Produção de nanoestruturas melhoradas para terapia genética

Panorama tecnológico

Deficiências ou anomalias cromossômicas estão envolvidas na origem de várias doenças, de carácter hereditário ou não, e a medicina convencional é limitada para tratar as mesmas, utilizando-se de terapias para amenizar os sintomas. Recentemente, surgiu a terapia genética, que consiste na inserção de um gene funcional afim de corrigir uma disfunção celular ou promover novas funções a célula. Entretanto, apesar de promissora, a terapia genética enfrenta diversas limitações relacionadas à capacidade de penetração e estabilidade intracelular dos ácidos nucleicos utilizados para alcançarem o núcleo das células e editarem o genoma. Com o intuito de transpor essas dificuldades, algumas estratégias têm sido utilizadas.

Descrição da tecnologia

A tecnologia descreve a produção por homogeneização à alta pressão de cinco nanocarregadores diferentes para serem complexados com ao menos um ácido nucleico feitos a partir de biomaterias biocompatíveis, biodegradáveis e bioabsorvíveis.

Vantagens

– Nanocarregadores mais seguros e estáveis;

– Possibilidade de escalonamento de produção para a indústria;

– Maior facilidade de penetrar membrana celular.

Aplicações

– Maior eficiência em plataformas utilizadas para edição de genomas em terapias genéticas;

– Indústria farmacêutica/médica.

Estágio de desenvolvimento (TRL – Technology Readiness Level)

Status da tecnologia
Pedido de patente depositado no INPI.

Oportunidades de parceria
Licenciamento
Parceria estratégica
Captação de recursos

Inventores
Roselena Silvestri Schuh
Helder Ferreira Teixeira
Guilherme Baldo
Ursula da Silveira Matte
Talita Giacomet de Carvalho
Visite nossos laboratórios (clique no logo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *