Política

A partir daqui, de bicicleta, apenas!

Ai ai o transito tá triste, muitos engarrafamentos. Melhor ir de bicicleta!( para entender a hostilidade do transito, leia aqui)

Bom, vou falar de algo bem específico, a tranformações de nossas ruas e do nosso foco no transporte. Mas nada impede você de ler rapidinho (e depois voltar aqui 😉 ) alguns post que já temos no blog, sobre o assunto bikes e transporte. Lá de 2011 tem esse aqui!

expondo a importância da diversificação do transporte, e comentando aquele atropelamento da massa crítica, lembra? Atenção – imagens fortes

Dai você vem me dizer que não acha que tem q andar de bike para resolver o problema. Então, lê esse texto! (um pouco de lenha na fogueira)

Se você acha que bicicleta é a única solução, um pouco de criticismo sempre é bom! Aqui.

Agora que você já está introduzido no assunto, vamos ao que interessa.

Uma ideia que vou demonstrar, pode facilitar muito a vida de todos: Da prefeitura, dos carros e, principalmente, de quem anda de bike.

Ai ai, as bikes!

 

E se fechássemos ruas e as transformássemos,  para comportar apenas bicicletas. Bem, essa não é exatamente a minha ideia, ainda. Mas já foi aplicada, pelo menos.Nos Estados Unidos, por incrível que pareça, e na Europa, essa prática se tornou realidade. Por muitos motivos, é visto que o melhor para determinadas ruas, é “fecha-las”. Nesse sentido, usá-las como ciclovias e espaços para as pessoas caminharem. Com essa ideia, a segurança em usar bicicletas aumenta e mais pessoas aderem à prática.  O exemplo da Holanda é ótimo, não são estradas para bikes, mas dá para ter uma noção da qualidade.


Vish, que demais, e inclusive tem uma cidade, Groningen, que há muito tempo já é voltada para as bicicletas. No fim do post tem um documentário, rápido, sobre ela. Muito legal mesmo, assista!

O que pensei e acho que deve ser algo corrente e já deve ter sido pensando por algum técnico, é que ruas grandes sejam usadas apenas por bicicletas.Imagine não pegar transito em pleno horário de pico, é essa a ideia. Você poder escolher nao ficar no engarrafamento, fazer um exercício e poder ir até a sua casa que fica a 8 km tranquilamente, em segurança( pelo menos sem ser atropelado). Nesse conceito de “via expressa” para bikes, teriam-se duas pistas (de bicicleta) em cada faixa que era para carros. Se por exemplo temos uma avenida duplicada teríamos oito pistas para bicicletas! Nessa ideia, poderimos determinar, para ida e volta, quatro tipos de faixas, com diferentes velocidades. Começando numa em que nao se teria velocidade máxima e nas outras iria-se diminuindo o limite até uma faixa com velocidade mínima que serviria para se fazer conversões e sair da “ciclofaixa expressa”.  E se não parece uma ideia ótima para ser aplicada, ainda, te dou seis vantagens para a implantação:

1 várias faixas

Como expliquei antes, essa “rua” se constituiria de várias pistas, que fariam o fluxo ser muito mais fácil. Seria melhor do que é agora com um pedacinho de 50 cm de largura para cada sentido na ciclofaixa.

Modelo de como poderiam ser as faixas para a "ciclovia expressa"

2. custo de modificação barato

Pensando pelo lado econômico, é algo muito barato, se comparado a obras feitas para carros, ou mesmo se comparado a tentativas de diversificação do transporte. Fora que a obra para adaptação é muito rápida, as principais características a serem mudadas são as demarcações no chão e tempos de sinaleiras.

3. agilidade para pessoas que forem mais experientes

Se fosse já sabe andar de bike e quer ganhar tempo, mesmo, percorrendo as distâncias o mais rápido possível, nessa rua você pode, já que temos uma pista reservada para performance. Assim, com um pouco de planejamento, você pode fazer exercício, chegar logo no trabalho e ainda chegar, depois de um banho, claro, bem arrumado no trabalho.

Derapada de pro, com bike fixa!

4.  tranquilidade para os menos hábeis

Se por outro lado você prioriza segurança e calma. Se usar as outras pistas você pode andar sem medo de estar atrapalhando ou mesmo se ser atropelado. É uma garantia de um belo passeio e sem se esforçar tanto.

5. Maior incentivo ao uso, visto a facilidade, para andar tranquilamente

Em termos sociais, vamos ter um impacto muito grande na rotina e costumes das pessoas. As pessoas se sentirão seguras de andar nesses empreendimentos. Sob a ótica da sustentabilidade, é ótimo pois quanto mais se faz essas ruas, mais as pessoas se sentem encorajadas a, de alguma forma, usá-las.

6. Mais adaptável a nossa realidade

Não adianta, se queremos uma solução que seja feita, precisamos de algo adequando. Não conseguiremos fazer com que apliquem, logo pelo menos, infra estrutura decente para bicicletas, como caminhos específicos para bikes. Essa é a forma otimiza o espaço da melhor maneira, para o ciclista e tira o principal: A tensão entre motoristas e ciclistas, gerada no uso simultâneo das faixas por ambos, na nossa situação atual.

 

Não quero convencer você de que a bicicleta é a solução para todos os problemas de transporte que temos, mas sim convencer que ela faz parte dessa solução. Que a bicicleta tem lugar, sim, na nossa rotina e que como um transporte que te leve até o ônibus, que te leve do ônibus ao trem e, até, do seu carro a um outro destino próximo, ela tem função e muita. Acho que essa idea que expus tem que ser levada em consideração, não como algo que obrigatoriamente, tem que ser implantado agora, mas como que para isso acontecer é só questão de tempo. Por isso, abram caminhos para as “bicis”, vamos facilitar nossas vidas!

 

Deixe sua opinião nos comentário!

A bike te serviria para ir até o trabalho?

Vamos por essa ideia em prática?!

Tchau, vou dar um role de "bici" ;)

Tchau! Fique com esse documentário sobre Groningen. Com legendas em português. Bom pacas!

 

Posts referenciados:

https://www.ufrgs.br/vies/esportes/ciclovias-para-as-bicicletas/

https://www.ufrgs.br/vies/vies/e-o-transporte/

https://www.ufrgs.br/vies/vies/mackinac-island-carros-proibidos/ (essa fonte vale a pena ler, que cidade legal!)

Fontes:

Gifs:

Huffington Post

Correio do Povo

Tumblr

Imagens:

destaque: http://bikepgh.org/2014/02/24/from-car-traffic-to-people-traffic-this-pittsburgh-street-receives-a-road-shift/

Simulação da rua: Google maps modificado no paint

Tags: , , , , , ,

1 comentário

  1. Cara, que baita ideia! Nunca tinha pensado nisso de várias vias e velocidades diferentes haha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*