Novo modelo de pele artificial para desenvolvimento de fármacos

Minimização de uso de modelos animais para ensaios farmacológicos e cosméticos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Descrição da tecnologia proposta

Estrutura de pele artificial para condução de ensaios laboratoriais

Desenvolvimento de metodologia existente com aprimoramento do sistema e inserção de novos elementos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Indústrias de aplicação                                                              Viabilidade de mercado

  •   Farmacêutica                                                 Grande leque de análises disponíveis (farmacocinética e farmacodinâmica);
  •   Cosmética                                                       Potencial de captação de recursos de fomento e investimento de risco.
  •   Biotecnológica                                              Área prioritária de políticas públicas nacionais e internacionais

 

Estágio de desenvolvimento

 

Categoria de oportunidade

  •   Serviço tecnológico
  •   P&D conjunto
  •   Geração de spin-off

 

PesquisadoresBibiana Franzen MatteMarcelo Lazzaron Lamers, Prof. Dr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *