Política / Viés

Escolta Policial: Segurança ou chamariz?

 

Estava eu caminhando nas ruas do centro de Porto Alegre, terminando o turno de trabalho, me deslocando até a faculdade, quando uma cena já conhecida se repetiu: Sirenes e mais sirenes anunciavam o comboio de motocicletas dos Batedores da Polícia que escoltavam alguém para algum lugar. É, eu não soube mesmo nem quem era e nem para onde ia, mas vi que foi necessário parar todo o trânsito da Avenida Borges de Medeiros para que a comitiva passasse tranquila. Todas as pessoas que passavam por ali no momento, mesmo que não tivessem a menor idéia do que estava acontecendo, perceberam que alguma pessoa importante estava sendo escoltada, tamanho o alarde que foi feito.

Escolta de um criminoso que estava sendo transferido para um Presídio de Segurança Máxima (Fonte: UOL)

Sabemos que há pessoas mal-intencionadas que colocariam o tal indivíduo intocável em risco ou que tentariam resgatar um preso que esteja sendo transportado. Mesmo assim ainda não consigo entender como os especialistas no assunto podem considerar mais seguro avisar D’us e o mundo que o cara está passando ao invés de, discretamente, transportar o sujeito em um carro comum (pode até ter película nos vidros), como se fosse um cidadão comum, entre os cidadãos comuns, sem destaque, sem visibilidade, e ao mesmo tempo sem riscos. Se eu fosse um desses mal-intencionados, provavelmente esperaria a escolta passar, localizaria o alvo e agiria! E jamais saberia onde está o alvo se não tivessem sirenes indicando sua localização! É só não divulgar informações sobre o translado! Até eu seu disso!

Deixando o fator segurança de lado, vamos falar um pouco do furdunço que essa gente faz com o trânsito da cidade em função dessa futilidade toda. Assiste a esse vídeo da escolta das candidatas à Miss Rio Grande do Sul de 2010 e acompanha meu raciocínio: Por que os caras tem que trancar o trânsito de TODAS as ruas do centro da cidade em um dia de chuva só para passarem 2 ônibus cheios de mulheres bonitas? Se fosse um caminhão dos bombeiros e o trânsito se transformasse numa platéia para aplaudir as Misses que desfilam acenando, seria mais aceitável, mas ainda, patético. Por que as pessoas que estão trabalhando, com pressa, precisam ficar paradas no trânsito enquanto passa a boiada?

Só consigo aceitar que essa palhaçada toda é para mostrar serviço e gerar comentários. Por um mundo com mais segurança de verdade e menos pseudo-segurança de fachada!

Tags: , , ,

1 comentário

  1. lindsey merilin says:

    AMEI o post. Parabéns!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*