Cosméticos que minimizam efeitos negativos à saúde

Panorama tecnológico

Substâncias nocivas ao organismo, como parabenos, dioxinas e furanos, podem ser encontradas em produtos para higiene íntima feminina. Para minimizar possíveis efeitos negativos à saúde, composições à base de materiais naturais com segurança comprovada vêm sendo propostas em produtos cosméticos e de higiene. Alguns componentes de origem vegetal como as manteigas, são lipofílicos, ou seja, têm grande afinidade química com gorduras e não se associam facilmente com água; a nanotecnologia apresenta-se como uma alternativa para a veiculação dessas substâncias em meio aquoso.

Descrição da tecnologia

Produção de uma composição de nanopartículas contendo multicomponentes vegetais para aplicação em produtos de uso em higiene íntima feminina, como sabonetes líquidos e em coberturas de absorventes.

Problema resolvido

A  formulação desenvolvida minimiza possíveis efeitos negativos à saúde.

Vantagens
A formulação desenvolvida pode ser considerada um insumo intermediário passível de ser empregado em diferentes formas finais e ela é obtida de uma substância isolada a partir de produtos de origem vegetal. Técnica de produção permite escalonamento.

Aplicações
– Industria farmacêutica;
– Produtos dermatológicos;
– Industria calçadista;

Estágio de desenvolvimento (TRL – Technology Readiness Level)

Status da tecnologia
Pedido de patente depositado no INPI.

Oportunidades de parceria
Licenciamento
Parceria estratégica
Captação de recursos

Inventores
Mariana Pohlmann de Oliveira
Karina Paese
Luiza Abrahão Frank
Silvia Stanisçuaski Guterres

Visite nossos laboratórios (clique no logo)

2 Comments

  1. Renata Letícia Beaumonte

    Boa noite!

    Sou estudante do curso de administração da UNA. Este semestre estamos cursando a disciplina de GESTÃO DA INOVAÇÃO, nosso professor Igor Dias nos incentivou a pesquisar trabalhos “VITRINES TECNOLÓGICAS” e entendermos sobre o processo de tentativas de concretização do projeto, dificuldades etc…

    Eu e meu grupo gostaríamos de saber quais as dificuldades encontradas e qual é a maior barreira que vocês possuem que dificulta a concretização e inserção da ideia no mercado. Pode nos responder?

  2. Luiza

    Boa noite!
    Me chamo Luiza, estou cursando administração no 3 período no Centro Universitário UNA (Belo Horizonte). Meu professor Igor Augusto de Melo Dias, da disciplina Gestão de inovação, propôs a seguinte atividade:
    Pesquisar sobre as tecnologias expostas na vitrine tecnológica e escolher uma ou várias de interesse do grupo para buscarmos informações pertinentes à nossa matéria. Poderia nos ajudar respondendo as seguintes perguntas, por gentileza?

    Qual a principal dificuldade que vocês encontraram no desenvolvimento?
    O que levou o grupo a desenvolver a nova fórmula?
    Vocês possuem uma previsão de quando irão lançar?
    Vocês precisaram mudar o projeto alguma vez? Por qual motivo?
    Vocês acreditam que terão alguma dificuldade para implementar a nova fórmula no mercado? Se sim, qual?
    Desde já agradeço!
    Atenciosamente,
    Luiza Alvarenga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *