Comunicação / Viés

A História do Lilinho: por que não contar a verdade?

Foi ao ar, agora em outubro, um novo filme da Panvel Farmácias. Baseado em uma crônica de José Pedro Goulart, o vídeo produzido pelo mesmo conta uma história em que pais interferem na lógica da vida para poupar a filha pequena de um desapontamento – a morte do animal de estimação. O texto, bem escrito, é narrado pelo ator Leonardo Machado, que interpreta o pai. Ele conta a atitude da mãe (Nina Moraes) de substituir o peixe que morreu, o Lilinho, por outro quase igual. E, assim, fazer com que a menina (Amábile Comandolli) não sofra.

O vídeo tem emoção, belas imagens e boa edição. Contudo, a mensagem parece distorcida. Ou, pelo menos, ambígua. Se por um lado mostra que pais fazem de tudo por seus filhos, por outro deixa a entender que pais tiraram deles as chances de amadurecimento. Poupar a garota da morte do peixe não é fazer com que ela perca uma oportunidade de se preparar para a vida? Na infância – e principalmente nela –, incorporamos os valores e muitos hábitos que levamos para sempre. O garoto mimado de 10 anos provavelmente será o profissional que não saberá lidar com críticas. A menina criada como boneca de porcelana se tornará a mulher que não conseguirá tomar decisões sozinha. Reprodução

Ter de lidar com as frustrações desde cedo nos fortalece. A morte do peixe pode ser uma prévia do que a menina encontrará nos anos seguintes. Mais tarde, pode ser a perda dos avós ou a frustração de não passar no vestibular. Em todas as fases, da infância à velhice, é preciso encarar desafios e aprender com as derrotas. São elas que nos dão condições de vencer as batalhas a que somos submetidos.

“Crianças, aliás, não deveriam saber de nada ruim”. Esta é uma das últimas frases do vídeo. Infelizmente, crianças precisam saber de coisas ruins. E, infelizmente, os adultos precisam aprender a contar coisas ruins. Mesmo que sejam pais.

Tags: , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*