Ciência e Tecnologia / Comunicação / Consumo / Variedades / Viés

‘Celebrificação’ na web

Post feito por: Fernanda Chiodi de Castilho e Thays Cruz

 

Encontramos virais na internet todos os dias, e de súbito, pessoas que nem sabíamos que existiam viram ícones da nova cultura pop da web.

Há algum tempo, tivemos a oportunidade de assistir a banca de defesa de uma dissertação sobre “O processo de celebrificação  na Internet“, como case, o assunto tinha a figura de Sthefany do Cross Fox. Você deve se perguntar:

– O que Sthefany tem de acadêmico, e o por que de alguém se importar em pesquisar sua ascensão no ciberespaço?

A comunicação é tão abrangente que estuda até mesmo esses casos que você pode achar simplório, ou fora do contexto científico. A grande sacada da pesquisa, Susan Liesenberg, autora do trabalho, esclareceu no começo da banca: esse fenômeno de celebrificação – onde a pessoa possui status social, e fica famosa, no caso na internet – é tão complexo, e têm tanto de comunicacional no processo em que acontece que seria negligência não abordá-lo.

Grande viral da internet: "Sou foda"

Um grande fator que alavancou o aparecimento das webs celebridades foi a descentralização das mídias. Agora, todos podem produzir conteúdo, postá-los na internet e talvez ficar famoso por causa da sua performance. No entanto, não é qualquer um que fica famoso por fazer alguma coisa aos olhos da web, é esse desempenho atrás da tela que possibilita o estrelato digital. Se não houver interesse do público no conteúdo divulgado pela pessoa ela continua reles mortal.

Outra hipótese do sucesso desses novos ídolos é a demanda desse tipo de entretenimento. As pessoas ficam um tempão na frente dos seus PCs procurando conteúdo que seja engraçado, trash , novas músicas de interesse, os mais variados temas possíveis. É uma espécie de cultura de nicho, que cada vez cresce mais e proporciona visibilidade aos renomes do ciberespaço.

Também podemos creditar a fama desses personagens porque elas transmitem uma identificação com os outros normais. Quem vê os vídeos de alguém que hoje é reconhecido por isso, sente um sentimento que também pode ser ilustre. São pessoas que são comuns, com classes sociais mais diversas que representam um núcleo ,que pode ou não ter talento, que ficou conhecido pela internet. Como ele, vários podem também, pelos mesmos motivos.

A mídia de massa, cada vez mais se rendeu a temática da web, ela é coadjuvante da internet. Hoje eles pautam o que “bomba” na rede, trazem mais audiência para os novos pops, mas não passam de atrasados no quesito de divulgação de virais.

Veja o vídeo no link da imagem: "E o pintinho piu"

Apesar dessas ‘celebridades da web’ serem amados por uns, a crítica que recebem por outros é bem grande, como a própria Susan explicou, eles são achincalhados. Sthefany é só um exemplo daqueles que só querem um lugarzinho no hall da fama, mas acabam sofrendo muito pelo bullyng virtual. Capaz até de ser daqueles que também queriam fazer tanto sucesso quanto as estrelas da Web.

 

fontes das imagens:

http://fe.epaentretenimento.com/wp-content/uploads/2011/05/soufoda-Na-internet-voc%C3%AA-pode-ser-o-que-quiser-Eu-sou-foda.jpg

http://www.branoticias.com.br/uploads/Stefhany%20Crossfox-volta-sucesso-internet.jpg

http://4.bp.blogspot.com/-XGD4VU8eKyk/TrLQCS7AWEI/AAAAAAAAAlQ/RcBNYqXG5VM/s320/dheymerson+pintinho.bmp

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*