Ciência e Tecnologia / Viés

Entre cafés e videogames

Lá pela metade dos anos 90 e até o começo dos 2000, as revistas especializadas eram a salvação dos gamers que buscavam novidades e opiniões sobre jogos eletrônicos. A internet, por não ser tão difundida e depender das saudosas (?) conexões discadas, ainda engatinhava nesse assunto. O jeito era recorrer a títulos como Revista CD-ROM (ultrapassada até na mídia escolhida para o nome) e Gamers. Com o passar do tempo, esse cenário mudou. Sinal disso é a morte da revista oficial do PlayStation, que circulava há mais de 15 anos e terá seu último número em dezembro.

Se as publicações perdem força, o contrário acontece na internet. Há um número gigantesco de portais, blogs e canais destinados e feitos por gamers. O difícil é saber se diferenciar no meio deles. Dois caras têm se saído bem nisso: é o 2 Players and Coffee, que, através do seu canal no YouTube traz vídeos de análises de jogos, novos lançamentos, dicas e notícias. Tudo com algumas xícaras de café e bom-humor.

Divugação

O destaque do 2 Players and Coffee é justamente algo que as revistas não tinham como fazer: mostrar os jogos em vídeo. Por mais que os textos fossem detalhados e informativos, não havia como demonstrar a jogabilidade e os gráficos dos games da mesma forma que o vídeo faz. E os irmãos Eduardo e Tobias – os 2 Players – , usam o formato de vlog para analisar jogos de um jeito bem interessante: de jogador pra jogador. Se os blogs podem ser considerados como os zines atualizados para os tempos da internet, o 2 Players faz isso com o velho boca-a-boca. Já não é necessário visitar o vizinho que conseguiu a fita do mais novo jogo, só é preciso acessar o YouTube.

A interação entre os irmãos e o público, no entanto, ainda  se resume a curtidas e compartilhamentos, a retuítes e comentários no YouTube e Facebook. Apesar disso, o 2 Players and Coffee traz uma interessante forma dos gamers informarem-se. Unindo dois vícios, café e videogame, o 2 Players mostra-se um dos mais promissores canais sobre jogos eletrônicos.

Tags: , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*