Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade publica artigo sobre telessaúde

20190228

A apresentação da telessaúde “como ferramenta organizativa, capaz de suavizar o triângulo de ferro da atenção à saúde e de facilitar a busca pelo triple aim, pelo seu potencial de aumento do acesso e qualidade com redução de custo” é a ideia central do artigo “Telessaúde como eixo organizacional dos sistemas universais de saúde do século XXI” publicado na recente edição da Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (RBMFC).
O artigo, que tem entre os seus autores professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e integrantes do TelessaúdeRS-UFRGS, propõem uma nova sistematização acerca da organização dos sistemas de saúde. Nessa nova sistematização, a Telessaúde surge “como um metasserviço que confere densidade tecnológica à Atenção Primária à Saúde (APS) e permite que ela se torne coordenadora efetiva do cuidado, passando a organizar o fluxo de informações, pessoas e insumos”.
O que é a RBMFC?
A Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (RBMFC) é uma publicação da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, disponível em sistema de livre acesso, que tem como missão contribuir para o desenvolvimento acadêmico da Atenção Primária à Saúde no Brasil, com ênfase na Medicina de Família e Comunidade.
Você pode acessar o artigo completo clicando aqui: https://www.rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/1881

Outras Notícias

Agenda de lives – 20/05 até 24/05

4 min leitura ler mais

Agenda de lives – 13/05 até 17/05

4 min leitura ler mais

TelessaúdeRS lança primeira edição de Revista digital – Fonte

1 min leitura ler mais