Carlos Tenius

Porto Alegre/RS, 1939

Formação:
1961–1964: Graduação em Escultura no Instituto de Belas Artes da UFRGS;
1965–1993: Professor de Escultura e Modelagem no Instituto de Artes da UFRGS; Anos 70: Curso em Engenharia de Materiais;

Trajetória:
Escultor e professor.
Carlos Tenius é um artista que, desde o início de sua formação, buscou a inovação formal e técnica (BRITES, 2012). Realizou seus estudos no Instituto de Artes da UFRGS sob a orientação do Prof. Fernando Corona, o qual o incentivou a trabalhar com o ferro, e depois tornou-se professor da mesma instituição onde deu continuidade a suas pesquisas e descobertas utilizando o aço como material expressivo. Já com “mais de cinquenta anos de solda”, como comenta Tenius, a escolha por este material tem como característica a questão da “espontaneidade do processo de criação” pois, segundo o artista, “a solda é um processo direto onde vai se realizando descobertas, nela a peça vai nascendo em minhas mãos, e também possui um resultado muito expressivo e satisfatório” (TENIUS, 2015). Escultor do aço, o artista vive em Porto Alegre e segue sua atividade em seu ateliê localizado em Viamão.

“Tenius opta pela racionalidade da beleza, privilegia a capacidade, por assim dizer, artificial do artista, consentânea com o tipo de material que utiliza, produzido pelo homem com a cumplicidade das forças físicas. Escultor do ferro, do metal, dispõe-se a partir dessa exclusão implícita, a determinadas limitações que, longe de lhe prejudicarem a obra, lhe conferem mais rigor” (TREVISAN, 1983, p. 67).

Obras:
Discus