O SEI foi desenvolvido e cedido pelo Tribunal Federal da 4º Região e vem sendo implantado com sucesso em diversos órgãos públicos.

Na UFRGS, a fase piloto de implantação do SEI iniciou em 2014 com alguns processos de pagamentos. Em 2015 foram incluídos todos os processos de pagamento e, em 2016, expandiu-se para outros tipos de processos da Universidade.

Em 2017 houve a implantação do módulo de peticionamento. O Peticionamento Eletrônico possibilita aos alunos e usuários externos a formalizar a abertura de processos junto à Universidade, de forma eletrônica, sem a necessidade de enviar documentos em formato físico ou protocolar presencialmente junto à Divisão de Protocolo Geral.

Em 2021, totalizam 65 tipos de processos disponíveis no módulo de peticionamento. Para verificar quais são, acesse a lista.

 

 

Por ser uma evolução da tramitação manual para eletrônica, o SEI apresenta benefícios, sendo os principais:

• Redução do consumo de papel (prático sustentável)
• Maior agilidade na tramitação de processos
• Melhor aproveitamento de espaços físicos (menos papel, mais espaço)
• Mais segurança
• Mais transparência

Dados referente ao período de início do SEI-UFRGS até agosto de 2021.

 

 

Voltar