Modelo Comunitário
Autores básicos
Ezekiel Emanuel
Obra de referência
 Ezekiel J. Emanuel, The Ends of Human Life: Medical Ethics in a Liberal Polity, Cambridge (MA): Harvard University Press, 1991.

Ezekiel J. Emanuel and Linda L. Emanuel, "Four Models of the Physician-Patient Relationship," Journal of the American Medical Association, 267(16): 2221-2226, 1992.

Daniel Callahan, "Communitarian Bioethics: A Pious Hope?" The Responsive Community, 6(4): 26-33, 1996.
 

Referência histórica
A Bioética Comunitária é uma conseqüência de um movimento político e social mais amplo da sociedade norte-americana proposto pioneiramente pelos filósofos Alasdair MacIntyre, Michael Sandel e Charles Taylor.
Proposta básica
Este modelo parte do pressuposto que a sociedade norte-americana é pluralista e que poucos valores são efetivamente compartilhados.  Esta falta de compartilhamento de valores deixa poucos recursos conceituais para a discussão de problemas éticos. Os pensadores deste modelo acreditam que sem a restauração de uma hierarquia de valores e bens comuns à sociedade, os seus membros estão condenados a falarem uns com os outros, porém ser que isto se constitua em um diálogo genuíno. Eles acreditam que a forma de atingir este objetivo será a través de um diálogo social ou do fornecimento de bens e serviços, tais como cuidados de saúde em pequenas unidades inseridas nas comunidades.  Nestas instituições comunitárias, a participação dos membros poderá levar a valores compartilhados, que servirão de base para as soluções do grupo.
Crítica
A crítica que tem sido feita a este modelo é o de basear-se muito na sociedade norte-americana. Outras sociedades não tem estas mesmas caracterísitcas. A rigor não é um modelo explicativo, mas sim uma proposta de organização social baseada na noção de valores locais compartilhados. É uma busca de uma identidade moral entre os membros de uma comunidade. A filósofa Mary Warnock já havia proposto que uma sociedade só pode ser considaderada como tal quando tem valores morais compartilhados.


Modelos explicativos utilizados em Bioética
Textos - Conceitos Fundamentais
Página de Abertura - Bioética

Texto incluído em 23/09/2001
(C)Goldim/2001