Compósito sustentável feito com resíduos de carvão mineral

Panorama tecnológico
No processo de mineração em uma indústria carbonífera 60% do total extraído é de rejeito, o qual é enviado para uma barragem controlada devido ao seu potencial efeito toxicológico quando exposto ao meio ambiente. Por outro lado, o consumo de polímeros tem crescido a uma taxa anual de 5%, superior a 300 milhões de toneladas/ano. Desta forma, o objetivo da invenção visa o uso de polímeros virgens e/ou reciclados na preparação de compósitos de matriz polimérica reforçados com resíduos de carvão mineral, com o intuito de mitigar os impactos ambientais gerados pelos resíduos de carvão e agregar valor ao resíduo gerado.

Descrição da tecnologia
Compósitos de matriz PEBD reciclado com resíduo de carvão mineral como reforço com frações de matriz/reforço entre 5 e 95% de peso.

Problema resolvido
O invento solucionou os impactos ambientais gerados pelo resíduo de carvão mineral, de tal forma que os custos destinados na contenção e controle dos resíduos nas barragens se tornam desnecessários.

Vantagens
-Inserção de novos materiais sustentáveis com maior resistência à tração;
-Redução no custo no tratamento dos resíduos de carvão mineral;
-Utilização de matérias primas provenientes de resíduos, diminuindo o custo do material desenvolvido;
-Fácil processamento na aplicação de novos produtos;
-Não gera resíduo no processamento e é possível o reprocessamento.

Aplicações
-Materiais de construção como telhados e tijolos;
-Dispositivos e produtos de arquitetura e design de interiores;
-Indústria carbonífera.

Estágio de desenvolvimento (TRL – Technology Readiness Level)
Status da tecnologia
Pedido de patente depositado no INPI.

Inventores
Marcelo Gryczak
Cesar Liberato Petzhold

Visite nossos laboratórios (clique no logo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *