A tal da Lei Seca

“Se beber não dirija.” Sempre vou defender a idéia de que o certo deveria ser nada mais, nada menos do que “Se ficar BÊBADO, não dirija”. Uma cervejinha com os amigos não mata ninguém.