Novo centro de desenvolvimento de medicamentos será criado na UFRGS

Na manhã de ontem (07/11), foi realizado o lançamento da pedra fundamental do novo Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Medicamentos (CPDIM) da UFRGS, em parceria com o Ministério da Saúde. O centro, que será construído na entrada do Campus do Vale, terá como finalidade produzir lotes-piloto para testar medicamentos, preenchendo uma lacuna importante na indústria brasileira. Será o primeiro centro de pesquisa nesse formato a ser inserido em uma universidade pública no país.

Na cerimônia de lançamento, estiveram presentes o reitor Rui Vicente Oppermann, o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Marco Antonio de Araújo Fireman, e o vice-diretor do Parque Zenit – Parque Científico e Tecnológico da UFRGS, Rafael Roesler. Também participaram do evento representantes de outras universidades, parques tecnológicos e departamentos de saúde, ciência e tecnologia, assim como autoridades representantes da Prefeitura de Porto Alegre e do Comando Militar do Sul.

Em seu pronunciamento, o reitor reforçou o esforço da universidade em buscar parcerias para pro

mover a inovação e o empreendedorismo, tendo o Zenit como ferramenta para isso. Segundo o reitor, o Zenit procura ser um espaço de interação da pesquisa básica com a sociedade. “Temos grandes expectativas com essa iniciativa, para transpor as limitações do passado e mostrar que a Universidade, além de exportar cérebros, também pode exportar conhecimento que aqui é produzido”, comentou Oppermann.

A estimativa é de que o centro, que contará com área técnica, laboratório e controle de processos, fique pronto em cerca de 180 dias. Com base nos testes realizados futuramente no CPDIM, há uma expectativa de que os resultados de pesquisas acadêmicas avancem, o que se traduz na forma de produtos que podem beneficiar a saúde da população.