Sustentabilidade

Possuímos o compromisso com a prestação de serviços gráficos sustentáveis. Há quase vinte anos, nossa equipe realiza pesquisas para o desenvolvimento de novos processos e produtos, visando a responsabilidade social, energética, econômica e ambiental.

Como a comunidade pode participar

Recebemos de volta, para reutilização, as caixas das encomendas e as folhas impressas em apenas um lado do papel. Caso você queira contribuir, entre em contato e agende a retirada de caixas vazias e folhas a serem reutilizadas (antes do repasse, verificar sempre se o conteúdo impresso pode vir a público).

Como estamos atuando

PRODUTOS QUÍMICOS

Todos os químicos utilizados na produção são encaminhados ao Instituto de Química da UFRGS, que também recolhe os recipientes vazios. Os toners das impressoras são encaminhados às empresas fornecedoras, e as toalhas industriais utilizadas na limpeza dos rolos das máquinas são lavadas por uma empresa sustentável, detentora do selo ISO 14001.

BLOCOS PARA EVENTOS

Para evitar desperdícios, a Gráfica criou o serviço de blocos de papel ecológicos. Os blocos são confeccionados com as sobras de papel geradas na produção, e o acabamento é feito com a anexação de capas elaboradas pela Gráfica. Se você faz parte da comunidade acadêmica da UFRGS e pretende promover algum evento da Universidade, pode solicitar sua remessa gratuitamente.

ATUT – Associação dos Trabalhadores da Unidade de Triagem do Hospital São Pedro

A parceria da Gráfica com a Associação dos Trabalhadores da Unidade de Triagem do Hospital São Pedro (ATUT) realiza o recolhimento das sobras não reutilizáveis de material gráfico e garante o seu descarte correto. Conforme a demanda de serviços da Gráfica, as doações podem chegar a 1 tonelada por semana. Essa parceria funciona tanto como terapia e inclusão dos portadores de sofrimento psíquico quanto como suporte ambiental, pois também trabalha com a reciclagem desses rejeitos.

PSC – Prestação de Serviços à Comunidade

Outra parceria da Gráfica é com a Prestação de Serviços à Comunidade (PSC), que envolve adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa. Na Gráfica, os jovens participam do projeto Fio da Meada e realizam tarefas manuais na parte de acabamento de blocos costurados artesanalmente. É uma contribuição para o futuro da sociedade e para a ressocialização desses adolescentes.

FITORREMEDIAÇÃO

O projeto de Fitorremediação é baseado na pesquisa de Laila Olinto Corrêa, estudo sobre a alta quantidade de compostos orgânicos voláteis utilizados nos processos gráficos. Trata-se da restauração da contaminação através da utilização de plantas, técnica eficiente e de baixo custo. Houve um estudo detalhado sobre quais processos são realizados em cada ambiente da Gráfica e quais produtos químicos são utilizados. Assim, sabemos quais plantas devem ser utilizadas em cada espaço e, dessa forma, pode-se melhorar a qualidade do ar no ambiente de trabalho.