Archive for the tag 'Clipping'

Foi aprovado hoje (17/3) projeto de lei do vereador Aldacir Oliboni (PT) que revoga restrições à concessão da meia-entrada a estudantes e jovens com até 15 anos em atividades culturais e esportivas em Porto Alegre. Pelas regras em vigor (Lei 9.989, de 5 de junho de 2006), esse direito não poderia ser usufruído nos fins de semana, quando é concedido apenas um desconto de 10% sobre o valor do ingresso.

O sentido do projeto, conforme a Exposição de Motivos apresentada pelo vereador, é garantir o fim da exclusão e a concessão da meia-entrada para todos os estudantes durante toda a semana, ou seja, fazer com que seja “um direito pleno para todos”. Oliboni lembra que a meia-entrada durante todos os dias da semana consolidou-se como direito na maioria das capitais. “Não há por que manter sua restrição justamente em nossa Capital”.

Lei:

Art. 1º Ficam revogados os incs. I e III do parágrafo único do art. 1º da Lei nº 9.989, de 5 de junho de 2006.
Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

No artigo 1° da antiga lei dizia:

Parágrafo único. Excetua-se do disposto neste artigo:
I – os espetáculos cinematográficos que ocorrerem aos sábados e domingos, dias em que será concedido desconto de 10% (dez por cento) sobre o valor efetivamente cobrado;
III – os espetáculos teatrais, musicais e de dança que ocorrerem às sextas-feiras, aos sábados ou aos domingos, dias em que será concedido desconto de 10% (dez por cento) sobre o valor efetiva-mente cobrado;
(…)

O portal G1 publicou hoje matéria sobre a proporção de jovens que trabalham, estudam, ambos ou nenhum, segundo dados da pesquisa Juventude e Políticas Sociais no Brasil divulgada pelo Instituto de Pesquisa Economica Aplicada. Comparativamente com os dados de 25 anos atrás, o número de jovens que só estudam ou trablham caiu enquanto a dos que fazem ambos teve aumento.

Em 1982, eram 27% dos jovens que só estudavam, enquanto 16% estudavam e participavam do mercado de trabalho; outros 40% só participavam do mercado de trabalho. Já em 2007, 41,3% dos jovens de 15 a 19 anos só estudavam, enquanto 25,9% estudavam e participavam do mercado de trabalho; a parcela dos que só participam do mercado de trabalho caiu a 21,6%

Veja também matéria divulgada na página do IPEA.

Com o total de 30.871 teses e dissertações em sua Biblioteca Digital, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) se tornou a primeira universidade brasileira a ter 100% dessa produção em formato eletrônico e com acesso livre pela Internet.

Desde 2004, quem quiser baixar uma cópia dos trabalhos precisa se cadastrar, o que tem permitido um controle detalhado dos acessos.“Já foram feitos  4,3 milhões de downloads. A maior média é da área de humanidades e artes, com 1,6 milhão de downloads

De acordo com o coordenador, há mais de 800 mil usuários cadastrados. O último levantamento apontou downloads por usuários de 73 países, com destaque para Espanha e Portugal.

O estudo mais acessado, intitulado O conhecimento matemático e o uso de jogos na sala de aula, da Faculdade de Educação e teve cerca de  45.000 visitas.

Mais informações: http://libdigi.unicamp.br

Matéria relevante para atuários e para quem tem interesse no mercado segurador e em proteção social:

O governo já trabalha na regulamentação do novo segmento do mercado segurador que pode atingir 100 milhões de brasileiros sem qualquer proteção contra riscos, o chamado microsseguro. As regras vêm sendo discutidas desde 2007 e agora tomam forma. O que mais chama a atenção é o tratamento tributário especial que o segmento receberá, com incidência de impostos de apenas 1% sobre a atividade. O microsseguro é um produto pensado para as classes C e D, com o objetivo primordial de preservar a situação socioeconômica pessoal ou familiar.

Leia a matéria na integra.

UNSPECIFIED - UNDATED: In this image provided ...

Image by Getty Images via Daylife

Seguindo uma tendência recente, o Prêmio Nobel de Economia 2009 tem mais de um ganhador: são os norte-americanos Oliver Williamson, da Universidade da Califórnia, e Elinor Ostrom, da Universidade de Indiana, por suas contribuições na área de governança econômica: Williamson na área de limites da empresa, e Ostrom na área de propriedade comum. Como o prêmio foi dividido, cada um ganhará cinco milhões de coroas suecas (aproximadamente 700 mil dólares). A grande novidade está no fato de que Elinor torna-se a primeira mulher premiada na área de Economia. O anúncio foi feito hoje (12) pelo Professor Gunnar Öquist, secretário geral da Real Academia Sueca de Ciências e a láurea será entregue no dia 10 de dezembro.

Leia a matéria na integra.

Enhanced by Zemanta