Processo de revestimento de alumínio e alumínio revestido

Panorama tecnológico
Em termos de proteção contra corrosão de metais, têm sido testada uma grande variedade de organossilanos, sobre diferentes metais, com diferentes pré-tratamentos, com e sem aplicação de revestimento protetor posterior (pintura).

Descrição da tecnologia
A presente invenção refere-se a um material útil como revestimento de aluminio e suas ligas, a um processo para sua preparação, a um processo de revestimento de ligas de aluminio assim como a ligas de alumínio revestidas.

Problema resolvido
A tecnologia se constitui numa alternativa ambientalmente correta como pré-tratamento sobre ligas de alumínio, em substituição ao método convencional de cromagem, por não apresentar toxidez e devido a sua alta eficiência anti-corrosiva em meios agressivos.

Aplicações
Umas das possíveis aplicações para a presente tecnologia é a prevenção da corrosão do alumínio e das suas ligas quanto este é aplicado em determinadas condições sobre subestratos metálicos.

Vantagens
A inovação a que se refere a presente invenção se dá a partir da possibilidade de se obter revestimentos ambientalmente corretos com elevadas propriedades anti-corrosivas, para utilização em aluminio e suas ligas, sintetizados a partir da reação de diazonização de DABCO com haloalquilsilanos.

Nível de maturidade da tecnologia (TRL – Technology Readiness Level)

Status e oportunidade
Patente concedida pelo INPI sob n° do pedido PI 0800519-2.

A patente pode ser encontrada na íntegra no Lume pelo link.

Inventores
Denise Schermann Azambuja
Edilson Valmir Benvenutti
Leliz Ticona Arenas
Silvia Margonei Tamborim Takeuchi
Tania Maria Haas Costa

Visite o Lab… (Clique no logo)