Qual a recomendação sobre o uso do anti-hipertensivo Inibidor da Enzima de Conversão da Angiotensina (I-ECA) frente à epidemia de coronavírus (COVID-19)?

Não está indicada a suspensão dos medicamentos da classe IECA ou BRA para pacientes com suspeita de COVID-19, tanto assintomáticos como sintomáticos, devido ao risco comprovado da suspensão dessas medicações nos pacientes com doença cardiovascular, ao comprovado benefício dos IECA para redução de mortalidade nesses pacientes e, sobretudo, devido à falta de evidências que comprovem aumento de risco relacionado a esses medicamentos. Essa decisão está alinhada às posições das sociedades brasileira e europeia de cardiologia que publicaram pareceres sobre esta questão. Em pacientes com COVID-19 sem necessidade de internação, recomenda-se que sejam monitorados adequadamente quanto ao agravamento do quadro, a cada 48 horas, durante o período de doença. Para casos internados, sugere-se considerar o risco cardiovascular da suspensão dos fármacos versus o risco potencial de complicações da doença.

A hipótese de que essas medicações aumentem a gravidade da infecção por coronavírus foi levantada com a publicação dos estudos sobre características clínicas e desfecho de pacientes infectados com COVID-19, nos quais se verificou que entre a população de risco destacavam-se pacientes com doenças cardiovasculares e diabetes. No entanto, o uso dessas medicações não foi avaliado nesses estudos. A plausibilidade vem do fato do vírus utilizar receptor ECA2 no mecanismo de infecção e por essas medicações aumentarem a disponibilidade de ECA2 in vitro. Porém, não há evidências que demonstrem associação do uso dessas medicações com aumento de incidência ou de gravidade da doença por COVID-19, nem de que a retirada ou substituição dessas medicações melhore o prognóstico dos pacientes infectados.

Referências:

Yang X, Yu Y, Xu J, Shu H, Xia J, Liu H, et al. Clinical course and outcomes of critically ill patients with SARS-CoV-2 pneumonia in Wuhan, China: a single-centered, retrospective, observational study. Lancet Respir Med 2020 Fev 28; [citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1016/S2213- 2600(20)30079-5.

Zhou F, Yu T, Du R, Fan G, Liu Y, Liu Z, et al. Clinical course and risk factors for mortality of adult inpatients with COVID-19 in Wuhan, China: a retrospective cohort study. Lancet 2020 Mar 9; [citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1016/S0140-6736(20)30566-3.

Zhang JJ, Dong X, Cao YY, Yuan YD, Yang YB, Yan YQ, Akdis CA, et al. Clinical characteristics of 140 patients infected by SARS-CoV-2 in Wuhan, China. Allergy 2020 Fev 19; [citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1111/ all.14238.

Guan W, Ni Z, Hu Y, Liang W, Ou C, He J, et al. Clinical characteristics of coronavirus disease 2019 in China. N Engl J Med 2020 Fev 28; [atualizado em 6 Mar 2020, citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1056/NEJMoa2002032.

Fang L, Karakiulakis G, Roth M. Are patients with hypertension and diabetes mellitus at increased risk for COVID-19 infection? Lancet Respir Med. 2020 Mar 11; [citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1016/S2213-2600(20)30116-8.

Wan Y, Shang J, Graham R, Baric RS, Li F. Receptor recognition by novel coronavirus from Wuhan: an analysis based on decade-long structural studies of SARS. J Virology 2020 Jan 29; [citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1128/JVI.00127-20.

Zhou P, Yang X-L, Wang X-G, Hu B, Zhang L, Zhang W, et al. A pneumonia outbreak associated with a new coronavirus of probable bat origin. Nature 2020 Fev 3;579:270-3 [citado em 17 Mar 2020]. Doi 10.1038/s41586-020-2012-7.

Colucci WC. Overview of the management of heart failure with reduced ejection fraction in adults [Internet]. Waltham (MA): UpToDate; [atualizado em 24 Set 2019, citado em 17 Mar 2020]. Disponível em: https://www.uptodate.com/contents/overview-of-the-management-of-heart-failure-with-reduced-ejection-fraction-in-adults/print.

Hennekens CH, Lopez-Sendon J. Overview of the prevention of cardiovascular disease events in those with established disease (secondary prevention) or at high risk [Internet]. Waltham (MA): UpToDate; [atualizado em 4 Dez 2019, citado em 17 Mar 2020]. Disponível em: https://www.uptodate.com/contents/overview-of-the-prevention-of-cardiovascular-disease-events-in-those-with-established-disease-secondary-prevention-or-at-high-risk.

Simone G. Position statement of the ESC Council on hypertension on ACE-inhibitors and angiotensin receptor blockers. Europen Society of Cardiology; 2020 Mar 13 [citado em 17 Mar 2020]. Disponível em:https://www.escardio.org/Councils/Council-on-Hypertension-(CHT)/News/position-statement-of-the-esc-council-on-hypertension-on-ace-inhibitors-and-ang.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. SBC informa: nota de esclarecimento: infecção pelo Coronavírus 2019 (COVID-19). Rio de Janeiro, São Paulo; 13 Mar 2020 [citado em 17 Mar 2020]. Disponível em: http://www.cardiol.br/sbcinforma/2020/20200315-comunicado-coronavirus.html.

Li XC, Zhang J, Zhuo JL. The vasoprotective axes of the renin-angiotensin system: physiological relevance and therapeutic implications in cardiovascular, hypertensive and kidney diseases. Pharmacol Res. 2017 Nov; 125(Pt A):21-38 [citado em 17 Mar 2020]. Doi: 10.1016/j.phrs.2017.06.005.

Com dúvida clínica?

conheça nossa teleconsultoria

Essa resposta foi gerada a partir de uma da mais de 100 mil teleconsultorias realizadas por nós atráves do 0800 644 6543, canal gratuito para resolução de dúvidas de profissionais da saúde de todo o Brasil.

+ Lidas

acessar todas

Qual a aplicabilidade dos testes diagnósticos para COVID-19?