DESIGN VIRTUAL NA RECONSTRUÇÃO AURICULAR COM MATERIAL AUTÓGENO

Neste trabalho, foram empregadas as tecnologias computacionais utilizadas no Design Virtual para auxiliar o planejamento cirúrgico, utilizando digitalização tridimensional e a fabricação digital para aprimorar o resultado da técnica de reconstrução auricular. As cirurgias de reconstrução parcial ou total de orelha são um desafio na medicina, exigindo técnicas complexas e qualificadas, sendo as mais utilizadas àquelas que fazem uso de material autógeno (cartilagem da costela do próprio paciente). Trata-se de um processo artesanal em que o cirurgião deve esculpir manualmente a cartilagem para formar o modelo tridimensional da orelha, denominado framework, dessa forma, o resultado final depende, principalmente, da habilidade do cirurgião plástico. A metodologia proposta utiliza a digitalização tridimensional do paciente e, assim, são projetados templates cirúrgicos para auxiliar a modelagem e o posicionamento do framework no paciente. Os templates foram aplicados, primeiramente, em uma cirurgia piloto e, após algumas melhorias no processo, os templates foram aplicados em 3 cirurgias de reconstrução auricular.