Cinema / Cultura / Música / Viés

O Rock vai ao Cinema

A cena de filmes musicais em 2011 vai muito além de Justin Bieber: o mês de abril conta com a história do Kings of Leon registrada em Talihina Sky, documentário que mostra a trajetória dos norte-americanos desde a origem simples até o sucesso que os levou aos palcos do mundo inteiro. Já Back and Forth, do Foo Fighters, estreou nos Estados Unidos no dia 5 de abril, passando pelos 16 anos da banda. Ao contrário da “peça publicitária” criada em Never Say Never – afinal, o filme tem muito mais a intenção de promover o ícone pop do que realmente relatar qualquer tipo de “batalha” para a sua ascensão – Talihina Sky e Back and Forth têm muita história pra contar.

Integrantes da banda Kings of Leon

Kings of Leon: Caleb Followill (guitarra e vocal), Jared Followill (baixo), Nathan Followill (bateria) e Matthew Followill (guitarra).

Talihina Sky: The Story of Kings of Leon é uma mistura de vida pessoal, brigas, família e a música dos Followill. Com a direção de Stephen Mitchell, a origem simples dos roqueiros de Nashville e a infância marcada pelo forte clima religioso imposto pelo pai, sacerdote da Igreja Evangélica Pentecostal, é relatada a partir de entrevistas com amigos, familiares e os próprios membros da banda, além de imagens de arquivos pessoais.

Para quem não conhece, o Kings of Leon surgiu nos anos 2000 como uma “banda caipira americana”, com algumas influência de country, mas que conquistou até os fãs que não gostavam muito do estilo. Seu primeiro álbum, Youth and Young Manhood, lançado em 2003 com os sucessos Molly’s Chambers, California Waiting e Wasted Time, foi apreciado pela crítica como o melhor álbum de estréia dos últimos 10 anos. Fugindo um pouco do southern rock, Only by the Night, lançado em 2008, traz os hits Use Somebody Sex on Fire e mostra a evolução da banda e a aproximação para algo como o grunge e o indie. O quarto álbum refletiu o sucesso ao ultrapassar 6 milhões de discos vendidos – o que não é fácil em um mercado voltado cada vez mais para os downloads e para pirataria. Há quem diga que a fonte “secou”, e o Come Around Sundown, quinto álbum, lançado em 2010 deixou a desejar. A tentativa de mesclar as duas fases da banda gerou um trabalho de pouca repercussão, apesar da vontade de mostrar que a ideia era não ficar estacionado em uma única fórmula que deu certo.

Voltando ao filme, conforme o diretor Mitchell a produção audiovisual trará uma “visão fascinante para os fãs e os que não são fãs sobre a banda que nunca irá se esquecer de suas raízes musicais e de sua educação Pentecostal rígida“. O filme será exibido em uma versão ainda inacabada no Festival de TriBeCa, que acontece do dia 20 de abril a 1º de maio em Nova York. No trailer em inglês trazido logo abaixo é possível identificar a predominante presença da religião durante a infância e o atual estilo de vida “desregrado” dos músicos.

Comemorando 16 anos de carreira, os Foo Fighters lançaram um documentário sobre o percurso da banda, passando desde as demos gravadas por Dave Grohl enquanto ainda era baterista do Nirvana até as cenas dos bastidores da gravação do novo álbum Wasting Light, que será lançado no dia 12 de abril deste ano.

Integrantes da banda Foo Fighters

Foo Fighters: Dave Grohl (vocal/guitarra), Nate Mendel (baixo), Taylor Hawkins (bateria) e Chris Shiflett (guitarra).

Foo Fighters: Back and Forth tem direção de James Moll e traz cenas fortes, incluindo uma overdose que quase matou o baterista da banda Taylor Hawkins em 2001, e o show para mais de 90 mil pessoas realizado no estádio Wembley, em Londres, considerado pelos integrantes do grupo como “o melhor de suas vidas”. Dave Grohl, vocalista da banda, afirma que várias cenas foram difíceis de assistir: “‘Vai haver alguma coisa no filme que vai nos deixar incrivelmente desconfortáveis. Acho que isso significa que estamos contando uma história verdadeira.”

Muito mais do que “a banda do ex-baterista do Nirvana” os Foo Fighters agradam tanto aos roqueiros das antigas quanto aos mais jovens, através de seu som pesado com pegadas pop e com muito humor em seus clipes. Somando sete álbuns ao longo da carreira, três ganharam o Grammy de “melhor álbum de rock do ano”, e vários singles emplacaram nas paradas mundiais, incluindo This Is a Call, Everlong, Learn to Fly, All My Life, Times Like These, Best of You, My Hero e The Pretender.

No trailer em inglês abaixo Dave Grohl explica como surgiu a ideia de criar a banda, como não quis associar o seu nome para que os Foo Fighters não crescessem à luz do “Nirvana”, e como chegaram aos 16 anos de sucesso.

Tags: , , ,

2 comentários

  1. I’ve been surfing on-line more than three hours these days, yet I never discovered any fascinating article like yours. It is lovely value sufficient for me. In my opinion, if all website owners and bloggers made excellent content as you probably did, the web can be much more useful than ever before. “When the heart speaks, the mind finds it indecent to object.” by Milan Kundera. ,http://www.kurumi-japanese.com/rss/5.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*