Como interpretar os resultados dos testes sorológicos para toxoplasmose na gestação?

Publicado em 02/08/2017

Pergunta da Semana TelessaúdeRS/UFRGS

tabela_toxoplasmose

* Caso haja exames prévios e/ou não for a primeira gestação, considerar resultados anteriores na decisão.

**Espiramicina 500mg (1500000 UI), 2 comprimidos de 8 em 8 horas (nome comercial: Rovamicina®). Deve ser feito ecografia mensal. Se não houver alteração, manter espiramicina até o final da gestação. Se houver alteração, trocar para esquema tríplice a partir de 18 semanas.

*** Esquema tríplice: Pirimetamina 25mg, de 12 em 12h; Sulfadiazina 1500mg, 12 em 12h; Ácido Folínico 10mg ao dia; por 3 semanas, intercalando com 3 semanas de Espiramicina 500mg (1500000 UI), 2 comprimidos de 8 em 8 horas, até o parto.

 

Referências:

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. (Cadernos de Atenção Básica, 32). Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_atencao_basica_32_prenatal.pdf>. Acesso em: 26 jul. 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gestação de alto risco: manual técnico. 5. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. (Série A. Normas e Manuais Técnicos). Disponível em: < http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/gestacao_alto_risco.pdf>. Acesso em: 26 jul. 2017.

DUNCAN, B. B. et al. Medicina Ambulatorial: condutas de atenção primária baseadas em evidências. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013.

 

Teleconsultoria respondida por: Laura Ferraz,  Enfermeira e Teleconsultora do TelessaúdeRS-UFRGS, especializada em Saúde da Família pela UNIJUI, graduada em Enfermagem pela UNISC;

Gostou do Nosso Conteúdo? Compartilhe com seus contatos:

Notícias Relacionadas