Sobre

Criado em 1991 na Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o Laboratório de Edição, Cultura e Design – LEAD – é um espaço dinâmico de atividades de pesquisa, ensino e extensão. Com a liderança das professoras Ana Gruszynski, Aline Strelow e Cassilda Golin Costa (Cida Golin), desenvolve projetos na área do design e produção editorial, jornalismo, cultura e história da comunicação.

Os projetos desenvolvidos no laboratório foram destaque em anos consecutivos no Salão de Iniciação Científica da UFRGS. Isto solidificou sua importância como um espaço onde alunos dos Cursos de Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Relações Públicas da FABICO podem ampliar sua formação profissional dentro dos eixos formativos fundamentais de nossa Universidade. Também evidencia o esforço de sua equipe em contribuir para o desenvolvimento da produção científica, artística, cultural, informativa e educativa vinculada ao campo da comunicação.

O LEAD está registrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do  Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) e seus projetos receberam apoio de órgãos como o CNPq, Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (FAPERGS) e das pró-reitorias de pesquisa e extensão da Universidade (Propesq e Prorext). Até 2012 denominava-se Laboratório Eletrônico de Arte & Design. Em 2007, vinculou-se ao Programa de Pós- Graduação em Comunicação (PPGCOM) e foi responsável pela edição da revista científica Em Questão entre 2005 e 2009.

Atualmente o laboratório atua na área da extensão, possui um selo editorial, promove cursos e oficinas, além de desenvolver pesquisas e projetos editoriais também vinculados ao Grupo de Pesquisa em História da Comunicação da Fabico/UFRGS. Até meados de 2020, as docentes vinculadas ao LEAD haviam orientado 10 teses (+ duas em andamento), 29 dissertações, 126 monografias de final de curso e 26 bolsistas de iniciação científica. 

O Laboratório tem sua origem no Núcleo de Informação e Design (NID) criado na década de 1980 pelos professores Flávio Vinícius Cauduro, Joaquim da Fonseca e Sérgio Roberto Alves Rosa. Em 1992, passou a ser denominado Laboratório Eletrônico de Arte & Design (LEAD) e foi responsável pela introdução do uso das tecnologias digitais para o desenvolvimento de projetos de design e comunicação. A professora Marília Levacov integrou-se ao núcleo em 1994 e passou a coordená-lo com a aposentadoria dos professores Cauduro e Fonseca. Com a aposentadoria da professora em 2003, Ana Gruszynski assumiu a atividade.