Viés

A melhor bebida, O Café!

Se você se interessar mais por café aqui no viés tem um outro post sobre café!

Se você se interessou demais ou já é fã, olha esse post sobre canecas super diferentes!

Mas se você não vai gostar de café, não adianta, lê esse post do chá, tá muito completo!

Ahhh o café

Aperta play na música inspirada no café e que vai te deixar no clima do café!

 

O café para mim serve como relaxante, sempre que tomo é porque preciso de um distanciamento do que estou fazendo, uma mudança de perspectiva. O café, é bem-vindo quando quero desfrutar de algum momento, com pessoas especiais, quando os sabores refinados da bebida iluminam e delineiam os detalhes das situações mais peculiares. Um tanto também, pois, na maioria das vezes que tomo, eu mesmo faço e faço com gosto, com amor.

Gosto, sempre que faço, de ser metódico, de desfrutar do próprio momento de fazê-lo.Enfim, o café, tem também a função de me ajudar a me concentrar (sou um tanto disperso), foi assim que comecei a tomar café. Meus pais e minha irmã já tomavam café e sempre tomaram, eu achava horrível. Mas comecei a pensar em experimentar, para ter certeza. Comecei, criança, à experimentar, o que minha irmã sempre toma, o café com leite. Achei ruim, que gosto mas insosso, desisti por um tempo. Mas ai, sempre fomos a cafés e a livrarias com cafés, comecei a criar um fascínio pelas máquinas de expresso, que genialidade! Mas não era o suficiente, apesar de ter experimentado e dessa vez ter achado interessante, mas só para os fortes, bem bem amargo. Até que no terceiro ano do colégio, um ano agitado, em que fiz cursinho, fissurei o tornozelo e recebi um alemão, pelo intercâmbio, em casa, precisei recorrer a esse venerado estimulante.

Pensei que se era para começar que começasse com o melhor: O expresso. Nessa façanha de me acostumar com o gosto, tive um aliado, o açúcar. Esse ingrediente era corriqueiro na mistura negra que eu tomava, hoje já estou quase o aposentando, pois suprime tantas características do café que até sinto pena. Enfim, comecei por necessidade, mas tornei isso num hábito interessante, pois como um enólogo, comecei a prestar atenção as notas e aromas que o café tinha e isso me instigou a continuar minhas descobertas sobre essa clássica e elegante bebida.

Pensando nisso, trouxe algumas informações sobre os sabores que foram encontrados e catalogados sobre o café. Muitos, que tomam, sabem o gosto característico, mas poucos tentam e/ou conseguem, perceber outras notas. É preciso perseverança em continuar explorando esses sabores, mas claro que tomar ótimos cafés, uma vez que outra, pode ajudar muito. Então para fazer o cafézinho que você for tomar, aquele que vai te custar meio salário, render, trago uma ¨roda¨ de sabores e aromas encontrados. Com essa roda em mãos. você pode seguir sua viagem por esse mundo tão rico tendo um mapa que o guiará, pela sinestesia sensorial e papilo-gustativa que o momento do ¨cafezinho¨ tem o potencial de ser.

Eu, particularmente, acho melhores os sabores amargos e os sabores doces, combinados criam a essência do café. Sobre os aromas, os que mais sinto e gosto são os caramelizados, eles que dão aquela sensação reconfortante característica do café. Acho que o melhor jeito de saber é provar e perceber, aproveitar os sabores.  Se você aprecia café, comente o que acha melhor nos sabores e aromas.

Para você que está indeciso em começar a tomar ou continuar tomando, trago algumas informações sobre benefícios e malefícios de tomar café. Para começar, o café estimula o sistema nervoso central, mantém a atenção e o humor, ajuda na respiração e na digestão e atenua a sensação de fome. Ele ainda contém também substâncias antioxidantes, que contribuem para eliminar os radicais livres.  Para os malefícios trouxe um excerto desse site aqui.

“Já existem estudos que apontam o café como um coadjuvante a ser utilizado com sucesso no tratamento de alcoolismo, bronquite asmática, obesidade e ainda como diurético devido à presença e à ação da cafeína – substância estimulante, que pertence ao grupo dos compostos das tri-metil-xantina – e, também, à presença e ação dos ácidos clorogênicos.

Entre as conseqüências da ‘overdose’ de café, Hilda destaca taquicardia, agravamento das lesões no aparelho digestivo (aftas, gastrite), piora dos sintomas das doenças intestinais, como os da doença de Crohn (constipação, disenteria e aparecimento de pólipos) e, o mais comum, a dificuldade para dormir.

Para desfrutar da bebida com prazer e sem ter complicações, alerta a especialista, o ideal é não ultrapassar o limite de 150 ml a 200 ml de café ao dia, distribuídos em três porções: uma de manhã e as outras duas ou três no início e até o final da tarde, dando um espaço de tempo de ao menos uma hora entre uma tomada e outra. “Basta ter bom senso e procurar não ingerir toda a quantidade permitida de uma só vez. Além disso, pessoas com problemas de sono devem tomar a última dose até às 17h”, recomenda a professora.” Hilda Barros, professora do Instituto de Nutrição da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Feito o balanço, eu continuo do lado do café, principalmente, se o consumo é consciente e responsável, sabendo o que acarreta o abuso da substância. hehe

Segue um vídeo bem legal sobre as formas que se pode servir diferentes versões que levam expresso!

Então se você gosta de café continue assim, se você não toma ainda, que tal um café? Eu vou ir tomar mais um, quem vai? Coloque nos comentários.

 

 

 

 

 

 

Fontes:

http://mulher.uol.com.br/casa-e-decoracao/noticias/redacao/2012/11/27/para-cada-cafeteira-um-perfil-de-consumidor-conheca-as-diferencas-das-maquinas-de-cafe-e-escolha-a-sua.htm

http://www.mexidodeideias.com.br/index.php/curiosidades/5431/

http://www.illy.com/wps/wcm/connect/pt/coffee/beneficios-cafe

http://revistavivasaude.uol.com.br/saude-nutricao/62/artigo91569-1.asp/

http://www.unimedrio.com.br/CalandraRedirect/?temp=6&proj=NovaInternet&pub=T&nome=SuaSaudeMateria&docid=D358D424A1CCB0BA8325745C0063E8B0&nivel=Para%20toda%20Familia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*