O Behaviorismo – Bock

Fonte: BOCK, Ana; FURTADO, Odair e TEIXEIRA, Maria. Psicologias. Uma introdução ao estudo de Psicologia. São Paulo: Saraiva, 1999. pág. 38-47.

O estudo do comportamento
O termo Behaviorismo foi inaugurado pelo americano John B. Watson, em um artigo (1913) que apresentava o título “Psicologia como os behavioristas a vêem”. O termo inglês behavior significa comportamento, daí se denominar esta tendência teórica de behaviorismo. Mas, também utilizamos outros nomes para designá-la, como comportamentismo, teoria comportamental, análise experimental do comportamento.

Watson, postulando então o comportamento como objeto da psicologia, dava a esta ciência a consistência que os psicólogos da época vinham buscando. Um objeto observável, mensurável, que podia ser reproduzido em diferentes condições e em diferentes sujeitos. Essas características eram importantes para que a Psicologia alcançasse o status de ciência, rompendo definitivamente com sua tradição filosófica.

É importante esclarecer, desde o início, que o Behaviorismo, apesar de colocar o comportamento como o objeto da Psicologia, considera que “só quando se começa a relacionar os aspectos do comportamento com os do meio é que há a possibilidade de existir umas psicologia científica” (KELLER, F. S. e SCHOENFELD, W. N. Princípios de Psicologia. São Paulo: Herder e EDUSP, 1970).

Portanto, o Behaviorismo dedicou-se ao estudo do comportamento na relação que este mantém com o meio ambiente onde ocorre. Mas como comportamento e meio são termos amplos demais para poderem ser úteis para uma análise descritiva nesta ciência, os psicólogos desta tendência chegaram aos conceitos de estímulo e resposta (teoria S-R : abreviatura dos termos latinos Stimulus e Responsio).

Estímulo e resposta são portanto as unidades básicas da descrição e o ponto de partida para uma ciência do comportamento.

O homem começa a ser estudado como produto do processo de aprendizagem pelo qual passa desde a infância, ou seja, como produto das associações estabelecida durante sua vida entre estímulos (do meio) e respostas (manifestações comportamentais).

* O texto integral encontra-se disponível na bibliografia indicada acima.


Compare preços de livros sobre behaviorismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.