Incubação

Incubação

Incubadoras Tecnológicas

As incubadoras oferecem condições necessárias para o desenvolvimento e a comercialização de produtos e serviços de alto valor agregado, contribuindo assim para o desenvolvimento de inovações e a melhoria da competitividade dos produtos e serviços no mercado. Incubadoras da UFRGS apoiam projetos e empreendimentos de atividades de base tecnológica nas fases de implantação, crescimento, consolidação e desvinculação, proporcionando infraestrutura necessária para o funcionamento das empresas incubadas.

A UFRGS não segue o modelo tradicional de incubadoras tecnológicas. Enquanto outras universidades brasileiras apostam no modelo centralizado, a UFRGS mantém 5 incubadoras setoriais e uma Rede de Incubadoras Tecnológicas, a Reintec.

A Incubação

É possível vincular um empreendimento a uma incubadora tecnológica de diversas formas:

Pré-Incubação: Processo de vinculação a uma incubadora através do desenvolvimento de projetos propostos por pessoas físicas ou jurídicas. Nesta fase, é desenvolvido um Plano de Negócios para criação de uma empresa e/ou desenvolvimento de produtos, processos ou serviços.

Incubação: Processo de desenvolvimento de empreendimento vinculado a uma incubadora, que utiliza os serviços oferecidos pela mesma e mantém vínculo formal para desenvolver plenamente seus projetos. A incubação permite que a empresa acesse e utilize os serviços de apoio científico e tecnológico e de suporte operacional fornecidos pela incubadora. A modalidade Incubação pode ser realizada poderá ser interna ou externa, de acordo com especificação do edital. Na modalidade interna, o empreendimento utiliza a infraestrutura física oferecida pela incubadora e na modalidade externa, o empreendimento utiliza a infraestrutura física comum oferecida pela incubadora, isto é, não ocupa espaço físico individual.

Graduação: Processo de desvinculação do empreendimento incubado que alcançou desenvolvimento suficiente para ser habilitado a sair da incubadora e se instalar no mercado. A empresa graduada pode continuar mantendo vínculo com a incubadora na condição de Empresa Associada.

Empresa Associada: Vinculação de uma empresas a uma incubadora, que pode ser de duas formas:

a) Empresa Graduada; ou

b) empresa que utiliza a infraestrutura ou os serviços oferecidos pela incubadora, mantendo vínculo formal para desenvolver plenamente seus projetos, formalizado por instrumento específico.

Conheça também a Rede de Incubadoras Tecnológicas (REINTEC) e as Incubadoras da UFRGS