Servidores do CPD estão registrando seu ponto eletrônico por meio das impressões digitais

Em meados de setembro, o CPD começou a testar a implementação de um sistema de captura de biometria para que os servidores pudessem fazer seu registro do ponto eletrônico utilizando as impressões digitais, em substituição à senha.

O primeiro piloto já evoluiu e agora está em teste a versão que poderá ser implantada em toda a Universidade, a critério da Administração Central.

O sistema funciona da mesma forma que a versão inicial porém, o servidor precisa digitar apenas o número do seu cartão UFRGS e, depois, colocar seu dedo sobre o leitor, eliminando a necessidade de digitar sua senha.

– Eu gostei da nova versão. Ela agilizou um pouco o registro do ponto, já que não é preciso perder tempo digitando a senha. Além disso, a versão com biometria dificulta a fraude, dando mais confiabilidade ao sistema. – afirmou o servidor Victor Cervo.

O cadastro das informações biométricas foi realizado pela Gerência de Recursos Humanos do CPD. Foram cadastradas as digitais do dedo indicador e polegar de ambas as mãos dos servidores.