Composição oftálmica para tratamento de ceratite

Panorama tecnológico
A busca por novos fármacos e ferramentas para o tratamento de doenças constitui um desafio constante no âmbito farmacêutico. Atualmente, a terapia genética ocupa um local de destaque entre as modalidades mais promissoras. A possibilidade de induzir a expressão de uma proteína (inserindo um gene funcional) ou de suprimir uma expressão aberrante cria alternativas interessantes que no futuro podem revolucionar a prática clínica.
Devido as suas características particulares, a via ocular frequentemente é a primeira cujas novas tecnologias são testadas, pois o olho é um órgão relativamente isolado e imunologicamente privilegiado. O globo ocular é uma estrutura de baixa permeabilidade, possuindo uma série de barreiras denominadas genericamente barreiras hemato-oculares, que impedem a passagem de elementos sanguíneos ao interior dos tecidos. Ainda é possível destacar uma função protetora, já que a parte anterior do olho conta com barreiras específicas formadas pelo filme lacrimal e da córnea, cuja transparência é de capital importância para a manutenção da visão e, por consequência, possui uma estrutura e mecanismos bioquímicos para assegurar sua impermeabilidade. Dessa maneira encontra-se uma série de limitações para o tratamento da superfície ocular, que impõe limitações à passagem efetiva das moléculas de interesse.

Descrição da tecnologia
A presente invenção descreve uma composição para ser utilizada por via oftálmica como terapia anti-Acanthamoeba, compreendendo carreadores não-virais de tamanho nanométrico (< 1,0 micrômetro) para fins de terapia oftálmica tendo como alvo principal a ceratite causada por Acanthamoeba spp, e ainda os processos de obtenção de tais carreadores.

Problema resolvido
Produzir carreadores para melhorar a penetrabilidade de ácidos nucleicos para fins de redução da viabilidade do parasita e restituição da saúde ocular do paciente.

Vantagens
Os ácidos nucleicos são muito solúveis e não ultrapassam as membranas celulares sozinhos, portanto demonstramos como produzir cinco carreadores diferentes para ácidos nucleicos para fins de terapia anti-Acanthamoeba, que facilitam a penetração intracelular, protegem os ácidos nucleicos e aumentam a eficiência das plataformas de silenciamento de genoma, pois permitem que uma maior quantidade de ácidos nucleicos seja capaz de chegar ao núcleo celular. Ainda, esses carreadores são capazes de chegar na córnea através da administração ocular ou intraocular.

Aplicações
A principal aplicação da tecnologia seria no mercado farmacêutico ou médico, pois possibilita a produção de composições para administração oftálmica para diversas utilizações biomédicas.

Estágio de desenvolvimento (TRL – Technology Readiness Level)

Status da tecnologia
Pedido de patente depositado no INPI.

Inventores
Roselena Silvestri Schuh
Giovanni Konat Zorzi
Marilise Brittes Rott
Helder Ferreira Teixeira

Visite nosso laboratório (clique no logo)

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *