Vontage Geral


vontade geral-Rousseau/Goldim

Se separar-se, pois, do pacto social aquilo que não pertence à sua essência, ver-se-á que ele se reduz aos seguintes termos:

"Cada um de nós põe em comum sua pessoa e todo seu poder sob a direção suprema da vontade geral, e recebemos, enquanto corpo, cada membro como parte indivisível do todo."

Imediatamente, esse ato de associação produz, em lugar da pessoa particular de cada contratante, um corpo moral e oletivo, composto de tantos membros quantos são os votos da assembléia, e que, por esse mesmo ato, ganha sua unidde, seu eu comum, sua vida e sua vontade.

Rousseau JJ. Do Contrato Social. Rio de Janeiro: Globo, 1962:28.


Alocação de Recursos
Material de Apoio - Textos
Página de Abertura - Bioética
©Goldim/97