Modos de Morrer


Não resposta a reanimação plena
Morte que sobrevem mesmo com um manejo agressivo em Unidade de Terapia Intensiva incluindo tentativas de reanimação plena.

Decisão de não reanimar
Também denominada de ordem de não reanimação (do-not-ressucitate order - DNR). É uma decisão prévia a ocorrência de uma parada cardiorrespiratória, devidamente discutida com toda a equipe, o paciente ou familiares, no sentido de não implantar as medidas de reanimação.

Não implantação de medidas de suporte de vida
Decisão de não implantar medidas de suporte de vida, que seriam medicamente apropriadas e potencialmente benéficas, pelo entendimento de que o paciente morrerá sem a terapêutica em questão. As medidas propostas são consideradas fúteis, por não alterarem o prognóstico do paciente.

Retirada de medidas de suporte de vida
Término ou retirada de medidas terapêuticas com a finalidade explícita de não substituir por um tratamento alternativo equivalente. Está claro que o paciente irá morrer no seguimento da alteração do processo terapêutico. Esta retirada está moralmente e tecnicamente justificada apenas quando as medidas forem consideradas fúteis.

Prendergast TJ, Claessens MT, Luce JM. A national survey of end-of-life care for critically ill patients. Am J Respir Crit Care Med 1998;158:1163-1167. (resumo MEDLINE)



Critérios para Abordagem do Processo de Retirada de Tratamento
Modos de Morrer em Unidades de Tratamento Intensivo
Morte e Morrer - Material de Apoio
Página de Abertura - Bioética

Texto incluído em 28/12/1998
(c)Goldim/1998