Aplicação de cabos de aço na armadura de tração em dutos flexíveis empregados na indústria do petróleo

Panorama tecnológico
A exploração de óleo e gás em águas profundas e ultraprofundas no Brasil emprega, em grande parte, dutos flexíveis. São estes dutos que transportam o produto do poço à unidade de produção. A fabricação destes dutos envolve alta tecnologia, o que resulta em um número muito limitado de fornecedores e um elevado custo final. As condições de operação destes dutos são cada vez mais severas devido ao falto de à progressão da exploração de petróleo para águas cada vez mais profundas e as grandes quantidade de contaminantes corrosivos. Como resultado, pode-se afirmar que a tecnologia correntes de dutos flexíveis não responde às demandas técnicas atuais.

Descrição da tecnologia
A presente invenção se refere a um sistema que emprega cabos de aço, com ou sem capa polimérica, para garantir resistência à tração a dutos flexíveis utilizados na indústria de petróleo. Este sistema busca substituir a armadura de tração convencionalmente empregada em dutos flexíveis.

Problema resolvido
A tecnologia tem como objetivo eliminar o efeito de entalhe que compromete o desempenho em fadiga e corrosão-fadiga da armadura de tração convencional.

Aplicações
A invenção foi desenvolvida com foco na indústria de petróleo.

Vantagens
Sendo o cabo composto por vários fios, restringe-se em muito a possibilidade de uma trinca, formada a partir de um efeito superficial, ser capaz de se propagar continuamente, até a ruptura catastrófica do cabo.
Com o emprego de aço revestido por material polimérico, pode-se atenuar o processo de corrosão-fadiga, nas situações em que a capa externa do duto flexível for danificada.

Nível de maturidade da tecnologia (TRL – Technology Readiness Level)

Status e oportunidade
Patente concedida pelo INPI sob n° do pedido PI 0900091-7.

A patente pode ser encontrada na íntegra no Lume pelo link.

Inventores
Leandro Vanz de Andrade
Walter Andrey Fontana

Visite o Lab… (Clique no logo)