto da equipe de TI do TelessaúdeRS apoiou à distância o trabalho da equipe local e do consultor externo (que permaneceu em campo mais uma semana). Após a configuração do ambiente de trabalho, será instalada a versão de teste da Plataforma de Telessaúde-MS, cedida pelo Ministério da Saúde brasileiro e customizada para o contexto país. O lançamento do núcleo moçambicano de telessaúde está previsto para a segunda quinzena de setembro.

O apoio ao Ministério da Saúde de Moçambique iniciou em 2014 e conta com a participação da Jhpiego Corporation, Organização Não-Governamental da Johns Hopkins University (EUA), do Center for Disease Control and Prevention (CDC – EUA) e do Núcleo de Telessaúde do Rio Grande do Sul (TelessaúdeRS-UFRGS).

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Telecondutas sobre hipertireoidismo

O TeleCondutas desta semana aborda o hipertireodismo, “condição que acomete principalmente pessoas jovens (aproximadamente 1% da população) e se não tratada pode causar consequências em longo prazo como problemas cardíacos e osteoporose”, comenta o Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS, Auditor do 0800 644 6543 e Médico Endocrinologista, Dimitris Rucks Varvaki Rados.
Produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, o Telecondutas, de modo rápido e dinâmico, orienta os médicos da Atenção Primária a realizar o diagnóstico e manejo dos pacientes com essa condição.

Clique aqui para acessar o material

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo Seletivo Bolsista 18/2017 – Equipe Regulação e Teleconsultoria

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na equipe de Regulação e Teleconsultoria. Os interessados deverão preencher o requerimento de inscrição e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 31/07/2017, colocando no assunto: Bolsista Regulação e Teleconsultoria.

Os bolsistas irão desempenhar as seguintes atividades:

  • Auxiliar no atendimento e contato telefônico a público externo;

  • Auxiliar no envio de e-mails;

  • Auxiliar na atualização e realização de transcrição de dados em planilhas e plataformas;

  • Auxiliar no gerenciamento e monitoramento de informações pertinentes ao setor;

  • Participar de reuniões, oficinas e atividades de educação permanente relativas ao projeto.

Para acessar o requerimento de inscrição e mais informações sobre a vaga, clique aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

PRAZO PRORROGADO – Processo Seletivo Bolsista 17/2017 – Equipe de Comunicação

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para 02 vagas e cadastro de reserva de bolsista na Equipe de Comunicação.

Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição disponível no site e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 21/08/2017, colocando no assunto Processo Seletivo 17/2017 – Comunicação.

Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Confira mais informações aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#Telecondutas sobre Pólipos Colorretais

Confira o TeleCondutas dessa semana que tem como tema os Pólipos Colorretais. Os pólipos colorretais são as lesões precursoras do câncer colorretal, terceira neoplasia mais comum na população brasileira. Segundo Jerônimo de Conto Oliveira, Médico Gastroenterologista e Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS, saber como avaliar e acompanhar um paciente com pólipo colorretal pode reduzir o risco dessa neoplasia, além de possibilitar seu diagnóstico precoce. O material, produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, pretende, de um modo rápido e dinâmico, orientar os médicos da Atenção Primária a realizar o diagnóstico e manejo dos pacientes com essa condição.

 

Confira aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#Telecondutas sobre Epilepsia

O tema do Telecondutas dessa semana é a Epilepsia, doença crônica que afeta cerca de 50 milhões de pessoas no mundo. Segundo Carlos Eduardo Mantese, Médico Neurologista e Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS, é fundamental capacitar os médicos da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica pois, segundo a OMS, há falta de tratamento para muitos pacientes. O reconhecimento e tratamento da doença é fundamental para o controle das crises, evitando lesões associadas à elas e até mesmo uma possível morte súbita.
O material, produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, pretende, de um modo rápido e dinâmico, orientar os médicos dos Postos e Unidades de Saúde na realização do diagnóstico e do manejo dos pacientes com a doença. Confira aqui.

Clique aqui para acessar

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Rio Grande Sul passa a ter serviço de telediagnóstico em oftalmologia para reduzir filas do SUS

A Associação Hospitalar Moinhos de Vento (AHMV), o Ministério da Saúde, através do Programa De Apoio ao desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS),  a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul e o TelessaúdeRS-UFRGS disponibilizam serviço de telediagnóstico em oftalmologia aos médicos da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do Estado.

O lançamento do telediagnóstico Teleoftalmo – Olhar Gaúcho ocorreu nesta segunda-feira (10), às 11h00, no Hospital Restinga Extremo Sul (Estrada João Antônio da Silveira, 3330 – Restinga, Porto Alegre – RS, 91790-400). Participaram do encontro o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, o Secretário Estadual de Saúde, João Gabbardo dos Reis, o prefeito Nelson Marchezan Júnior, o Secretário Municipal de Saúde, Erno Harzheim, o Vice-coordenador do TelessaúdeRS, Roberto Umpierre, o Superintende do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, entre outras autoridades.

Atualmente, cerca de 9 mil pessoas aguardam consulta especializa em oftalmologia no Rio Grande do Sul.  Os problemas mais comuns são erros de refração como: miopia, hipermetropia e astigmatismo. Com o novo serviço, os médicos que trabalham em postos e unidades básicas de saúde poderão solicitar a avaliação oftalmológica por uma plataforma online e a equipe do TelessaúdeRS-UFRGS entrará em contato com o paciente para marcar o exame.  O paciente será avaliado por um oftalmologista a distância. O oftalmologista emitirá um laudo e enviará ao médico que realizou o primeiro atendimento. Neste, constarão orientações de tratamento nos Postos e Unidades de Saúde ou encaminhamento ao especialista. Se necessário, o paciente receberá uma prescrição de óculos.

O Teleoftalmo visa aumentar a resolutividade da Atenção Primária à Saúde (APS)  no estado, garantindo que um maior número de pacientes tenha  seu problema resolvido sem a necessidade de longos deslocamentos.

A iniciativa também visa a implantação e o desenvolvimento de ações para qualificar o PROADI-SUS. O projeto é colocado em prática por meio da aplicação de técnicas e operações de gestão inovadoras em serviços de saúde com o apoio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde.

Saiba mais: https://goo.gl/wv1AoF

 

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleCondutas sobre Parkinson

Confira o TeleCondutas desta semana que fala sobre Tremor e Síndromes Parkinsonianas. A Doença de Parkinson é a segunda doença neurodegenerativa mais comum, tendo prevalência em 3,3% das pessoas com 65 anos ou mais no Brasil. Segundo o Carlos Eduardo Mantese, Médico Neurologista e Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGs, o Parkinson é uma doença neurodegenerativa e progressiva que, infelizmente, não possui cura. Entretanto, tratamentos sintomáticos conseguem controlar a doença, principalmente em suas fases iniciais. Isso permite que os pacientes fiquem mais ativos e independentes por mais tempo, além disso é importante fazer diagnóstico diferencial com os tremores essenciais ou tremor fisiológico exacerbado.

O material, produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, pretende, de um modo rápido e dinâmico, orientar os médicos da Atenção Primária a realizar o diagnóstico e manejo dos pacientes com essa condição. Confira aqui.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Equipe do RespiraNet capacita técnicas de enfermagem do estado para realizar exame de espirometria

Equipe RespiraNet do TelessaúdeRS-UFRGS promoveu nos dias 27 e 28 de junho capacitação para técnicas de enfermagem do estado para realização do exame de espirometria. O evento recebeu 11 profissionais que puderam assistir a palestras, conferir e reforçar o checklist para realização do exame, além de participar de dinâmicas.

Confira as fotos do evento:

IMG_1514

IMG_1525

IMG_1536

IMG_1516

IMG_1544

IMG_1547

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

0800 644 6543 disponível apenas para os profissionais do Rio Grande do Sul

Desde o dia 3 de julho de 2017, o TelessaúdeRS-UFRGS suspendeu o serviço de teleconsultorias por telefone (0800 644 6543) para os médicos e enfermeiros da atenção primária do Brasil. O serviço continua disponível apenas para profissionais do Rio Grande do Sul, pois conta com financiamento federal (SGTES/MS) e estadual (SES/RS) para o Estado.

Esta decisão é resultado do término da vigência do convênio com a Secretaria de Atenção à Saúde – Departamento de Atenção Básica do Ministério de Saúde (DAB/SAS/MS) no mês de janeiro de 2017.

Logramos aos profissionais que utilizaram nossos serviços, impedidos a partir de agora, que continuem fazendo a diferença e o melhor pelos seus pacientes na atenção primária. Nós acreditamos em vocês.

Manifestações sobre a interrupção do serviço podem ser encaminhadas à ouvidoria do SUS/Ministério da Saúde pelo telefone 136.

Esperamos pela retomada do serviço conforme possibilidade de financiamento e convênio com a SAS/MS.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Aplicativos de Saúde do TelessaúdeRS-UFRGS chegam aos 300 mil downloads

Com o objetivo de auxiliar a tomada de decisão clínica na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) o TelessaúdeRS-UFRGS vem desenvolvendo, desde 2015, aplicativos para profissionais de saúde que trabalham em unidades e postos de saúde. Este mês os Apps criados pelo projeto alcançaram a marca de 300 mil downloads com nível de satisfação acima de quatro estrelas para iOS e com a pontuação 4,7 entre usuários do sistema Android.

Entre os apps que tiveram mais downloads estão a Calculadora Gestacional, a Calculadora de Risco Cardiovascular e o Dieta Dash. Os aplicativos do TelessaúdeRS-UFRGS foram desenvolvidos em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES/RS) e o Ministério de Saúde (MS), com o a finalidade de contribuir no processo e na tomada de decisão clínica, além de aumentar a resolutividade do profissional e melhorar a saúde da população. Os aplicativos são públicos, gratuitos e estão disponíveis para Android e iOS.

Veja todos os aplicativos e suas funcionalidades:

Álcool – O Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT) é um questionário desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para detecção de indivíduos com consumo de risco de álcool. Consiste em dez perguntas sobre avaliação do uso problemático, sintomas de dependência e padrões de uso nocivo.

O App do TelessaúdeRS-UFRGS inclui, além do AUDIT, recomendações do médico para o paciente de acordo com o risco de uso abusivo.

Calculadora Gestacional – Permite calcular a idade gestacional e a data provável do parto a partir da data da última menstruação ou da idade gestacional obtida por ecografia obstétrica.

Calculadora de Risco Cardiovascular – Aplicativo que estima o risco cardiovascular por meio do escore de Framingham. O escore estratifica o risco de desenvolver morte por doença coronariana, infarto não fatal, doença coronariana ou angina, acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico fatal ou não fatal, ataque isquêmico transitório, claudicação intermitente e insuficiência cardíaca em dez anos. Além de estimar o risco, sugere condutas clínicas a serem adotadas pelo médico.

Dieta Dash – Fornece informações qualitativas acerca da melhor escolha de alimentos para prevenção e controle da hipertensão arterial sistêmica. Tem capacidade de avaliar cada uma das refeições do paciente. As informações foram baseadas nas publicações do Dietary Approaches to Stop Hypertension (DASH) do DASH Collaborative Research Group, a melhor orientação nutricional para apoiar o controle da pressão arterial.

Taxa de Filtração Glomerular – Avalia a função renal utilizando a equação Chronic Kidney Disease Epidemiology Collaboration (CKD-EPI) e indica a necessidade de consulta com nefrologista. A equação CKD-EPI estima a TFG a partir dos dados de creatinina sérica, idade, sexo e cor da pele.

Asma – Auxilia no Diagnóstico e classificação da asma através de parâmetros clínicos e espirométricos. O tratamento sugerido de acordo com classificação da gravidade da patologia, fornecendo orientações não-farmacológicas e farmacológicas.

DPOC – Orientações sobre o diagnóstico, classificação e manejo da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), usando dados do paciente. O tratamento é sugerido de acordo com a classificação da gravidade da patologia, fornecendo orientações não farmacológicas e farmacológicas.

Animais Peçonhentos – Auxilia na identificação dos principais animais peçonhentos e venenosos existentes no Rio Grande do Sul, fornecendo orientações sobre medidas de prevenção e localização do posto de soro mais próximo.

ADDS – Aplicativo de apoio ao Diagnóstico de Depressão e na definição de risco de suicídio. Visa o auxílio no diagnóstico dos transtornos depressivos e na definição do risco de suicídio.

RS Contra Aedes – App dirigido à população em geral e desenvolvido como parte da campanha #RScontraAedes em parceria com a SES-RS e Sisqualis®. Auxilia pessoa a identificar quais locais em sua residência podem ser focos do mosquito e tem a opção de gerar um alarme semanal para lembra-la de verificar estes locais. Pelo app também é possível denunciar possíveis focos e ter acesso rápido ao canal 0800 645 3308 da Campanha #RScontraAedes.

RS Contra Aedes Agentes – Dirigido aos agentes de saúde capacitados para visitas domiciliares em busca de focos de proliferação do mosquito e como eliminá-los. Registra em tempo real as visitas, gera relatórios sobre os locais e denúncias verificadas e fornece orientações aos agentes de saúde sobre como orientar a população e realizar a limpeza de focos.

Mama – Auxilia na decisão sobre rastreamento do câncer de mama, mamografia e ecografia mamária. As orientações sobre sinais, sintomas da mama e resultados de mamografia são apresentadas de forma clara e objetiva, baseadas nas melhores evidências científicas disponíveis. O aplicativo traz, ainda, um roteiro do exame clínico da mama e seus principais achados.

RegulaSUS – Foi criado para facilitar o acesso aos protocolos de encaminhamento desenvolvidos pelo TelessaúdeRS/UFRGS em parceira com a Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul.

Plataforma de Telessaúde/MS – É uma ferramenta de auxílio para a criação de teleconsultorias e telediagnósticos por profissionais de saúde que trabalham na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB). O aplicativo permite a criação de teleconsultorias por texto e vídeo, além de solicitações de telediagnóstico de Espirometria, Estomatologia e Dermatologia.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Protocolos de Encaminhamento para Oftalmologia Adulto e Pediátrico estão disponíveis no site do TelessaúdeRS-UFRGS

O Núcleo de Telessaúde da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – TelessaúdeRS-UFRGS, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, desenvolveu protocolos de encaminhamento da Atenção Básica para as especialidades oftalmologia adulto e pediátrico. Os protocolos buscam auxiliar médicos da APS/AB a determinarem se o paciente necessita do encaminhamento para o especialista e definir a prioridade deste encaminhamento.

Os Protocolos de Oftalmologia Adulto e Oftalmologia Pediátrico foram publicados pelo CRA e enviados aos municípios do Estado do Rio grande do Sul para dar apoio aos médicos das Unidades e Postos de Saúde.

Esses e outros protocolos produzidos pela equipe do TelessaúdeRS-UFRGS estão disponíveis em nosso site. Faça o download do Protocolo Oftalmologia Adulto aqui e o Oftalmologia Infantil aqui.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS atinge mais de 1MILHÃO E MEIO de visualizações no YouTube!

Chegamos a marca de 1.500.000 de visualizações no canal YouTube!

Nele você pode encontrar vídeos informativos, vídeo-aulas de diversos cursos promovidos pelo projeto, webpalestras além de outros vídeos instrucionais.

Gostaríamos de agradecer a todos que assistiram nossos vídeos!

Não deixe de acessar e se inscrever no nosso canal para receber notificações de novas produções.

Acesse https://goo.gl/DhkxjP

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Encerramento das atividades de atendimento e suporte ao e-SUS-AB

Informamos que a partir do dia 7 de julho de 2017, sexta-feira, o TelessaúdeRS-UFRGS encerrará seu atendimento e suporte às solicitações do sistema e-SUS-AB. O encerramento das atividades se dá pelo fim do período acordado com o Estado do Rio Grande de Sul.

O suporte poderá ser obtido por meio do número 136, escolhendo a opção 8. Os horários de funcionamento são de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e nos sábados, das 8h às 18h.

Agradecemos a compreensão.

Nosso serviço de atendimento aos médicos e enfermeiros da Atenção Primária continuará funcionando pelo número 0800 644 6543. Demais profissionais de saúde da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do Rio Grande do Sul podem fazer suas solicitações de teleconsultorias através da Plataforma de Telessaúde/MS.

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleCondutas sobre Tinea

Confira aqui o #TeleCondutas desta semana sobre Tinea.

O tema desta semana são as Dermatofitoses (Tineas), infecções cutâneas causadas por fungos que afetam os tecidos queratinizados como a pele, o cabelo e as unhas. Segundo Juliana Nunes Pfeil, Médica da Família e Comunidade e Teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS, a doença se não tratada, faz o paciente permanecer com sintomas incômodos como coceira e manchas na pele, além da possibilidade disseminar a infecção para outras pessoas.

O Telecondutas pretende ajudar, especialmente, nos diagnósticos diferenciais da doença e nos tratamentos, fornecendo suporte teórico para aumentar a resolutividade e qualidade das ações da Atenção Primária à Saúde (APS).

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Parecer Técnico sobre Entrega de Antimicrobianos nas Unidades Básicas de Saúde

O TelessaudeRS-UFRGS é contra a decisão  que retira os Antimicrobianos das Unidades Básicas de Saúde e mantém sua dispensação apenas nas Farmácias Distritais.

Embora a morbimortalidade por doenças infecciosas e parasitárias apresente uma tendência de declínio nas últimas décadas, ainda representam uma parcela importante das doenças em nosso país, sendo responsáveis por aproximadamente 9 % dos DALYs (anos perdidos por morbidade) e 10% da mortalidade geral. (1). Estas  patologias são bastante sensíveis às condições ambientais e seu impacto na saúde da população está inversamente associado a condições socioeconômicas (2). Dentre elas uma parcela importante é causada por bactérias e têm indicação de tratamento com terapia antimicrobiana.

Confira o parecer completo aqui

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para equipe de comunicação

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para 01 vaga e cadastro de reserva de bolsista na Equipe de Comunicação. Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição disponível em nosso e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 08/06/2017, colocando no assunto Processo Seletivo 14/2017 – Comunicação. Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).
ATIVIDADES
  • Criação de layout do site do TelessaúdeRS;
  • Planejamento e estruturação de APPs;
  • Elaboração de objetos virtuais de aprendizagem;
  • Auxiliar nas demais;
  • Atividades administrativas;
  • pertinentes ao setor;
  • Participar de reuniões, oficinas e atividades de educação permanente, relativas ao projeto.
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para bolsista de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para 01 vaga e cadastro de reserva de bolsista na Equipe de Tecnologia da Informação.

Interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição disponível em nosso site e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 07/06/2017, colocando no assunto Processo Seletivo 13/2017-Bolsista TIC.

Informações ligar 51 3333-7025 / 3308-2160 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Confira mais informações aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Data prorrogada: processo seletivo para bolsista de pós-graduação – enfermagem, odontologia e medicina

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista de Pós-Graduação com graduação concluída nas seguintes áreas: Medicina, Enfermagem e Odontologia. Interessados deverão enviar o Currículo Lattes (com telefone para contato) para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 27/06/2017, colocando no assunto Bolsista Pós-Graduação + nome da área.

Os candidatos selecionados terão as entrevistas marcadas por telefone.
Informações ligar 51 3308-2160 / 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Confira o edital completo aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleCondutas sobre Artrite Reumatoide

Cerca de 2 milhões de brasileiros são afetados pela Artrite Reumatoide, 42º maior causa de incapacidade mundial. A doença é a mais prevalente entre pessoas com idade entre 30 a 50 anos.

Segundo a teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS e médica reumatologista, Deise Piovesan, quando não tratada, a doença pode evoluir para erosões ósseas com deformidades irreversíveis. O início de um tratamento precoce modifica o curso da doença, evitando o dano articular e, consequentemente, a perda de funcionalidade.

O TelessaúdeRS-UFRGS elaborou este material para servir de apoio para médicos da Atenção Primária à Saúde (APS/AB) no diagnóstico precoce e na abordagem inicial de pacientes com Artrite Reumatoide.

 

Confira aqui o #TeleCondutas desta semana sobre Artrite Reumatoide.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Atualização aplicativo Plataforma de Telessaúde-MS

Informamos que houve alterações nos protocolos de segurança para acesso ao aplicativo Telessaúde-MS no sistema operacional Android, utilizado para solicitar telediagnósticos em dermatologia, espirometria e estomatologia.

Solicitamos aos usuários que atualizem o aplicativo para que os pedidos de exames não sejam prejudicados.

O aplicativo não está mais funcionando em sua versão antiga.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

As inscrições para o curso a distância de Saúde Mental já estão abertas

Estão abertas as inscrições para o Curso Ead de Saúde Mental, desenvolvido pelo TelessaúdeRS-UFRGS. O curso é gratuito e tem como público-alvo médicos atuantes na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do Brasil e estudantes do último ano de graduação em medicina.

Serão abordados aspectos referentes diagnóstico, a abordagem e o acompanhamento depacientes em saúde mental. Ele será totalmente ministrado na modalidade EAD através da plataforma de ensino e aprendizado à distância Moodle.

O certificado será emitido pelo Portal de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), somente de forma eletrônica, com valor único a ser pago de R$4,00.

Os interessados podem se inscrever até o dia 14/06/2017 ou até esgotarem as vagas.

Confira mais informações aqui

Se inscreva aqui

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Glaucoma, grave doença que pode levar à cegueira – Dia Nacional de Combate ao Glaucoma

Hoje é o dia do Combate ao Glaucoma e o TelessaúdeRS-UFRGS lança um alerta sobre essa grave doença que pode levar à cegueira.

O glaucoma é uma doença que provoca lesão no nervo óptico com alterações no campo visual do paciente. O aumento da pressão intraocular só apresenta sintomas em fases mais avançadas da doença. Se não tratada, pode levar a dano permanente, causando perda progressiva de visão, podendo levar até a cegueira.

Sabe-se que mais de 60 milhões de pessoas no mundo são portadoras de glaucoma e estima-se que este número ultrapasse os 75 milhões em 2020. É importante que se faça regularmente uma avaliação da saúde ocular. A detecção e o tratamento precoce do glaucoma são as únicas maneiras de prevenir a deficiência visual e a cegueira. Os principais grupos de risco são:

  • Pessoas com mais de 40 anos.
  • Pessoas com familiares com a doença (pai, mãe, irmãos).
  • Pessoas com pressão intraocular elevada.
  • Pessoas de origem africana, latina e asiática.
  • Diabéticos.
  • Míopes.
  • Lesão ocular anterior.

Confira a escala de risco de ser portador de Glaucoma, produzida pelo TelessaúdeRS-UFRGS, baseada no teste de identificação do risco de ser portador de glaucoma elaborado pela Associação Brasileira dos Amigos, Familiares e Portadores de Glaucoma (ABRAG) e pelo The Glaucoma Foundation (TGF).

dia-combate-glaucoma-v001-01

Em breve, o TelessaúdeRS-UFRGS terá novidades oftalmológicas. Não deixe de nos acompanhar pelo sitee redes sociais.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

O #TeleCondutas dessa semana é sobre Acne!

A acne é uma doença com alta prevalência, acometendo cerca de 80% dos adolescentes e adultos jovens. O tratamento é importante uma vez que a evolução da doença, especialmente em suas formas mais graves, causam cicatrizes e desfigurações que podem ser permanentes, apresentando intenso impacto psicossocial.

Segundo Kelli Wagner Gomes, médica dermatologista e teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS, o TeleCondutas auxilia no diagnóstico e tratamento dessas lesões, evitando assim os possíveis danos permanentes provocados pela doença.

Confira o material, produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, que pode auxiliar os médicos dos Postos e Unidades de Saúde no diagnóstico e manejo dos pacientes com essa condição.

Acesse aqui

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleConduntas sobre Hipotireoidismo

O #TeleCondutas dessa semana tem como tema o Hipotireoidismo!

O Hipotireoidismo é a doença tireoidiana mais comum, com prevalência de 2% na população em geral e 15% em pessoas com mais de 60 anos. Segundo Dimitris Rados, médico endocrinologista e Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS, a doença atinge oito vezes mais mulheres do que homens: “É uma condição sensível à Atenção Primária e atinge todas as fases da vida, desde os recém nascidos até os idosos, passando por gestantes e adultos.”

Confira o material, produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, pode auxiliar os médicos da Atenção Primária à Saúde (APS/AB) no diagnóstico e manejo dos pacientes com essa condição.

Acesse aqui

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Gripe ou Resfriado?

A gripe e o resfriado são doenças diferentes. Ambas atingem o sistema respiratório, mas são causadas por vírus diferentes. Elas apresentam quadros clínicos e riscos distintos para os indivíduos. O resfriado comum é uma infecção viral que pode causar febre baixa, tosse seca ou dor de garganta. O grupo de vírus que podem causar as conhecidas “viroses” causam sintomas mais brandos e por isso geram dores e desconforto em menor intensidade. O organismo costuma combater naturalmente a doença de três a quatro dias. Raramente esse tipo de doença gera complicações.

A grande diferença entre o resfriado e a gripe está na intensidade e duração dos sinais. A síndrome gripal (gripe) é uma infecção viral que causa febre alta (38°), tosse seca ou dor de garganta, frequentemente é acompanhada de dor no corpo, dor de cabeça ou dor articular. O indivíduo sente-se muito doente e não consegue realizar suas atividades diárias o as faz com muito esforço. A duração da doença é de cerca de 7 dias ou mais.

Segundo a Teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS, Cynthia Goulart Molina-Bastos, as variações do vírus Influenza, causador da gripe são divididas em três grupos virais: A, B e C. O que os diferencia basicamente:

 

  • Influenza tipo A: grupo com alta circulação no Brasil nos últimos anos. Entre eles estão os vírus H5N3 e o H1N1, também chamado de gripe A. Na verdade, o H1N1é uma das muitas variações de gripe A, ele é mais difícil de ser combatido pelo organismo e pode levar a morte se não for tratado corretamente. O Influenza A H1N1 é considerado o vírus mais letal entre as variações de Influenza.
  • Influenza tipo B: grupo com uma circulação variável no Brasil, menos letal que o vírus A.
  • Influenza tipo C: esta é variação de vírus que é combatida com mais facilidade pelo organismo e acaba não tendo relevância epidemiológica

 

Lembre-se, a vacina da gripe imuniza apenas contra os vírus da gripe! Quem recebeu a vacina não está protegido contra resfriados.

Portanto mantenha os cuidados necessários para proteção e previna-se!

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Nota de pesar pelo falecimento dos médicos Mirela Jobim de Azevedo e Jorge Luiz Gross

O TelessaúdeRS-UFRGS manifesta profundo pesar pelo falecimento dos médicos Mirela Jobim de Azevedo e Jorge Luiz Gross. Externamos aos familiares e amigos nossas condolências e sentimentos. A atuação dos professores na docência e na pesquisa permanecerá inspirando estudantes, médicos e acadêmicos no cuidado dos pacientes e na qualificação da saúde.

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS desenvolve materiais exclusivos para enfermagem

Enfermeiros e enfermeiras, parabéns pelo Dia da Enfermagem!

Para comemorar essa data  e a semana da enfermagem o TelessaúdeRS-UFRGS têm novidades para vocês:

Agora, além do canal 0800 644 6543 e da Plataforma de Telessaúde-MS, disponíveis para solucionar dúvidas clínicas dos profissionais de saúde,  vocês terão um símbolo representando a enfermagem e um espaço exclusivo em nosso site, com materiais produzidos especialmente para as necessidades da área.

Do dia 12/05 ao dia 20/05, vocês poderão acompanhar em nossas redes sociais diversas publicações direcionadas aos enfermeiros, com conteúdos que auxiliarão no dia a dia da profissão.

Não deixem de conferir.

Acesse: https://goo.gl/qkQPLB

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para bolsista de Estatística

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para cadastro de reserva (CR) de bolsista na Equipe de Estatística. O candidato deve estar com graduação em andamento no curso de Estatística.

Entre as atividades a serem desempenhadas estão o manuseio de banco de dados utilizando o Excel e o SPSS, desenvolvimento e modificação de sintaxes, elaboração de tabelas e gráficos, verificação de dados em tabelas e validação de dados de acordo com fontes oficiais.

Confira aqui o requerimento de inscrição e o edital completo da vaga para Equipe de Telediagnóstico

 

Informações ligar 3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h).

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleCondutas sobre Lesão por Pressão

O  #Telecondutas de hoje é sobre Lesão por Pressão.

As Lesões por Pressão são frequentes em pacientes acamados ou com mobilidade reduzida atendidos pelos profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS).
O TeleCondutas desta semana, pretende apoiar enfermeiros e médicos da APS na avaliação dos pacientes com lesão por pressão ou com risco de desenvolvê-la, apresentando um conjunto de informações que podem colaborar na tomada de decisão: o que avaliar numa lesão, como escolher a melhor cobertura, quando tratar com antibiótico sistêmico, além das principais medidas preventivas.

Clique aqui para acessar o material

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Inscrições abertas para o Curso Ead de Estomatologia

Estão abertas as inscrições para o Curso Ead de Estomatologia, desenvolvido pelo TelessaúdeRS-UFRGS em parceira com a Faculdade de Odontologia da UFRGS e com a Secretaria de Educação a Distância da UFRGS (SEAD). O curso é gratuito e tem como público-alvo médicos e dentistas atuantes na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) do Brasil e estudantes de graduação de ambas as áreas.

Serão abordados aspectos gerais e as lesões bucais mais frequentes na prática do cirurgião-dentista clínico geral. Ao final das atividades, o aluno terá maior conhecimento sobre as diferentes lesões bucais, especificamente no que diz respeito ao seu diagnóstico e manejo. Ele será totalmente ministrado na modalidade EAD através da plataforma de ensino e aprendizado a distância Moodle.

O certificado será emitido pelo Portal de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), somente de forma eletrônica, com valor único a ser pago de R$4,00.

Os interessados podem se inscrever até o dia 25/05/2017 ou até esgotarem as vagas.

Confira mais informações aqui

Se inscreva aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Cronograma das Atividades Preparatórias da Campanha Maio Vermelho

Neste ano, a campanha Maio Vermelho, de prevenção e combate ao câncer de boca, completa vinte anos.

Serão realizadas diversas ações voltadas para qualificação dos dentistas do Rio Grande do Sul (RS). As atividades serão realizadas pelo Comitê das Entidades de Classe da Odontologia, apoiado pelo TelessaúdeRS-UFRGS, pelo Conselho Regional de Odontologia RS, pelas Faculdades de Odontologia da UFRGS e da PUCRS, pela Seção de Saúde Bucal da Secretaria Estadual da Saúde e pelas Secretarias Municipais de todo o Estado.

Os eventos acontecerão em diversas cidades do RS terão como tema principal o tratamento de lesões malignas ou com potencial de malignização, identificação dos fatores de risco para o câncer oral e as consequências da doença.

Confira abaixo as cidades que sediarão os eventos, a programação de cada um e como ocorrerá as inscrições.

 

ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017 – URUGUAIANA

  • Data: 06/05/2017 (sábado) das 8h às 12h
  • Local: Sede da SDAERGS – Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do RS (Rua dos Andradas, 2024 – Uruguaiana – RS)
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas
  • Número de Vagas: 40.
  • Contato para esclarecimentos (55) 34011700 – CD Fabiano
  • Inscrições no Evento
  • Certificados serão enviados por e-mail.

PROGRAMAÇÃO

– 8h Recepção

– 8h30min – Abertura CD Fabiano Caetano Brittes – ABO Uruguaiana

– 8h45min – Apresentação do Projeto Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras

– 9h Palestrante: Vinicius C. Carrard

Temas:

  • Dados Capacitação Maio Vermelho 2016
  • EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede pública na tomada de decisão frente a identificação de lesões bucais.
  • Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial
  • Câncer de boca – O cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

 

ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017 – SANTA MARIA

  • Data: 09/05/2017 (terça-feira) das 13h às 18h
  • Local: Auditório Gulerpe, anexo ao HUSM, Campus, Camobi, Santa Maria -RS
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas e equipes de saúde bucal
  • Número de Vagas: 200
  • Contato para esclarecimentos (55) 3217-1888 – 4ª Coordenadoria de Saúde
  • Inscrições até 07/05/17 – https://pt.surveymonkey.com/r/maio17santamaria
  • Lista de Presença até 02/05
  • Certificados serão enviados por email

PROGRAMAÇÃO

– 13h Recepção

– 13h30min – Abertura CD Dr. Glauber Costa de Oliveira – 4ª Coordenadoria de Saúde

– 13h45min – Apresentação do Projeto Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras

– 14h Palestrantes: Profa. Dra. Cristiane Cademartori Danesi, Profa. Dra. Kivia Linhares Ferrazzo

Temas:

  • A importância das campanhas de prevenção e conscientização da população
  • Diagnóstico Precoce de Lesões Malignas da Cavidade Bucal
  • Biópsia e Fluxo do material e do paciente SUS / Santa Maria/RS
  • Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial
  • Câncer de boca – O cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

 

ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017 – PORTO ALEGRE

  • Data: 12/05/2017 (sexta-feira) das 12h30min às 17h
  • Local: Auditório do Conselho Regional de Odontologia – CRORS (Rua Vasco da Gama, 720 – Porto Alegre – RS)
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal que atuam na Rede Pública
  • Número de Vagas: 100
  • Inscrições: Encerradas
  • Certificados serão enviados por email.

PROGRAMAÇÃO

– 12h30min – 13h Recepção

– 13h – 13h20min: Palestrante: Juliana Romanini

Tema:

  • Protocolo Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras

– 13h20min – 14h – Palestrante: Vinicius C. Carrard

Temas:

  • Dados Capacitação Maio Vermelho 2016
  • EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede pública na tomada de decisão frente a identificação de lesões bucais.

– 14h- 15h15min – Palestrante: Maria Antonia Zancanaro de Figueiredo

Tema:

  • Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial

– 15h15 -15h30min – Intervalo

– 15h30min-16h45min – Palestrante: Marco Antonio Trevizani Martins

Tema:

  • Câncer de boca – Tratamento, sequelas e o papel do cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

– 16h45min-17hmin – Palestrante: Juliana Romanini

– Encerramento

 

ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017 – ERECHIM

  • Data: 20/05/2017 (sábado) das 8h às 12h
  • Local: Auditório da Unimed – Erechim (Av. Sete de Setembro, 2001 – Centro, Erechim – RS)
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas e equipes de saúde bucal
  • Número de Vagas: 100
  • Contato para esclarecimentos (54) 3522-1113 – 11ª CRS Erechim/RS Inscrições até 15/05/17 – https://pt.surveymonkey.com/r/maio17erechim
  • Certificados serão enviados por e-mail.

PROGRAMAÇÃO

– 8h Recepção

– 8h30min – Abertura CD Scheila Longo – 11ª CRS Erechim/RS

– 8h45min – Apresentação do Projeto Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras

– 9h Palestrante: Vinicius C. Carrard

Temas:

  • Dados Capacitação Maio Vermelho 2016
  • EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede pública na tomada de decisão frente a identificação de lesões bucais.
  • Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial
  • Câncer de boca – O cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

 

ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017 – PORTO ALEGRE

  • Data: 31/05/2017 (quarta-feira) das 12h30min às 17h
  • Local: Auditório do Conselho Regional de Odontologia – CRORS (Rua Vasco da Gama, 720 – Porto Alegre – RS)
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas, Auxiliares e Técnicos em saúde bucal que atuam na rede pública e estudantes da área da saúde
  • Número de Vagas: 100
  • Inscrições até 28/05/17 – https://pt.surveymonkey.com/r/maio17estado2
  • Lista dos inscritos no dia 29/05/17
  • Certificados serão enviados por e-mail.

PROGRAMAÇÃO

– 12h30min – 13h Recepção

– 13h – 13h20min: Palestrante: Juliana Romanini

Tema:

  • Protocolo Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras

– 13h20min – 14h – Palestrante: Vinicius C. Carrard

Temas:

  • Dados Capacitação Maio Vermelho 2016
  • EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede pública na tomada de decisão frente a identificação de lesões bucais.

– 14h- 15h15min – Palestrante: Maria Antonia Zancanaro de Figueiredo

Tema:

  • Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial

– 15h15 -15h30min – Intervalo

– 15h30min-16h45min – Palestrante: Marco Antonio Trevizani Martins

Tema:

  • Câncer de boca – Tratamento, sequelas e o papel do cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

– 16h45min-17hmin – Palestrante: Juliana Romanini

– Encerramento

 

ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017 – CAXIAS DO SUL 

  • Data: 22/05/2017 (segunda-feira) das 19h às 22h
  • Local: Auditório do Bloco S – Universidade de Caxias do Sul (Rua Francisco Getúlio Vargas, 1130)
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas, auxiliares e técnicos em saúde bucal, médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas, enfermeiros, tanto da rede pública como privada.
  • Número de Vagas: 100
  • Inscrições até 19/05/17 – https://pt.surveymonkey.com/r/maio17caxias
  • Lista dos inscritos no dia 20/05/17
  • Certificados serão enviados por email.

PROGRAMAÇÃO

– Apresentação do Projeto Maio Vermelho – Mês de Luta contra o Câncer Bucal

-Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial

– Câncer de boca – Tratamento, sequelas e o papel do cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico.

– EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede pública

– Prof. Marina Curra – Professora do Curso de Odontologia da Universidade de Caxias do Sul.

– Prof. José Carlos Bertotto – Professor Curso de Odontologia da Faculdade da Serra Gaúcha


ATIVIDADE PREPARATÓRIA MAIO VERMELHO 2017  – ESTÂNCIA VELHA 

  • Data: 01/06/2017 (quinta-feira) das 8h às 12h
  • Local: Câmara de Vereadores de Estância Velha, Av. Brasil, 1144
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas, ASBs, TSBs e outros profissionais de saúde interessados
  • Número de Vagas: 50.
  • Inscrições até 29/05/17
  • Certificados serão enviados por email.

PROGRAMAÇÃO

– Câncer de boca no Brasil e no mundo
– Apresentação do Projeto Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras
– Dados Capacitação Maio Vermelho 2016
– EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede ública  na tomada de decisão frente a identificação de lesões bucais.
– Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial
– Câncer de boca – O cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

PALESTRANTES: 

Laura de Campos Hildebrand, Professora de Patologia – Faculdade de Odontologia/UFRGS

Vinicius C. Carrard, Professor de Patologia – Faculdade de Odontologia/UFRGS

 

ATIVIDADES PREPARATÓRIAS MAIO VERMELHO 2017 – NOVO HAMBURGO

  • Data e horário: em breve
  • Local: Auditório do Colégio PIO XII, Novo Hamburgo
  • Público alvo: Cirurgiões-dentistas, médicos, enfermeiros, outros profissionais da saúde interessados
  • Número de Vagas: 250
  • Inscrições até 16/05/17 – https://pt.surveymonkey.com/r/maio17nh
  • Lista dos inscritos no dia 16/05/17
  • Certificados serão enviados por email.

PROGRAMAÇÃO

– 13h00 – 13h30 Recepção

– 13h30 – 14h00min Palestrante: Vinicius C. Carrard
Temas:

Protocolo Maio Vermelho – Avanços e perspectivas futuras
Dados Capacitação – Maio Vermelho 2016

– 14h00- 15h00 Palestrante: Mateus Claudy
Temas:

Avaliação de lesões bucais – critérios clínicos para o diagnóstico diferencial.

Câncer de boca – Tratamento, sequelas e o papel do cirurgião-dentista na linha de cuidado do paciente oncológico

– 15h00 -15h15min – Intervalo

– 15h15- 15h45 Palestrante: Ricardo L. Paiva
Tema:

Discussão de casos clínicos

– 15h45-17h Palestrante: Vinicius C. Carrard
Temas:

EstomatoNet – Uma ferramenta para apoio ao profissional de saúde da rede pública na tomada de decisão frente a identificação de lesões bucais.
– Encerramento

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleCondutas sobre Asma

O tema do #Telecondutas dessa semana é Asma!

O material, produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS, pode auxiliar os médicos da Atenção Primária à Saúde (APS/AB) no diagnóstico e estágio de tratamento adequado para cada paciente, bem como o momento correto de encaminhá-lo para o especialista.

Estima-se que em torno de 4% dos adultos e 20% das crianças brasileiras tenham a doença. Segundo Felícia Tavares, Médica Pneumologista e Teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS, as principais consequências da asma mal tratada, além de crise grave com risco de vida, são o maior risco de complicações em infecções respiratórias e a perda irreversível de função pulmonar a longo prazo.

É fundamental que os Postos e Unidades de Saúde acompanhem esses pacientes e, com o auxílio do Telecondutas, estabeleçam o estágio de tratamento adequado para cada indivíduo.

Confira aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

É Maio Vermelho – Prevenção do Câncer de Boca

É Maio Vermelho! Mês dedicado para conscientizar, prevenir e lutar contra o câncer de boca e outras doenças, enfatizando sua gravidade, necessidade de cuidados e diagnóstico precoce.

Durante todo o mês, o TelessaúdeRS-UFRGS terá conteúdos dedicados a profissionais de saúde e população em geral com o objetivo de melhorar a saúde bucal das pessoas.

Todos os dias há uma razão para sorrir!

Conheça nossos serviços https://goo.gl/JzXDhk

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#TeleCondutas sobre Depressão

O #TeleCondutas desta semana é sobre Depressão.

Cerca de 16% das pessoas sofrem de depressão durante suas vidas. Além disso, número muito maior acaba sendo atingido através do adoecimento de familiares, amigos e colegas.

A depressão pode levar ao suicídio e é considerada a mais incapacitante das doenças. Apesar dos dados alarmantes, ainda há uma lacuna imensa entre o sofrimento causado pela depressão e o número de pessoas que efetivamente buscam auxílio e recebem tratamento adequado. Tendo em vista a necessidade de aperfeiçoar a identificação e o cuidado dos indivíduos com depressão no âmbito da Atenção Primária à Saúde (APS), o TelessaúdeRS-UFRGS elaborou este material, para servir de apoio para o diagnóstico, tratamento e acompanhamento de pacientes com transtornos depressivos.

Confira aqui

Veja outros TeleCondutas aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Dia Mundial da Asma: dúvidas no diagnóstico e no tratamento da asma?

Hoje é Dia Mundial da Asma!

Asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas (brônquios e pulmão) que dificulta a passagem do ar. Partículas pequenas como poeira, odores, e até mesmo emoções fortes podem produzir alterações nos brônquios que dificultam a passagem do ar, causando chiados no peito, falta de ar e tosse. Outros sintomas como respiração curta, sensação de pressão no peito e cansaço podem ser sinais da presença da asma.

Muitas dúvidas surgem na hora de diagnosticar e tratar pacientes com sintomas da doença. Entre elas estão:

  • Como diagnosticar e manejar a asma?

O diagnóstico de asma é clínico, no entanto, há o exame de espirometria, que auxilia no manejo e tratamento da doença.  No Rio Grande do Sul, o exame é disponibilizado gratuitamente para pacientes de postos de saúde.

Médicos que trabalham em postos podem solicitar o exame ao serviço RespiraNet do TelessaúdeRS-UFRGS. O serviço está disponível em sete cidades do Estado: Alegrete, Santa Rosa, Passo Fundo, Santa Cruz, Porto Alegre, Gravataí e Pelotas. Após a realização do exame, médicos do setor de Pneumologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre fazem a interpretação e os resultados são enviados ao médico solicitante.  Saiba mais sobre o RespiraNet

O TelessaúdeRS-UFRGS também disponibiliza um aplicativo que auxilia no diagnóstico e classificação da asma através de parâmetros clínicos e espirométricos. O tratamento é sugerido de acordo com a classificação da gravidade da patologia. Ele está disponível para Android e IOS.

Os enfermeiros e médicos dos postos de saúde do Brasil que têm dúvidas sobre diagnóstico e manejo de pacientes podem entrar em contato com o TelessaúdeRS-UFRGS pelo fone 0800 644 6543. Outros profissionais de saúde podem solicitar teleconsultoria pela Plataforma de Telessaúde.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Comitiva de Moçambique visita TelessaúdeRS-UFRGS

Da esquerda para a direita: acima Higino Francisco, Angel Guillermo Mendoza Solis, Manuel Duvane, Helder Nhocuana e Diego Madia. Abaixo, Luiz Felipe Telles, Piter A. Manjate, Otávio Pereira D’Avila e Carlos Aita.

 

Dando continuidade às ações de apoio do TelessaúdeRS-UFRGS para a implantação do  Núcleo de Telessaúde de Moçambique, estarão no Brasil nos dias 2 a 5 de maio representantes do Ministério da Saúde de Moçambique (MISAU) e da Jhpiego Corporation, Organização Não-Governamental da Johns Hopkins University (EUA).

Fazem parte da comitiva a Dra. Bernardina Gonçalves, Diretora Nacional Adjunta de Recursos Humanos do MISAU,  Piter A. Manjate – TI –  TelessaúdeMZ-MISAU/Jhpiego, o Dr. Angel Guillermo Mendoza Solis, líder da área de sistemas de saúde da Jhpiego e os Drs. Helder Nhocuana, Higino Francisco e Manuel Duvane, teleconsultores do TelessaúdeMZ-MISAU/Jhpiego.

O objetivo da missão é tomar contato com a estrutura do TelessaúdeRS-UFRGS e de unidades de Atenção Primária à Saúde do município de Porto Alegre, bem como estreitar relações para a continuidade do apoio.

Além da participação em tempo real nas atividades de telessaúde, farão parte da agenda encontros com a coordenação do TelessaúdeRS-UFRGS (profs. Marcelo Rodrigues Gonçalves e Roberto Umpierre), com o Secretário Municipal de Saúde de Porto Alegre, Dr. Erno Harzheim e com o Diretor de Atenção Primária à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Dr. Thiago Frank.

Como atividade extra, o Dr. Angel Guillermo Mendoza Solis proferirá a palestra “A atuação da Jhpiego dentro do contexto epidemiológico Moçambicano” para professores e alunos do Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

 

 

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Minha História com o Tele – Diany Kniest

Meu nome é Diany Kniest, tenho 41 anos e sou de Tubarão – SC. Formada na primeira turma de medicina da ULBRA, fiz residência em Medicina de Família e Comunidade e pós-graduação em saúde do idoso.  Atuo na Unidade de Saúde Osmar Winck em Charqueadas há dez anos.

Decidi ser médica na adolescência, quando consultei com uma médica que gostei muito. Foi uma influência direta. A forma como ela me acolheu, no sofrimento que eu tinha. Na época, lembro que fiz um processo de identificação e pensei que se fosse fazer alguma coisa, que fosse algo assim, como essa médica que me atendeu. Comecei a batalha do vestibular. Morava em Santa Catarina, vim morar no Rio Grande do Sul, pois tinha alguns parentes que poderiam me ajudar. Fiz cursinho pré-vestibular, custei um pouco até conseguir uma vaga. Entrei na faculdade com vontade de fazer alguma coisa como fizeram por mim naquela época.

Histórias da medicina tem aos montes. Nestes dez anos aqui mesmo em Charqueadas, acho que a mais triste foi a de um menino de 8 anos que morreu de meningite. Ele consultou comigo em uma manhã e entrou em parada cardíaca de tarde. Foi a história mais horrível que eu tive. Relatos felizes tenho seguidamente. São muitos, no entanto, os tristes são os que mais marcam.

Caso:

Fui chamada para ver a paciente em casa, pois ela não estava bem. Quando cheguei, estava em internação domiciliar. Tinha um colega que fazia uma hidratação e a paciente não sabia dizer ao certo o que tinha. Quando olhei os exames, ela estava com insuficiência renal aguda, o rim havia parado e tínhamos dificuldade em descobrir a causa. A paciente era diabética e hipertensa, mas estava controlada. Uns dias antes, tinha tido um quadro de gastroenterite, o que fez a gente pensar que o quadro contribuiu para a parada do rim.  Cheguei a discutir o caso dela duas vezes, para manejo e acompanhamento, pois o rim parecia estar se recuperando, mas não sabia como fazer esse seguimento. Neste meio tempo o quadro piorou. Liguei, conversei com a Dra. Priscila do TelessaúdeRS. Revisamos tudo que ela utilizava de medicamento.  A Priscila concluiu que ela tinha feito uma rabdomiolise, uma espécie de intoxicação pelo remédio que usava para baixar o colesterol.  A teleconsultora achou a dose muito alta e que o remédio poderia ser a causa disso. Realmente, suspendemos a medicação e o rim dela começou a voltar. Agora ela está bem e o rim funcionando normalmente. Foi um caso que me marcou muito. Eu tenho diversos outros, acho que sou a campeã de uso do TelessaúdeRS.

Acho os serviços do TelessaúdeRS fantásticos. Adoro, acho que acrescenta muito, pois ajuda a melhorar a qualidade do meu atendimento, ser mais resolutiva com meus pacientes, poder atender em conjunto com alguém que saiba mais do que eu a respeito daquele caso. É uma forma de eu estudar também, pois ter alguém revisando a literatura na hora e me passando uma informação confiável é um jeito de eu estar estudando no trabalho, o que há muito tempo não acontecia. Fazíamos as coisas no automático, sem procurar questionar.  Estar fazendo o que há de melhor, o que é mais correto, o que tem de mais moderno, é uma forma dinâmica sem parar de trabalhar. Acho que quem não utilizou está perdendo muito. A falta de tempo pode contribuir, quando se tem uma demanda grande.  É uma perda não explorar esse serviço. Ligar e ficar mais tempo com o paciente resolve e é muito gratificante.

Utilizo todos os serviços, uso bastante 0800. Ele é mais dinâmico. O paciente estando junto me ajuda a responder o que falta de informação. Uso também teleconsultoria via internet e solicito espirometria.

Cada vez mais eu me convenço que os pacientes querem um profissional que se preocupe com eles, não querem alguém que saiba tudo, que não tenha dúvidas. Eles querem alguém que demonstre preocupação e que querem que eles fiquem bem. Ficam felizes inclusive quando ligo.

A questão tempo é que limita um pouco a gente ligar. Que possamos ter mais tempo, investir em mais profissionais que possam atender e diminuir a demanda. Além de dar um atendimento de mais qualidade para o paciente.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Comunicado importante – paralisação 28/04/2017

Devido à paralisação de alguns serviços na cidade de Porto Alegre (incluindo transportes públicos), cidade em que o TelessaúdeRS-UFRGS mantém suas atividades, informamos que podem ocorrer atrasos no atendimento dos serviços ofertados pelo projeto.
Todos as solicitações serão atendidas o mais breve possível.
Agradecemos a compreensão de todos.

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Inscrições abertas para curso a distância sobre intoxicação por agrotóxicos

O TelessaúdeRS-UFRGS abriu esta semana as inscrições para a terceira edição do curso de educação a distância ‘Intoxicação por agrotóxicos: noções gerais”. O curso é gratuito, será realizado de maio a junho próximos e tem como público-alvo profissionais de saúde atuantes na Atenção Primária à Saúde (APS) do Brasil, profissionais que atuam na Vigilância em Saúde e estudantes de graduação da área da saúde.

O curso é uma iniciativa do Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes, através da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS), através do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), e do TelessaúdeRS-UFRGS. Tem como objetivo auxiliar os profissionais na identificação de casos suspeitos de intoxicação aguda ou crônica por agrotóxicos, no desenvolvimento de estratégias e procedimentos para promoção, prevenção, diagnóstico e acompanhamento da saúde de pessoas expostas a agrotóxicos. Entre os temas a serem abordados destaca-se a importância da notificação de casos de intoxicação por agrotóxicos no sistema de informação oficial e o reconhecimento da exposição humana a agrotóxicos como problema de saúde pública

As atividades serão realizadas via plataforma Moodle.

O certificado será emitido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Para obter mais informações sobre o curso clique aqui.

Para realizar sua inscrição clique aqui.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Aplicativo auxilia no diagnóstico de depressão e na avaliação do risco de suicídio

A depressão é um transtorno mental muito frequente e a principal causa de incapacidade no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Cerca de 11,5 milhões de brasileiros convivem com a doença, que pode levar ao suicídio.

A Atenção Primária à Saúde (APS), como porta de entrada ao SUS, tem como papel fundamental identificar aspectos que caracterizem estados depressivos, bem como o risco de suicídio.

O TelessaúdeRS-UFRGS, com o objetivo de auxiliar a tomada de decisão clínica nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), desenvolveu aplicativos para profissionais que trabalham na APS.  Entre eles está o ADDS – Apoio ao Diagnóstico de Depressão e na definição de risco de suicídio. O app visa auxiliar no diagnóstico de depressão e na definição de Risco de Suicídio, em situações clínicas onde transtornos depressivos são mais prevalentes: história pessoal ou familiar de depressão; estressor psicossocial importante; uso frequente dos serviços de saúde; doença crônica; gestação e período pós-parto; sintoma físico sem explicação aparente; dor crônica; fadiga, insônia, ansiedade; abuso de substância; outro transtorno psiquiátrico.

O app está disponível gratuitamente para Android e IOS. Clique aqui e saiba mais

Os profissionais de saúde da APS que tiverem dúvidas em relação ao diagnóstico e manejo de pacientes podem entram em contato conosco pelo 0800 644 6543, disponível para enfermeiros e médicos das Unidades de Saúde do Brasil, ou pela Plataforma de Telessaúde, voltada para os outros profissionais de saúde da Atenção Primária Saúde (APS).

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Aplicativo Dieta Dash auxilia na prevenção da hipertensão

No dia Nacional de Combate à Hipertensão o TelessaúdeRS-UFRGS faz um alerta sobre a doença e destaca a importância de uma alimentação saudável.

O ano de 2017 é marcado pelos 20 anos da criação da dieta Dietary Aproaches to Stop Hypertension, a Dieta DASH. Essa dieta tem mostrado grandes benefícios na redução da pressão arterial e é considerada um avanço importante na ciência nutricional. Ela prioriza as frutas, hortaliças, cereais integrais, laticínios com baixo teor de gordura, frango, peixes e oleaginosas procurando limitar o consumo de carne vermelha, doces, bebidas açucaradas e alimentos ricos em sódio.

O TelessaúdeRS-UFRGS, em parceria com o Ministério da Saúde, desenvolveu um aplicativo gratuito para apoiar o trabalho de profissionais de saúde e pacientes que necessitam de orientação nutricional. O “Dieta Dash” auxilia na manutenção de uma dieta saudável e na melhor escolha de alimentos para prevenir e controlar a hipertensão arterial sistêmica. As informações foram baseadas nas publicações do Dietary Approaches to Stop Hypertension (DASH) do DASH Collaborative Research Group.

O aplicativo avalia refeições com relação aos níveis de sódio, gordura saturada, colesterol e outros fatores que podem dificultar o controle da hipertensão e fornece outras opções para substituir o alimento. O profissional pode enviar a avaliação por email para seu paciente e também acessar e enviar pelo aplicativo dicas de refeições saúdáveis, receitas e outras orientações como:

  • Ranking de alimentos com alto teor de sódio
  • Alimentos ricos em potássio
  • Como interpretar melhor os rótulos de alimentos
  • Dez passos para a alimentação saudável e orientações para hipertensos

Confira esse e outros aplicativos nas lojas Google Play e App Store.

Google Play: https://play.google.com/store/apps/details…

App Store: https://itunes.apple.com/…/dieta-dash-telessa…/id1043700656…

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Depressão na adolescência: como diagnosticar e tratar

Notícias sobre um jogo com tendências depressivas, voltado para adolescentes, tiveram grande repercussão, nos últimos dias, na grande mídia e redes sociais.

O TelessaúdeRS-UFRGS faz um alerta aos profissionais de saúde e à população sobre o tema, que reacende o debate sobre a depressão.

Convidamos o médico Dr.  Thiago Botter Maio Rocha, Psiquiatra da Infância e da Adolescência,  para falar sobre a doença que atinge 11,5 milhões de brasileiros, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), e responder, entre outras perguntas:

Como os pais e responsáveis devem agir junto aos jovens?

Quais medidas os profissionais de saúde devem tomar ao se deparar com pacientes em estado depressivo?

Confira também a nota emitida pela Secretaria Municipal de Porto Alegre para os serviços de saúde municipais, na quarta-feira, 19 de abril. Nela são elencados sinais característicos que podem ser observados nas crianças e adolescentes com problemas de depressão. Clique aqui

Confira com atenção os conteúdos que seu filho acessa na internet. Ao observar qualquer movimentação ou contato estranho pelas redes sociais, denuncie!

Pela mídia social Facebook é possível denunciar um conteúdo inadequado, basta ir ao canto superior direito da publicação e clicar em “Denunciar Publicação”. O Facebook irá abrir uma caixa de diálogo que lhe perguntará por qual motivo está denunciando. Escolha um dos motivos, como por exemplo “Conteúdo violento ou prejudicial”. Clique em concluir.

No WhatsApp caso algum desconhecido entre em contato com mensagens estranhas, clique no canto superior direito e em “Denunciar como spam e bloquear”

No Instagram, clique no canto superior direito e “Denunciar…”, escolha a opção “é inapropriada” e bloqueie o usuário.

Qualquer outra ação, em casos de ameaças ou se tiver materiais que comprovem a ação de pessoas de má índole, tire print (foto da tela) e ligue para o Disque-Denúncia, número 181. O canal funciona 24 horas por dia e os sete dias por semana.

Não hesite, denuncie!

Os profissionais de saúde da Atenção Primária à Saúde que tiverem dúvidas em relação ao diagnóstico e manejo de pacientes podem entram em contato conosco pelo 0800 644 6543, disponível para enfermeiros e médicos das Unidades de Saúde do Brasil, ou pela Plataforma de Telessaúde, voltada para os outros profissionais de saúde da Atenção Primária Saúde (APS).

Depressão: como identificar um caso?

Faça download do app ADDS – Apoio ao diagnóstico de Depressão e Avaliação do Risco de Suicídio.

Curso EaD sobre saúde mental na Atenção Primária à Saúde para médicos

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Síndrome Gripal: causas, sintomas e prevenção

A síndrome gripal é uma doença que pode ter diferentes causas, entre elas, a infecção pelo vírus Influenza, Parainfluenza, Adenovírus ou Vírus Sincicial Respiratório podendo ser ocasionada também por bactérias. Tem como principais características a febre alta acompanhada de tosse, dor de garganta, dor de cabeça, dor no corpo e dor articular. Os sintomas geralmente duram 1 semana.

A transmissão pode ocorrer através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, espirrar e tossir ou por meio das mãos (tocando boca, nariz e olhos) após contato com locais contaminados.

Já está disponível desde o dia 10 de abril nas Unidade e nos Postos de Saúde do Rio Grande do Sul as vacinas para o grupo de risco (veja aqui quem pode se vacinar). Mesmo com a vacina, evitar a transmissão é o melhor cuidado. Confira:

  • Lave as mãos frequentemente (quando não for possível, use álcool gel);
  • Utilize lenços descartáveis;
  • Evite levar as mãos à boca, nariz e olhos;
  • Mantenha ambientes ventilados;
  • Evite locais com aglomeração de pessoas;
  • Ao espirrar ou tossir proteja o rosto com o braço ou cotovelo;
  • Evite compartilhar objetos de uso pessoal: cuia e bomba de chimarrão, batom, talheres, copos, entre outros;
  • Mantenha os ambientes higienizados com água e sabão;
  • Objetos e superfícies podem ser higienizados com álcool gel;
  • Se tiver sintomas, utilize o termômetro e anote a temperatura;
  • Em contato com menores de seis meses: lave as mãos antes de manusear o bebê, evite dar beijos, principalmente nas mãos, não faça visitas se você estiver doente ou contato com pessoas doentes!

O cuidado de manter as mãos limpas, principalmente antes de comer, diminui o risco de contaminação

Pessoas de todas as idades podem ser infectadas pelo vírus, apesar disso, alguns indivíduos como gestantes, pessoas com 60 anos ou mais, crianças com idade menor de 2 anos, pessoas com doenças crônicas, estão mais propensas a desenvolver complicações graves. Se você apresentar sintomas gripais, procure a Unidade de Saúde mais próxima.

 

sindrome_gripal_causas_sintomas_e_prevencao_v001-01

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Atualização da tabela vacinal com novas informações sobre a vacina da Febre Amarela

Recentemente o Ministério da Saúde (MS) passou a recomendar a dose única da vacina contra a Febre Amarela. A orientação está válida desde o início de Abril e está justificada nos dados contidos em estudos feitos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que evidenciam a eficácia da dose única, sem necessidade de complementação.

A tabela vacinal, desenvolvida pelo TelessaúdeRS-UFRGS, com o novo esquema vacinal da Febre Amarela, já está disponível para download em nosso site. Nela também é possível verificar o período e as recomendações para administração de outras vacinas, de acordo com o calendário nacional de vacinação – Ministério da Saúde (MS).

O download do arquivo pode ser feito gratuitamente pelo site. Sua utilização permitirá aos profissionais mais um meio de agilizar seu atendimento e fornecer informações precisas e importantes aos pacientes. Esta tabela está de acordo com as predefinições do Programa Nacional de Imunizações – MS, foi elaborada atualizada em Abril de 2017 e poderá ser atualizada novamente.

Fique atento no site para manter sua tabela atualizada!

Acesse aqui: https://goo.gl/VJ0ELX

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

#Telecondutas – Cardiopatia isquêmica

Confira o terceiro #TeleCondutas, material produzido pela equipe de Teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelesssaúdeRS-UFRGS.

O tema desta semana é Cardiopatia Isquêmica. Segundo Priscila Raupp, Médica Cardiologista e Teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS, a doença arterial coronária é uma causa importante de morbimortalidade no Brasil, ocorrendo cerca de 80 mil internações por mês em consequência de suas complicações como infarto agudo do miocárdio e insuficiência cardíaca.  Dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS) mostram que a causa cardiovascular corresponde a perto de 30% das causas de morte do país. É de fundamental importância que a equipe da Atenção Primária à Saúde realize o acompanhamento desses pacientes, buscando trabalhar no controle dos fatores de risco, otimização de tratamento farmacológico e acompanhamento dos sintomas ao longo do tempo.

O objetivo desse material é fornecer suporte teórico, baseado nas melhores evidências científicas, para aumentar a resolutividade e qualidade das ações da Atenção Primária à Saúde (APS).

Confira aqui: https://goo.gl/uxoFiz

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Campanha de Vacinação contra gripe começa no Rio Grande do Sul

A campanha de vacinação contra a gripe iniciou ontem no Rio Grande do Sul. Segundo a Secretária Estadual da Saúde (SES/RS) os municípios têm autonomia para definir a data de imunização dos grupos prioritários. A recomendação é dar prioridade de vacinação aos profissionais de saúde em seu local de trabalho durante a primeira semana da campanha.

Dentro do grupo prioritário estão:

  • Profissionais de saúde
  • Indivíduos com 60 anos ou mais
  • Gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto)
  • Indígenas aldeados
  • Crianças de seis meses até cinco anos
  • Professoras das redes pública e privada
  • Pessoas privadas de liberdade e funcionários de presídios
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e condições clínicas especiais como:
    • Doença pulmonar (enfisema, bronquite, fibrose);
    • Asma (em uso de corticóide inalatório ou sistêmico);
    • Doenças cardiovasculares (exceto hipertensão arterial sem outras doenças);
    • Doenças dos rins;
    • Doenças do fígado;
    • Diabetes Mellitus;
    • Doenças neurológicas (se prejudicar a respiração) ou doenças neurológicas graves;
    • Imunossupressão, tais como: HIV, por doenças ou medicamentos;
    • Transplantes
    • Síndrome de Down e outras trissomias.

A novidade deste ano é a inclusão de professores das redes pública e privada dentro do público-alvo da campanha. Ela será realizada até dia 26 de maio deste ano e tem como meta imunizar 90% de cada grupo prioritário.

As principais características da síndrome gripal são febre alta acompanhada de tosse ou dor de garganta e dor de cabeça, dor no corpo ou dor articular. A doença pode ter diferentes causas, entre elas a infecção pelo vírus Influenza ou outros vírus como Parainfluenza, Adenovírus e Vírus Sincicial Respiratório, além de outras bactérias.

QUEM_DEVE_SER_VACINADO_20170410_ver002-01

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TeleCondutas sobre Hepatite B

Já está disponível no site do TelesssaúdeRS-UFRGS o segundo #TeleCondutas.

O tema desta semana é sobre Hepatite B. Segundo Jerônimo de Conto Oliveira, Médico Gastroenterologista e Teleconsultor do TelessaúdeRS-UFRGS, a Hepatite B é uma infecção muito frequente na população, que em sua forma crônica pode evoluir para complicações graves como a cirrose. O material produzido pelo TelessaúdeRS-UFRGS sobre Hepatite B auxilia no diagnóstico adequado, no  acompanhamento de pacientes com infecção aguda e crônica, bem como orienta sobre rastreamento e vacinação contra a infecção.

Clique aqui para acessar o material sobre Hepatite B

Essa semana também produzimos a Pergunta da Semana sobre Profilaxia Pós-Exposição (PEP). Nesse material também podem ser observadas condutas em relação a exposição ao vírus da Hepatite B.

Clique aqui para acessar a Pergunta da Semana sobre PEP

 

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Dia Mundial da Saúde – Depressão

A campanha do Dia Mundial da Saúde de 2017 tem como foco a depressão. De acordo com a OMS, cerca de 5,8% da população brasileira sofre de depressão, um total de 11,5 milhões de casos.

A depressão pode se manifestar de diferentes formas nas pessoas e pode causar grande variedade de sintomas. É importante procurar ajuda de um profissional de saúde quando o paciente achar que está deprimido.

Conheça as ações e os materiais do  TelessaúdeRS-UFRGS que podem auxiliar os profissionais de saúde nos seguintes aspectos:

  •  diagnóstico, abordagem inicial e o acompanhamento de pacientes em saúde mental, assim como identificar pacientes com ou em risco;
  •  referenciamento de atendimentos no Sistema Único de Saúde (SUS) e acompanhamento de pacientes contrarreferenciados pelos serviços de atenção especializada e serviços de referência em saúde mental;
  • desenvolvimento de habilidades para coordenar o manejo na atenção primária de pacientes em saúde mental;
  • busca de evidências sobre saúde mental.

Aplicativo ADDS – Apoio ao Diagnóstico de Depressão e Avaliação de Risco de Suicído

Curso EAD de Saúde Mental na Atenção Primária à Saúde para Médicos – Em breve uma nova edição

Canal 0800 644 6543 – Disponível para médicos e enfermeiros da Atenção Primária à Saúde do Brasil solucionarem dúvidas clínicas

Protocolo de encaminhamento para psiquiatria

Confira aqui a animação feita pela equipe de comunicação do TelessaúdeRS-UFRGS sobre depressão.

 

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Resultado da enquete para enfermeiros

Com o intuito de conhecer os temas de interesse e produzir conteúdos para apoiar a prática profissional do enfermeiro na Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB), realizamos uma enquete nas redes sociais do TelesssaúdeRS-UFRGS.

Confira o resultado:

1º – Avaliação e tratamento de feridas na APS.

2º – Interpretação de exames laboratoriais comuns na prática da APS.

3º- Consulta de enfermagem (quando, como e para quem?).

4º- Enfermeiro de Prática Avançada na APS (estratégia já utilizada em outros países onde o enfermeiro adquire qualificação para o exercício de competências clínicas ampliadas, guiado por evidências científicas).

5º- Elaboração de protocolos assistenciais para a prática do enfermeiro na APS.

6º- Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE, processo de enfermagem e seu registro).

7º- Imunizações (dúvidas frequentes).

8º- Procedimentos realizados na APS.

Em breve, disponibilizaremos materiais relacionados a esses temas. Agradecemos a todos participação e seguimos à disposição para outras sugestões.

Lembramos ainda que enfermeiros que trabalham na APS, em postos e unidades básicas do país, podem ligar gratuitamente para o canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS e tirar dúvidas.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Instabilidade no aplicativo DermatoNet

Por instabilidade do sistema, o aplicativo DermatoNet não está funcionando em dispositivos da Apple. Orientamos que as solicitações desse aplicativo sejam feitas diretamente na Plataforma de Telessaúde pelo link: www.plataformatelessaude.ufrgs.br

Se você tem solicitação sem resposta ou precisa de um retorno urgente, entre em contato com o TelessaúdeRS-UFRGS pelo telefone 0800 644 6543.

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo Seletivo Bolsista 08/2017 – Equipe de TI – Pós-Graduação

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe de Teledignóstico. O candidato deve estar com graduação em andamento preferencialmente na UFRGS.

Entre as atividades a serem desempenhadas estão:  desenvolver  soluções de tecnologia da informação, previamente documentadas pela equipe de análise de negócios, considerando as linguagens e estrutura (frameworks) de programação utilizadas pelo projeto; realizar/orientar o planejamento e o monitoramento da testagem dos aplicativos desenvolvidos ou apoiados pelo Núcleo de Telessaúde; realizar/orientar o planejamento, a estruturação e a manutenção das bases de dados e das cópias de segurança do NT.

Confira aqui o requerimento de inscrição e o edital completo da vaga para Equipe de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Para mais informações – 51 3308-2160/3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h)

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Resultado Final Processo Seletivo Bolsista 06 /2017 – Equipe de Regulação e Teleconsultoria

Os candidatos aprovados serão chamados conforme a necessidade do projeto.
Candidatos aprovados:
  • Sammer Maravilha Chagas Gilio Dias
  • Evelyn Santarém Dutra
  • Péterson da Silva Gomes
  • Isadora Smaniotto Garcia
  • Loíze Berger Soares
Candidatos aprovados para o cadastro de reserva:
  • Carulina Bueno de Mesquita
  • Aline Wickert da Rosa
  • Kinberlyn Pereira Rodrigues
  • Fernanda Duarte Tomazi
  • Bruna Fernandes da Silva
  • Eduardo Bramraiter Delfim
  • Jéssyca Costa de Freitas
  • Estéfani Corrêa Guardiola
  • Eric Ferreira Guimarães
  • Monique Fernandes Silveira
O processo seletivo terá validade de 06 meses a contar da data de publicação do resultado final.
Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Minha História com o Tele

Há 10 anos o TelessaúdeRS-UFRGS tem proposto soluções para melhorar os serviços do SUS. A ideia é abreviar o tempo de espera. Diminuir distâncias. Aumentar o acesso a serviços qualificados. Ajudar profissionais de saúde e pacientes.
Mas para não só falar de números, lançamos hoje a #MinhaHistóriacomoTele, uma série de histórias que contam um pouco do trabalho do TelessaúdeRS-UFRGS sob a ótica dos profissionais de saúde que trabalham lá na ponta (postos e unidades de saúde), dos pacientes e dos nossos colaboradores. A primeira história tem como personagens a Paula Bedin Toniazzo, o Jair Teixeira e a Felícia de Moraes, Teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS. Leia, ouça e veja o que eles tem a dizer.

Confira a história completa:
arte_Paula_ver001-08

Depoimento Dra. Paula

Meu nome é Paula, tenho 28 anos, nasci em Erechim e trabalho no posto Morada Verde, em Igrejinha, desde 2015. Eu me formei na PUCRS, em Porto Alegre, em 2014. Sou a primeira médica da minha família. Sempre quis ser médica porque gostava muito de ajudar as pessoas. Meu sonho sempre foi ser psiquiatra e sou apaixonada pela medicina. É muito bom poder melhorar a dor do outro e amenizar o sofrimento. É uma profissão muito linda, não me imagino fazendo outra coisa.
Lembro quando ainda estava na faculdade, quando passei pela pediatria. Tinha uma mãe com uma criança que estava internada há seis meses. Elas olhavam pela janela e a mãe dizia que a criança olhava para rua como se soubesse que ia sair de lá. Isso me marcou muito. Desde que me formei, amadureci muito. Cresci muito com os pacientes.
Trabalho na unidade desde que me formei. Sou apaixonada pelo meu trabalho e pelo meu posto.Tentamos fazer o máximo pelos pacientes. Às vezes, porém, não conseguimos porque não depende só de nós. Os pacientes julgam que não, mas nos frustramos muito por não poder fazer mais por eles.
Desde que descobri o TelessaúdeRS, uso muito, pois acho uma ferramenta muito boa. Os profissionais são muito bons. Consigo falar com os Médicos da Família e Comunidade e com profissionais especializados como pneumologista, urologista e neurologista. São como meus preceptores. Sou grata pela colaboração. Eu me formei há pouquíssimo tempo e tenho muito a aprender ainda. Sou a única Médica de Família da Unidade.
O seu Jair chegou até mim e começamos a investigar com raio X e depois tomografia. Iniciei a discussão com o TelessaúdeRS e, dentro de seis meses, ele teve uma internação hospitalar. Após a internação, ele fez nova tomografia. Discuti pela terceira vez com o TelessaúdeRS, com a Dra. Felícia, pneumologista, que solicitou que eu encaminhasse o paciente para um especialista. Em menos de dez dias ele já estava consultando em Porto Alegre.
O TelessaúdeRS realmente me ajuda muito, esclarece minhas dúvidas, principalmente no atendimento de crianças e no que se refere à dose de medicação. Acho que todo o médico deveria utilizar o serviço, pois antecipa muito as coisas. Tenho outro paciente que ficaria na fila de espera por dois anos e, como discuti o caso com médicos do TelessaúdeRS, o tempo de espera foi reduzido para quatro meses.
Solicito muitos exames de espirometria. Acho muito boa a forma como vêm os laudos. Sempre fui muito bem atendida e tive muitas informações. Sempre que pedi, os teleconsultores me mandaram artigos. Se não tivesse o TelessaúdeRS, provavelmente o seu Jair estaria cada vez pior. Se fosse encaminhado para um especialista, demoraria muito tempo para ser chamado em Porto Alegre.

arte_Paula_ver002-10

Depoimento Jair

Meu nome é Jair Teixeira Pereira, nasci na cidade de Cruz Alta e tenho 61 anos. Sou aposentado, mas estava trabalhando por conta na construção Civil. Tenho sete filhos.
Na época, estava trabalhando em Santa Catarina, fui internado e me disseram que tinha pegado a doença do rato. Fiz diversos exames e estava tudo normal. Comecei a ficar cada vez pior. Fui embora, pois morava em Igrejinha e aqui tinha mais recursos. Procurei o posto de saúde para consultar. Antes disso, tive dez dias baixado no hospital. Fiquei quatro dias no oxigênio e fiz todos os tipos de exames, como tuberculose e AIDS e não deu nada, só o problema no pulmão.
Os sintomas me atrapalhavam. Depois que fiquei assim, não consegui trabalhar mais, nem pegar a vassoura. Sinto cansaço e falta de ar.
Depois que me aposentei, só trabalhei em obra e carpintaria que é minha profissão, que é o que eu gosto de fazer. Desde janeiro, quando fiquei doente, não consigo mais.
Estava consultando com a Dra. Paula e vi que ela pediu orientação para outro, não sabia que era para o Telessaúde. Achei legal, pois foi uma coisa bem rápida, deram prioridade para mim e talvez para outras pessoas também. Era um caso que não achavam o que eu tinha, me encaminharam para o especialista, foram fazer todos os exames e foi que constataram o que eu tinha.
Eu queria agradecer à Dra. Paula, pois ela me encaminhou, e a vocês. É uma coisa boa para mim e para muitas pessoas que também precisam. É um serviço muito bom.

arte_Paula_ver002-11

Depoimento Felícia

Meu nome é Felícia, sou médica teleconsultora pneumologista. O caso do seu Jair chegou até mim através de uma teleconsultoria atendida inicialmente por um Médico de Família e Comunidade. A doença apresentada pelo seu Jair é uma condição que indica o encaminhamento para pneumologia. Rapidamente, conseguimos regular esse caso e o paciente foi encaminhado para um hospital terciário. O tempo de espera entre a primeira teleconsultoria e a consulta no hospital terciário foi de aproximadamente um mês. É gratificante saber que conseguimos fazer isso no TelessaúdeRS, tanto regular o caso, quanto ajudar o médico assistente a dar o atendimento inicial a esse paciente. Quando ainda não existia a regulação das filas de espera, os pacientes ficavam muito tempo aguardando consulta, tanto em casos menos graves, que poderiam ser tratados na Atenção Primária, quanto em casos de pacientes com doenças mais graves.
Em uma lista de espera com vários pacientes, com tipos de doenças diferentes, vai existir o paciente com a doença menos grave, por exemplo, asma, que provoca crises de vez em quando, e o paciente com uma doença mais grave, um câncer ou uma doença intersticial. O paciente mais grave, precisa rapidamente ser encaminhado para um especialista. O paciente menos grave pode ser atendido na Atenção Primária e, se for necessário, pode ter o auxílio do teleconsultor do TelessaúdeRS no manejo. A regulação busca, através de critérios de prioridade, esse paciente mais grave para que ele consiga consultar antes com um especialista, deixando em menor prioridade o paciente com uma doença menos grave e que talvez não precise do encaminhamento.
Nós conseguimos evitar o encaminhamento em cerca de 30% dos casos encaminhados pelo sistema de regulação. E ainda tem uma outra situação: o paciente que tinha uma condição e, ao longo do tratamento na Atenção Primária, começou a piorar. Neste caso, pode ser encaminhado para o especialista para ter o seu problema resolvido.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

A nova versão do e-SUS AB já está no ar

A nova versão do e-SUS AB já está no ar.

Na última quarta-feira, dia 29/03, foi lançada a versão 2.1.11 do e-SUS AB PEC.

Segundo informações do Departamento de Atenção Básica (DAB), a nova versão corrige inconsistências que estavam ocorrendo entre o arquivo BPA exportado do e-SUS e o SIA.

A partir da versão 2.1.11, o processo de envio do BPA muda, passando a ser transmitido diretamente para o SAI, após exportado do e-SUS, sem necessidade do programa BPA Magnético.

A atualização já está disponível no site do DAB – https://goo.gl/uei8NG

Lembre-se! Antes de atualizar faça backup do seu sistema.

Não lembra como faz? Não tem problema, na próxima terça-feira, 04/04, o Simplifica e-SUS ensinará como fazer o Backup.
Para assistir os vídeos acesse o canal do TelessaúdeRS-UFRGS no Youtube – https://www.youtube.com/TelessaudeRS

O Simplifica lança vídeos toda terça às 11 horas, horário de Brasília. Inscreva-se no canal e não perca nenhum vídeo.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Novo material de apoio do TelessaúdeRS-UFRGS: TeleCondutas

A partir de hoje, publicaremos semanalmente o TeleConduta, material produzido pela equipe de teleconsultores do canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS.

O objetivo é fornecer suporte teórico, baseado nas melhores evidências científicas, para aumentar a resolutividade e qualidade das ações da Atenção Primária à Saúde (APS).

Este material de apoio será de fácil utilização e busca rápida. São conteúdos passíveis de serem consultados durante o atendimento aos pacientes. Serão abordados os assuntos mais frequentes de discussões no canal 0800 6446543, organizados de forma sistemática e objetiva, com orientações para investigação diagnóstica, tratamento e acompanhamento das condições mais comuns nos atendimentos da APS.

O tema desta semana é Ansiedade, acesse aqui: https://goo.gl/9omiOm

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo para bolsista de telediagnóstico

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe de Teledignóstico. O candidato deve estar com graduação em andamento preferencialmente na UFRGS.

Entre as atividades a serem desempenhadas estão agendamento de exames via telefone e/ou e-mail com pacientes, unidades de saúde ou municípios, atendimento telefônico e por e-mail das demandas relacionadas ao Telediagnóstico; auxiliar na elaboração de relatórios; preenchimento e conferência de dados; auxiliar na elaboração e implementação de planos operacionais; apoiar a capacitação da equipe para utilização das ferramentas de trabalho; cadastrar profissionais da Atenção Primária/Atenção Básica do Rio Grande do Sul na Plataforma de Telessaúde do Ministério da Saúde; auxiliar nas demais atividades administrativas pertinentes ao setor; participar de reuniões e atividades de educação permanente relativas ao projeto.

Confira aqui o requerimento de inscrição e o edital completo da vaga para Equipe de Telediagnóstico

Para mais informações – 51 3308-2160/3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h)

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Epidemiologista Cesar Victora é o primeiro pesquisador brasileiro a ganhar o Prêmio Saúde Global da Fundação Gairdner, do Canadá

O professor e epidemiologista da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Cesar Victora tornou-se, na última terça-feira, o primeiro pesquisador brasileiro a receber o Prêmio Internacional Canadá Gairdner, concedido anualmente a pesquisadores de ciências médicas por contribuições excepcionais ao desenvolvimento da área. O anúncio da premiação foi realizado na última terça-feira pela Fundação Gairdner. Também foram contemplados seis outros pesquisadores, um do Japão, um da Itália, dois do Canadá e dos Estados Unidos.

Segundo a Fundação Gairdner, o professor Victora foi premiado pelas suas “contribuições excepcionais à saúde e nutrição materna e infantil em países de renda baixa ou média, com foco especial no impacto do aleitamento materno exclusivo na mortalidade infantil, e no impacto de longo prazo da nutrição no início da vida”. O pesquisador liderou diversas pesquisas sobre amamentação e nutrição materno-infantil que foram essenciais para definir o rumo de políticas e campanhas de saúde pública adotadas hoje internacionalmente.

Professor Emérito de Epidemiologia na UFPel desde 1977, Victora é graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e PhD em Epidemiologia da Assistência Médica pela Escola de Higiene e Medicina Tropical da Universidade de Londres. Ao longo de sua carreira, ele realizou extensas pesquisas em diversos estados brasileiros e atuou como pesquisador ou consultor em mais de 40 países do mundo. Entre outras atividades, assessorou a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a UNICEF. Suas pesquisas, que incluem as áreas de saúde e nutrição materno-infantil, amamentação, coortes de nascimento, desigualdades sociais e avaliação de serviços de saúde, já resultaram em mais de 600 publicações científicas.

A distinção concedida pela Fundação Gairdner – que foi fundada em 1957 com o objetivo principal de reconhecer e recompensar a excelência internacional em pesquisas relacionadas à saúde humana – é de grande importância porque os premiados são considerados potenciais candidatos ao prêmio Nobel. Desde 2012, cerca de 70 prêmios Nobel foram outorgados a ganhadores do prêmio Gairdner.

O TelessaúdeRS-UFRGS parabeniza o Professor Cesar Victora pela sua contribuição à saúde mundial.

Mais informações sobre o Prêmio Internacional Canadá Gairdner 2017 estão disponíveis no link: https://gairdner.org/2017-canada-gairdner-laureates-announced/

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Protocolo de Encaminhamento para Infertilidade está disponível no site do TelessaúdeRS-UFRGS

Protocolo de Encaminhamento para Infertilidade está disponível no site do TelessaúdeRS-UFRGS.

Casais com dificuldade em gestar esperam meses ou anos para consultar em ambulatórios de infertilidade. Para organizar o acesso dessas pessoas, o TelessaúdeRS-UFRGS, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul (SES-RS), elaborou o Protocolo de Encaminhamento para Infertilidade. O documento também estabelece qual investigação deve ser feita na APS e as opções de tratamento atualmente disponíveis para essa condição.

Confira este e outros protocolos produzidos pela equipe do TelesssaúdeRS-UFRGS em nosso site. Faça o download em: https://www.ufrgs.br/telessauders/nossos-servicos/teleconsultoria/regulasus/

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Resultado Final Processo Seletivo Bolsista 05 /2017 – Equipe de Regulação Hospitalar

Os candidatos aprovados serão chamados conforme a necessidade do projeto.

Candidatos aprovados:

  1. Thomaz Chaves Della Vechia
  2. Pedro Alves Fagundes
  3. Matheus Canellas Fonseca Barbosa dos Santos
  4. Isadora Silveira Logório
  5. Maria Elisa Maggioni Sassi

O processo seletivo terá validade de 06 meses a contar da data de publicação do resultado final.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS na Mídia – Documentário sobre Doença de Chagas no Diário Popular de Pelotas

Matéria publicada pelo Jornal Diário Popular da cidade de Pelotas destaca a parceria do TelessaúdeRS-UFRGS com a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e com o Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) na produção de calendários informativos e de um documentário sobre a Doença de Chagas.

A reportagem foi vinculada nas mídias digitais e impressa e ressalta a importância do controle do vetor da doença.

Confira a reportagem aqui

Veja o documentário aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Secretaria Estadual de Saúde do RS divulga informações sobre a campanha de Vacinação Contra Gripe 2017

O Secretário Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, João Gabbardo dos Reis, divulgou em entrevista coletiva, nesta sexta-feira, as principais informações sobre a Campanha de Vacinação Contra Gripe de 2017.

A novidade deste ano é a inclusão de professores da rede pública e privada no público-alvo da campanha. As imunizações iniciarão no dia 10 de abril com a recomendação às prefeituras para que a primeira semana seja dedicada a vacinação dos profissionais de saúde.

A meta   é vacinar cerca de 90% do público-alvo que inclui profissionais de saúde, indígenas, crianças de seis meses até cinco anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) e idosos (60 anos ou mais). Também integram o grupo prioritário os doentes crônicos, as pessoas privadas de liberdade e os funcionários de presídios.

#RSContraGripe

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Instabilidade do app para telediagnóstico em Dermatologia

O TelessaúdeRS-UFRGS informa que o envio de solicitações para a DermatoNet, através do aplicativo para celular, encontra-se instável, desde 20/03/17.

  • Para usuários do sistema Android, esse problema está resolvido. Se você tiver qualquer problema, pedimos que entre em contato com o TelessaúdeRS-UFRGS através do telefone 0800 644 6543.
  • Para usuários do sistema iOS, o sistema ainda não está funcionando. Sugerimos que a solicitação seja realizada diretamente no site http://plataformatelessaude.ufrgs.br/. Nos próximos dias, será lançada uma atualização para regularizar o uso do aplicativo.
  • Se você utilizou o aplicativo a partir do dia 20/03/2017, sugerimos que verifique se houve o envio correto da solicitação, acessando a sua Caixa de Saída no site da Plataforma – http://plataformatelessaude.ufrgs.br.

Pedimos desculpas por qualquer inconveniente que esse problema técnico pode ter ocasionado. Ressaltamos que a Equipe do TelessaúdeRS está trabalhando para a regularização do sistema com a maior brevidade possível.

Para a discussão de casos clínicos em tempo real, disponibilizamos o serviço do 0800 644 6543, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30. Para os casos de Dermatologia, também, é possível fazer o envio de imagens.

 

 

 

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Inscrições abertas para a 2ª edição do Curso EaD de Acidentes Tóxicos por Animais Peçonhentos

Estão abertas as inscrições para a 2ª edição do Curso EaD de Acidentes Tóxicos por Animais Peçonhentos. Ele é gratuito e ocorrerá entre os meses de abril e maio de 2017. As inscrições poderão ser realizadas até dia 12 de abril deste ano ou até esgotarem as vagas.

O objetivo do curso, desenvolvido pelo TelessaúdeRS-UFRGS, em parceria com o Centro de Informação Toxicológica do Rio Grande do Sul (CIT-RS), é qualificar os profissionais de saúde da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (APS/AB) e os estudantes de graduação da área da saúde do Brasil no reconhecimento de animais peçonhentos que representam risco de acidente para a comunidade.

O curso terá a carga horária de 20 horas e será realizado via plataforma Moodle do TelessaúdeRS-UFRGS. Ao final do curso o aluno terá condições identificar os animais de interesse toxicológico, locais e situações de risco, realizar coletas com segurança, reconhecer os acidentes causados e tomar as primeiras providências frente a casos de picada ou contato com estes animais. O certificado será emitido pelo Portal de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, somente de forma eletrônica, com valor único de R$4,00.

Para obter mais informações sobre o curso clique aqui.

Para realizar sua inscrição clique aqui.

O TelessaúdeRS-UFRGS ainda desenvolveu um aplicativo para servir de auxílio na identificação dos principais animais peçonhentos e venenosos existentes no RS, bem como para orientação para utilização de medidas de prevenção de acidentes e de informações gerais sobre soros antivenenos.

App disponível para Android IOS.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Dia do #OrgulhoSUS – 2017

Melhorar a saúde da população, por meio de ações que fortaleçam o SUS e a Atenção Primária à Saúde/ Atenção Básica (APS/AB) é o principal objetivo do TelessaúdeRS-UFRGS.  O projeto apoia o Dia do Orgulho SUS e a campanha #Orgulhosus.

O dia do Orgulho SUS faz parte de uma campanha que convoca todos os usuários ou profissionais que trabalham no Sistema Único de Saúde (SUS) a compartilhar suas ideias e atitudes para melhorar os sistemas de saúde.

A data escolhida foi 21 de março por ser o dia do encerramento da 8ª Conferência Nacional de Saúde onde foi iniciado o relatório para a construção do SUS.

Quer saber mais sobre campanha? Acesse http://www.rio.rj.gov.br/web/sms/exibeconteudo?id=5251023

Participe!

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS participa da implantação do núcleo de Telessaúde de Moçambique

Nesta semana, o responsável pela equipe de Tecnologia da Informação e Comunicação do TelessaúdeRS-UFRGS, Rafael Dal Moro, e o Consultor de TI do projeto, Prof. Carlos Aita, integram a terceira equipe que viaja a Moçambique para dar andamento no processo de implantação do Núcleo de Telessaúde no país.

Além da capacitação de teleconsultores e telerreguladores, os integrantes do TelessaúdeRS-UFRGS farão testes de conectividade, estruturação de banco de dados, organização de infraestrutura e identificação de requisitos necessários para a implantação da Plataforma Telessaúde, cedida pelo Ministério da Saúde do Brasil.
O apoio ao Ministério da Saúde de Moçambique, que iniciou em 2014, conta com a participação da Jhpiego Corporation, Organização Não-Governamental da Johns Hopkins University (EUA), do Center for Disease Control and Prevention (CDC – EUA) e do Núcleo de Telessaúde do Rio Grande do Sul (TelessaúdeRS-UFRGS).
As principais causas de morte em Moçambique são HIV/AIDS, tuberculose e malária. A criação do Núcleo de Telessaúde em Moçambique pretende aumentar o acesso e qualificar o atendimento em Atenção Primária à Saúde de forma a impactar positivamente nesse quadro.
O projeto do núcleo de telessaúde de Moçambique já foi aprovado por seu Ministério da Saúde e tem expectativa de iniciar suas atividades ainda no primeiro semestre de 2017.

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Enquete: enfermeiras e enfermeiros, nós queremos saber a opinião de vocês

Enfermeiras e enfermeiros,

Estamos empenhados em saber quais são os temas da Atenção Primária à Saúde (APS) que mais interessam aos profissionais da sua área. Gostaríamos que você respondesse apenas três perguntas.

Nos próximos 15 dias, faremos uma enquete para os enfermeiros de todo o Brasil que utilizam o TelessaúdeRS-UFRGS e acompanham o projeto nas redes sociais. Nosso objetivo é identificar as principais dúvidas da categoria e produzir conteúdos sobre Atenção Primária para apoiar sua prática profissional.

Clique aqui para responder a enquete. Você será direcionado para um site de pesquisa.

Os resultados da pesquisa serão divulgados em abril e, a seguir, vamos disponibilizar materiais sobre enfermagem na APS.

Lembramos ainda que enfermeiros que trabalham na APS, em postos e unidades básicas do país, podem ligar gratuitamente para o canal 0800 644 6543 do TelessaúdeRS-UFRGS e tirar dúvidas.

Agradecemos desde já a sua participação.

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Como funciona o processo de encaminhamento para consulta especializada?

Você é médico no interior do Estado e não sabe o que acontece com seu encaminhamento para consulta especializada para Porto Alegre?  Você é um paciente e está à espera de uma consulta especializada?
Leia  e confira por quais caminhos andam essa solicitação. Mais do que isso, veja como é possível diminuir esse tempo de espera, ou até resolver esse problema de saúde no seu próprio município.

Os médicos da Atenção Primária à Saúde/Atenção Básica (postos e unidades básicas) necessitam, em alguns casos, encaminhar pacientes para consultas especializadas. Muitas vezes, entretanto, ficam sem ter informações sobre o que acontece com aquela solicitação de encaminhamento.

Criamos um infográfico para mostrar o que ocorre quando um médico do interior do Rio Grande do Sul solicita uma consulta especializada para atendimento em Porto Alegre. A figura descreve as várias etapas do fluxo do encaminhamento. Revela como o trabalho feito pelo RegulaSUS beneficia os pacientes do interior, fazendo com que boa parte de seus problemas de saúde seja resolvida no seu município. Ou, quando isto não é possível, agilizando o atendimento presencial para esses pacientes.

O RegulaSUS é fruto de uma parceria entre a Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul (SES/RS) e o TelessaúdeRS-UFRGS. Desde 2013 foram realizadas mais de 30 mil teleconsultorias entre médicos do interior do Estado e médicos consultores que integram a equipe do TelessaúdeRS-UFRGS. Milhares de pacientes conseguiram sair da lista de espera e ter seu diagnóstico confirmado ou seu tratamento iniciado. Outros milhares de pacientes tiveram o atendimento em serviço especializado agilizado. Como resultado desse trabalho, hoje, em diversas especialidades médicas, não há mais fila de espera para consulta de pacientes do interior para Porto Alegre.

O canal 0800 644 6543 está disponível para todos os médicos e enfermeiros da Atenção Primária à Saúde do Brasil. Esperamos sua ligação.

Faça o download do infográfico aqui

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

TelessaúdeRS-UFRGS é contemplado pelo edital da Secretaria de Educação a Distância (SEAD) da UFRGS

É com grande satisfação que informamos que pelo segundo ano consecutivo, o TelessaúdeRS-UFRGS é contemplado pelo edital da Secretaria de Educação a Distância (SEAD) da UFRGS.

Os Editais EaD da SEAD/UFRGS destinam-se ao desenvolvimento das ações em Educação a Distância na UFRGS, procurando abranger o maior número possível de unidades de ensino, de professores, de técnicos e de alunos, através das linhas de ação que financia.

No ano de 2016 o projeto aceito foi “Impacto de um curso de EAD em Estomatologia na capacitação de estudantes de graduação em Odontologia”, organizado pelo coordenador do telediagnóstico em estomatologia, EstomatoNet, Vinícius Carrard. Neste ano o estudo aprovado foi “Produção de um Objeto Virtual de Aprendizagem (OVA) como forma de educação complementar para estudantes de nutrição da UFRGS, organizado pela equipe de Teleducação e Coordenado pelo Roberto Umpierre, vice-coordenador do TelessaúdeRS-UFRGS.

A Secretaria disponibilizará recursos para a contratação de um bolsista, com carga horária de 20h, para atuar no TelessaúdeRS-UFRGS durante 1 ano.

Confira o edital aqui 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Processo seletivo aberto para bolsista

O TelessaúdeRS-UFRGS está com processo seletivo aberto para bolsista na Equipe de Regulação e Teleconsultoria. O candidato deve estar com graduação em andamento preferencialmente na UFRGS.

Entre as atividades a serem desempenhadas estão o atendimento e contato por telefone com público externo, atualização e realização de transcrição de dados em planilhas e plataformas. Necessário conhecimento do pacote Office. Os interessados deverão preencher o Requerimento de Inscrição disponível no site do TelessaúdeRS-UFRGS e enviar para o e-mail selecao@telessauders.ufrgs.br até dia 23/03/2017. Os candidatos selecionados terão as entrevistas marcadas por telefone.

Confira aqui o requerimento de inscrição e o edital completo da vaga para Equipe de Regulação e Teleconsultoria

Para mais informações – 51 3308-2160/3333-7025 (08h30min às 12h e das 14h às 17h)

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Canal 0800 644 6543 completa quatro anos de funcionamento

Nesse mês de março, o serviço 0800 644 6543, canal de consultorias clínicas, completa 4 anos de funcionamento. Neste período foram realizadas mais de 50.000 teleconsultorias com médicos e enfermeiros de todo o Brasil. No ano passado os municípios campeões de utilização foram:

1º Charqueadas (RS) – 46,4 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

2º Três Cachoeiras (RS) – 22,9 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

3º Marata (RS) – 20,2 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

4º São Pedro da Serra (RS) – 17,5 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

5º Santo Antonio de Goiás (GO) – 17,2 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

6º Igrejinha (RS) – 14,9 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

7º Bom Progresso (RS) – 14,6 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

8º Protásio Alves (RS) – 14,5 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

9º Bela Vista do Toldo (SC) – 14,5 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

10º Dois Irmãos (RS) – 14,3 teleconsultorias por 1000 habitantes/ano

 

Parabéns aos enfermeiros e médicos que utilizam o canal 0800, em especial ao profissionais de Charqueadas pelo 1º lugar. Diariamente são centenas de pacientes beneficiados em todo o Brasil com um atendimento ágil, efetivo, realizado no município de residência dos pacientes e baseado nas melhores evidências científicas.

Se você tem curiosidade em saber qual a posição de seu município, veja aqui os resultados do canal 0800.

Se você quer saber mais para que serve o canal 0800 e como você pode utilizar, acesse nosso site, ou assista esse vídeo montado por nossa equipe.

 

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Dia Internacional da Mulher – 8 de março

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março,  é marcado por diversas homenagens. O TelessaúdeRS-UFRGS, durante o mês de março, irá homenagear mulheres que, juntas, constroem a Atenção Primária à Saúde (APS) e o TelessaúdeRS-UFRGS. Para iniciar essas homenagens, começamos pela Professora Barbara Starfield que é inspiração para nosso Núcleo.

Barbara Starfield nasceu em Nova Iorque em 1932. Foi pediatra, mestre em saúde pública e uma das principais pesquisadoras da Atenção Primária à Saúde, estimulando e impulsionando o desenvolvimento da APS internacionalmente. Ressaltou, durante toda a sua trajetória, a importância da APS na organização de sistemas de saúde, reduzindo custos, humanizando o atendimento e levando o serviço para mais perto do cidadão. A professora Barbara Starfield é exemplo de mulher e inspiração para o TelessaúdeRS-UFRGS.

Hoje é dia da Barbara e de todas as mulheres.

Hoje é dia de relembrar, repensar e discutir o papel delas na sociedade.

Feliz dia a todas!

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Nova ação do TelessaúdeRS-UFRGS: Simplifica e-SUS

O TelessaúdeRS-UFRGS está lançando mais uma ação, o Simplifica e-SUS. A ideia é abordar as principais dúvidas e situações do uso do e-SUS AB, além de dicas sobre o programa, por meio de vídeos curtos, rápidos e descontraídos.

Segundo Bruno Tavares, integrante da equipe de suporte ao e-SUS do TelessaúdeRS-UFRGS, a ideia de “Simplificar” surgiu com a necessidade de ajudar os profissionais da Atenção Básica, de uma forma descontraída e ao mesmo tempo direta, sobre o uso do Sistema e-SUS AB, com base nas principais dúvidas e questões que surgem diariamente.

A Equipe responsável pelo suporte ao prontuário no Estado do Rio Grande do Sul, atende diariamente inúmeras teleconsultorias sobre o e-SUS.  Os vídeos serão disponibilizados no canal do Youtube do TelessaúdeRS-UFRGS clique aqui 

Acesse e confira o primeiro vídeo: https://youtu.be/-zT-Byo_3sU

Curta, compartilhe e simplifique!

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

100 mil acessos na tabela vacinal

A tabela vacinal produzida pelo TelessaúdeRS-UFRGS, versão 2017, teve recorde de acessos: mais de 100mil! Na tabela é possível verificar o período e as recomendações para administração de cada vacina, de acordo com o calendário nacional de vacinação – Ministério da Saúde (MS).

O download do arquivo pode ser feito gratuitamente pelo site. Sua utilização permitirá aos profissionais mais um meio de agilizar seu atendimento e fornecer informações precisas e importantes aos pacientes. Esta tabela está de acordo com as predefinições do Programa Nacional de Imunizações – MS.

Fique atento, frequentemente a tabela vacinal é atualizada. Não deixe de entrar no nosso site e conferir esse e outros materiais para auxiliar os profissionais de saúde da Atenção Primária à Saúde.

Para fazer o download, acesse: https://goo.gl/Zj1PeX

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos: