Memorial da Imigração e Cultura Japonesa da UFRGS

O Memorial da Imigração e Cultura Japonesa da UFRGS foi criado em 2009, junto ao Núcleo de Estudos Japoneses do Instituto de Letras da UFRGS, a partir da constatação da carência de materiais existentes para pesquisa na área de imigração, verificada durante os preparativos para a comemoração do cinquentenário da imigração japonesa no Rio Grande do Sul, em 2006, de modo que essa imigração estava à margem de estudos.          Somada isso, constatou-se que havia acervos relativa à imigração, dispersos em processo de descarte pelas famílias de imigrantes, devido à substituição de gerações e seu desconhecimento do valor acadêmico desses objetos em processo de descarte.
Além disso, como registro histórico para fins de estudos futuros, há a necessidade de preservar a memória daqueles que vieram para o Brasil, com suas motivações, perspectivas e esperanças, assim como o resultado do processo de aculturação sofrido por essas pessoas que, nos dias atuais compõe uma das etnias formadores do estado do Rio Grande do Sul.
O Memorial está, assim, subordinado ao Departamento de Línguas Modernas como uma atividade de extensão do Instituto de Letras/ Universidade Federal do Rio Grande do Sul/ Ministério da Educação, sendo atualmente o membro da Rede de Museus e Acervos da UFRGS – REMAM.

INSTITUIÇÕES PARCEIRAS

             A parceria entre Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Universidade Federal de Santa Maria, cujo o acordo de cooperação interinstitucional foi assinado em 28 de agosto de 2009, viabilizou a implantação do Memorial da Imigração e Cultura Japonesa da UFRGS.

             Desde então tem desenvolvido diversas atividades tais como seminários, palestras, cursos e exposições. Outras instituições como Fundação Japão – FJ, Agência de Cooperação Internacional do Japão – JICA, Associação Sul Brasileira dos Ex-bolsistas do Japão – ASBBJ entre outras, também realizam atividades pontuais, em parceria mediante acordo.

ACERVOS

              O Memorial possui mais de 1500 obras que compõe acervo bibliográfico, referente à cultura moderna e tradicional japonesa, migração, agricultura, arquitetura, teatro, relações internacionais, administração, esportes e demais assuntos, em português e em língua japonesa além de obras literárias em vários idiomas tais como alemão, inglês e francês.

               Os acervos documentais e livros estão disponíveis paraDSC08980 consulta local, tanto aos estudantes, pesquisadores e comunidade em geral interessados no assunto. As exposições ocorrem periodicamente, geralmente na Semana Nacional de Museus e na Primavera de Museus, quando os visitantes terão a oportunidade de conhecer de perto os objetos relacionados à cultura japonesa.

 

ATIVIDADES EDUCATIVAS (oficinas e minicursos)

Shodô – O shodô é a arte da caligrafia japonesa utilizando o pincel esSHODÔpecial e tinta de sumi. Sho significa caligrafia e , o caminho. Esse caminho é um treinamento que leva à transformação pessoal do artista para desenvolver um estilo próprio de expressão;

Origami – A palavra origami vem do japonês oru (dobrar) e kami (papel). O origami” pode ser usado no ensino de matemática, desenvolvimento da coordenação motora e outras habilidades humanas além de um ótimo passatempo;

Oficina de Origami

Furoshiki – O furoshiki é um pano quadrado que funciona como eco-bag. Surgiu no século XII e servia para os senhores feudais embrulharem suas roupas ou cobrirem o chão quando iam ao banheiro público (furo = banho; shiki = tapete). Ele é altamente resistente, reutilizável e multiuso, além de ser um dos símbolos da cultura japonesa tradicional;

 

Encadernação japonesa – Elaboração de caderno costurado em estilo japonês, em que costuram as capas juntamente com a parte interna. Originário da China, lembra a encadernação padrão de livros e é ideal para um álbum de colagens, inclusive com reaproveitamento do verso de folhas usadas.

 

Além desses, 4o Memorial também oferece oficinas de língua japonesa, confecção de carimbo e outras atividades relacionados à cultura japonesa.

 

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

A visitação, que ocorre sempre à tarde, pode ser agendada por e-mail ou pelo telefone.
Telefone: +55 51 3308-6710
E-mail: estudosjaponeses.ufrgs@gmail.com
http://www.ufrgs.br/memorialjapao