Está aberta a seleção de estagiários do AMLEF2022!!!

Par­ti­cipe da nossa equipe, realize pes­quisa muse­o­ló­gica, desen­volva mate­rial de divul­ga­ção cien­tí­fica, monte uma expo­si­ção e tenha contato com o público. Nos ajude a levar conhe­ci­mento e ciência de qua­li­dade para a comu­ni­dade! Acesse este link para mais informações!


Em 2021, publi­ca­mos o nosso Manual de Explo­ra­ção Espa­cial, é claro que há muito mais a ser explo­rado, mas isso é matéria para o futuro. Em breve, teremos novi­da­des: novas publi­ca­ções e expo­si­ções estão a caminho, assim como atu­a­li­za­ções do Acervo AMLEF e do nosso Glos­sá­rio. Enquanto isso não chega, visite a última expo­si­ção e não perca nada do que foi publi­cado. Aqui dei­xa­mos apenas um teaser do que foi apre­sen­tado, nas pala­vras do grande divul­ga­dor cien­tí­fico do final do século passado, Carl Sagan:

Olhem de novo esse ponto. É aqui, é a nossa casa, somos nós. Nele, todos a quem ama, todos a quem conhece, qual­quer um sobre quem você ouviu falar, cada ser humano que já existiu, viveram as suas vidas. O con­junto da nossa alegria e nosso sofri­mento, milha­res de reli­giões, ide­o­lo­gias e dou­tri­nas econô­mi­cas con­fi­an­tes, cada caçador e coletor, cada herói e covarde, cada criador e des­trui­dor da civi­li­za­ção, cada rei e cam­po­nês, cada jovem casal de namo­ra­dos, cada mãe e pai, criança cheia de espe­rança, inven­tor e explo­ra­dor, cada pro­fes­sor de ética, cada polí­tico cor­rupto, cada “supe­res­trela”, cada “líder supremo”, cada santo e pecador na his­tó­ria da nossa espécie viveu ali — em um grão de pó sus­penso num raio de sol.

A Terra é um cenário muito pequeno numa vasta arena cósmica. Pense nos rios de sangue der­ra­ma­dos por todos aqueles gene­rais e impe­ra­do­res, para que, na sua glória e triunfo, pudes­sem ser senho­res momen­tâ­neos de uma fração de um ponto. Pense nas cru­el­da­des sem fim infli­gi­das pelos mora­do­res de um canto deste pixel aos pra­ti­ca­mente indis­tin­guí­veis mora­do­res de algum outro canto, quão fre­quen­tes seus desen­ten­di­men­tos, quão ávidos de matar uns aos outros, quão vee­men­tes os seus ódios.

As nossas pos­tu­ras, a nossa suposta auto impor­tân­cia, a ilusão de termos qual­quer posição de pri­vi­lé­gio no Uni­verso, são desa­fi­a­das por este pon­ti­nho de luz pálida. O nosso planeta é um grão soli­tá­rio na imensa escu­ri­dão cósmica que nos cerca. Na nossa obs­cu­ri­dade, em toda esta vas­ti­dão, não há indí­cios de que vá chegar ajuda de outro lugar para nos salvar de nós próprios.

A Terra é o único mundo conhe­cido, até hoje, que abriga vida. Não há outro lugar, pelo menos no futuro próximo, para onde a nossa espécie possa emigrar. Visitar, sim. Assen­tar-se, ainda não. Gos­te­mos ou não, a Terra é onde temos de ficar por enquanto. Já foi dito que astro­no­mia é uma expe­ri­ên­cia de humil­dade e cri­a­dora de caráter. Não há, talvez, melhor demons­tra­ção da tola pre­sun­ção humana do que esta imagem dis­tante do nosso minús­culo mundo. Para mim, destaca a nossa res­pon­sa­bi­li­dade de sermos mais amáveis uns com os outros, e para pre­ser­var­mos e pro­te­ger­mos o “pálido ponto azul”, o único lar que conhe­ce­mos até hoje.

Carl Sagan

O AMLEF está em constante atualização!!!

Esta página está em cons­tante atu­a­li­za­ção e há muita pes­quisa a se fazer, além da edição de fotos e textos. Se você possui infor­ma­ções com refe­rên­cias bibli­o­grá­fi­cas sobre os objetos ou sobre a his­tó­ria do ensino de física, por favor entre com contato através do e‑mail amlef@if.ufrgs.br.

Agradecemos pela sua colaboração!


Destaques

Notícias