Ensino

Aqui estão listadas as disciplinas que têm a participação dos professores do Laboratório de Herpetologia da UFRGS. Nossas disciplinas são ministradas nas dependências do Instituto de Biociências da UFRGS, em Porto Alegre, bem como em atividades de campo realizadas em varias localidades e biomas brasileiros.

Disciplinas do curso de Graduação em Ciências Biológicas da UFRGS

Herpetologia (BIO04018)
Estudo das relações filogenéticas dos grupos de répteis e anfíbios. Estudos comparativo da morfologia, anatomia, aspectos ecológicos e comportamentais de anfíbios e répteis, com ênfase na fauna típica do Rio Grande do Sul e outros Biomas brasileiros.

Zoologia III (BIO04040)
Origem e evolução dos Deuterostômios. Echinodermata, Chordata, Urochordata, Cephalochordata, Myxinoidea, Petromyzontoidea, Chondrichthyes, Actinopterygii, Actinistia, Dipnoi, Amphibia, Testudinia, Lepisosauria, Crocodilia, Aves, e Mammalia. Filogenia de vertebrados. Características morfológicas, fisiológicas e comportamentais de cada grupo e seu valor adaptativo. Anatomia comparada dos sistemas. Biogeografia de vertebrados: processos históricos e contemporâneos responsáveis pelos padrões de diversidade das espécies. Distribuição geográfica de cada grupo e representantes da fauna regional.

Zoologia de Campo (BIO04001)
Estudo de táxons animais com base em trabalho de campo e laboratório, abrangendo ambiente aquático (marinho e límnico) e terrestre. Organização do reino animal e suas relações com o ambiente. Desenvolvimento e aplicação de técnicas específicas de coleta, preservação, observação de exemplares. Identificação de caracteres diagnósticos a nível de filo, classe ou ordem.

Biodiversidade dos Anfíbios e Répteis do Rio Grande do Sul (EAD-BIO04035)
Características gerais, conhecimento da diversidade de anfíbios e répteis em nível regional e nacional, importância dos anfíbios e répteis como componentes da biodiversidade de ambientes terrestres; informação sobre os componentes da biodiversidade de anfíbios e répteis no estado, que possam servir como apoio à conservação e ao manejo das espécies sua importância ecológica; espécies nativas, endêmicas e exóticas em nível regional e nacional. A disciplina constará de aulas em sistema EAD, com aulas presenciais em três momentos: uma aula prática, uma aula de campo de final de semana e a prova.

História Evolutiva Animal (BIO04036)
Conceitos básicos sobre taxonomia e sistemática filogenética. Origem dos animais, filogenia e evolução dos principais grupos. Padrões de clivagem, formação do celoma e de outras cavidades corporais. Padrões corporais, planos de simetria e eixos corporais.

Cercosaura schreibersii I Foto: MBMartins

Projeto de Ensino “Biodiversidade e Conservação dos Biomas Brasileiros”

Muitas das nossas atividades de ensino incluem saídas de campo para observação das espécies de anfíbios e répteis de diversos biomas brasileiros. Durante as saídas é possível reforçar e complementar o conhecimento adquirido em sala de aula, bem como conhecer a realidade do estado de conservação de nossos recursos naturais, o funcionamento das Unidades de Conservação e a interação da sociedade com nossa rica biodiversidade. Abaixo estão algumas das expedições de campo que realizamos com as disciplinas:

Jaquirana, RS
São Francisco de Paula, RS
Arambaré, RS
Parque Estadual do Turvo, Derrubadas, RS
Parque Estadual do Turvo, Derrubadas, RS
Cerro do Jarau, Quaraí, RS
Rosário do Sul, RS
Parque Nacional do Iguaçu, PR
Parque Nacional das Emas, GO
Cananéia, SP
Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Picinguaba, Ubatuba, SP
Bonito e Aquidauana, MS
Parque Nacional dos Aparados da Serra, Cambará do Sul, RS
Rincão do Inferno, Caçapava do Sul, RS
Baía da Babitonga, São Francisco do Sul, SC
Parque Estadual do Tainhas, São Francisco de Paula, RS