Novo processo de produção de grafeno a partir de grafite

Panorama tecnológico

A presente invenção tem por objetivo resolver os problemas no estado da técnica de produção de grafeno a partir de grafite a partir do álcool polivinílico mPVOH.  A correta combinação de solvente e mPVOH é crucial para o sucesso do processo, devido a estreita janela no qual o processo ocorre. Caso haja diferenças entre as energias de superfície do solvente e do grafeno, o processo não tem qualquer resultado.

Descrição da tecnologia

A tecnologia descreve um processo de produção de grafeno a partir de grafite utilizando polímero adequado, que atua tanto como surfactante de matriz como para masterbatch (aditivo sólido ou líquido utilizado para colorir plásticos ou incorporar outras propriedades à resina desejada). O uso de um surfactante do tipo álcool polivinílico modificado altera a tensão superficial dos solventes e estabiliza as partículas produzidas por maiores períodos de tempo.

Problema que a tecnologia resolve

Permite produzir grafenos em grande volume e a baixo custo, favorecendo a utilização em aplicações industriais na área de compósitos poliméricos.

Vantagens

– Produtividade
– Escalabilidade
– Processo verde
– Processo rápido
– Requer menor tratamento de purificação antes da preparação de compósitos poliméricos
– Mantém a dispersão de grafeno estável após a produção durante longos períodos, permitindo movimentações e armazenamento por mais tempo.

Aplicações

Incorporação como masterbatch, em filmes e embalagens, elevando as propriedades de barreira e aumentando a conservação dos produtos perecíveis. Suas propriedades mecânicas, elétricas e ópticas superiores fazem dele um material potencial para aplicações nas próximas gerações de eletrônicos e, também, como partícula ativa para diversas indústrias.

Estágio de desenvolvimento (TRL – Technology Readiness Level)

Status da tecnologia
Pedido de patente depositado no INPI

Inventores
Douglas Alexandre Simon
Eveline Bischoff
Raquel Santos Mauler
Henri Stephan Schrekker
Marino Lavorgna
Luigi Ambrosio
Hesheng Xia

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *