Modelo das três linhas do Instituto dos Auditores Internos 2020

Conforme modelo das três linhas do Instituto dos Auditores Internos (IIA, 2020), a auditoria interna se trata de instância que opera, de forma independente da gestão, fornecendo avaliação e conhecimentos acerca da eficácia da governança, da gestão de riscos e dos controles internos da instituição.

A independência da atividade da auditoria interna em relação às responsabilidades da gestão é fundamental para sua objetividade, autoridade e credibilidade.

Aos prestadores externos de avaliação, quais sejam, os órgãos de controle e reguladores da União, cabe a avaliação do cumprimento das expectativas legais e regulatórias da instituição, visando à proteção dos interesses da comunidade, à segurança razoável de que a instituição apresenta desempenho e níveis de conformidade, transparência e prestação de contas adequados. Além disso, poderão ser demandados a prestar complemento às fontes internas de avaliação.

Já o papel da Auditoria Externa e dos órgãos Reguladores visa fornecer níveis adicionais de confiança acerca das informações da instituição, desempenhando um papel vital no que diz respeito à segurança razoável de que estas possuem desempenho e níveis de conformidade, transparência e prestação de contas adequados.