Notícias

 

 


Lista de Presença Seminários 31-08

Disciplinas 2018/02

Resultado Final Doutorado 2018/2


Tristeza e Revolta

 Museus são parte valiosíssima da vida científica. Mas não são apenas isso: são guardiães de conhecimento, de cultura, da história da Humanidade. A perda do prédio principal do Museu Nacional do Rio de Janeiro, não é apenas uma perda para os cariocas ou para o Brasil, é uma perda para o mundo. Com o incêndio da noite passada se perderam milhões de peças insubstituíveis, milhares de horas de trabalho, de vidas dedicadas à construção de um mundo melhor, mais conhecedor da diversidade biológica, cultural, social.

Tal perda é responsabilidade de anos de descaso para com o conhecimento que se desenvolve no Brasil. É apenas mais uma das muitas consequências menos visíveis do desinvestimento sucessivo no Ensino Público, do Fundamental ao Superior, na Ciência, no Conhecimento, ou seja, nas Pessoas. De um orçamento anual de 500 mil reais, já de si irrisório, o Museu Nacional recebeu, em 2018, uma verba de cerca de 60 mil reais para manutenção. De tão ridícula, nem merece comentários.

O Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal e o Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul solidarizam-se com toda a comunidade do Museu Nacional e disponibilizam todo o apoio que lhes for possível prestar.

Este é o momento para nos unirmos, resistir, lutar e vencer contra políticas devastadoras da nossa sociedade. A memória do Brasil e da Humanidade estão sendo destruídas. Um povo sem memória é um povo sem futuro.

Maria João Ramos Pereira, Coordenadora Substituta do PPGBAN-UFRGS                                      

Paula Beatriz Araújo, Chefe do Departamento de Zoologia-UFRGS 

 


Destaques

Revelando a organização espacial e a dinâmica social do gato-do-mato-grande

A pesquisadora Flávia Tirelli, do PPG-BAN, e colaboradores de diversas instituições nacionais e internacionais publicaram esta semana o artigo intitulado:” Spatial organization and social dynamics of Geoffroy’s cat in the Brazilian pampas” no Journal of Mammalogy. O estudo examinou a estrutura e a dinâmica espacial de uma população de gato-do-mato-grande (Leopardus geoffroyi) utilizando a combinação de telemetria e armadilhamento–fotográfico e incluindo a primeira avaliação da relação de parentesco entre seus indivíduos. Além disso, os tamanhos de áreas de vida e a massa corporal da população estudada foram comparados estatisticamente com os resultados de estudos prévios, gerando dados globais para a espécie. Os resultados do estudo demostraram que os machos possuem áreas de vida, de uso e massa corporal maiores do que as fêmeas e que a massa corporal dos machos influenciou positiva e significativamente o tamanho das áreas de vida dos mesmos, relação esta que não ocorreu entre as fêmeas. Esses resultados sugerem que a ecologia dessa espécie é fortemente influenciada pela seleção sexual. Os resultados da análise de parentesco indicaram que a maioria dos indivíduos capturados na população estudada não eram parentes e que a relação genética parece não influenciar a sobreposição de área de vida, o que sugere que esta população possui uma estrutura sócio-espacial distinta da proposição tradicional na qual os machos tenderiam a dispersar para outras áreas e as fêmeas seriam filopátricas. A extensa sobreposição de áreas de vida e de uso também não estava relacionada com gênero, indicando que existe algum grau de tolerância espacial nessa espécie solitária. Em uma perspectiva mais ampla, as comparações apresentadas no estudo ilustram a utilidade de se realizar estudos ecológicos empregando métodos comparáveis em diferentes locais, a fim de entender melhor a ecologia das populações de felídeos silvestres.


Diversidade e conservação de aves em complexo de lagoas costeiras no sul de Santa Catarina

Pesquisador do PPG-BAN Jonas Rosoni, juntamente com João Paulo Just (PPG-BA/UFPel), Rafael Romagna e Jairo Zocche (PPG-CA/UNESC) publicaram o artigo: “Bird diversity and conservation in the southern coast of Santa Catarina state, Brazil”. O trabalho buscou avaliar e inventariar a diversidade de aves ocorrentes em regiões das lagoas costeiras e seus habitats circundantes no sul do estado de Santa Catarina. Estas regiões geralmente abrigam alta biodiversidade e são alguns dos mais ameaçados ecossistemas do mundo. No entanto, a biodiversidade Neotropical é muitas vezes mal descrita, faltando ainda inventários de espécies ameaçadas que, portanto, limitam a avaliação e o estabelecimento de medidas eficientes de conservação. O trabalho apresenta dados quantitativos para espécies endêmicas, ameaçadas, migratórias e destaca novidades para a região sul de SC. Foram registradas 229 espécies, abrangendo 63 famílias, incluindo 12 espécies de interesse para a conservação, 11 endêmicas das províncias zoogeográficas da Mata Atlântica e do Pampa, e 38 migratórias. Com base nos resultados, foram discutidas a diversidade e a conservação regional da avifauna.


Aluna do PPG BAN Fernanda Almerón tem seu artigo utilizado como fonte principal na nova reportagem da Revista Superinteressante

Cação: a maior mentira da vitrine da peixaria


Projeto Botos da Barra lança guia de apoio pedagógico para educadores/as: “Interação entre pescadores, botos e tainhas: aprendizados sobre cooperação, tradição e cultura”

Produzido de forma a permitir sua utilização em práticas pedagógicas diversas, tendo como público-alvo: professores/as de ensino fundamental e médio, educadores/as, pesquisadores/as e demais interessados na conservação do ambiente marinho e comprometidos com a pluralidade sociocultural. O instrumento aborda a interação da pesca cooperativa entre pescadores e botos, de forma didática, conceitual e prática (com dinâmicas e atividades lúdicas para espaços educativos diversos). O conhecimento compartilhado é baseado nas pesquisas científicas desenvolvidas nos últimos anos de projeto (trabalhos de conclusão de curso e especializações e teses de mestrado) e no conhecimento tradicional dos “Pescadores Amigos do Boto”. Tal guia objetiva propiciar autonomia dos temas abordados entre educadores/as, unir os saberes técnico-científicos aos tradicionais e valorizar o potencial multiplicador dos educadores/as para a conservação da sociobiodiversidade regional e brasileira. Dentre os autores são parte do PPGBAN Elisa Ilha, Nathalia Serpa, Yuri de Camargo e Ignacio Moreno.
Realização: Laboratório de Sistemática e Ecologia de Aves e Mamíferos Marinhos (LABSMAR/IB/UFRGS), Centro de Estudos Costeiros Limnológicos e Marinhos (CECLIMAR), Ministério da Educação (MEC) e Petrobras Transpetro S.A. – Transpetro.


Aluna do PPGBAN recebe prêmio da Xerces Society for Invertebrate Conservation

A aluna do PPGBAN Lady Carolina Casas Pinilla, orientada por Lucas Kaminski, teve seu projeto de mestrado agraciado com o prêmio “Joan Mosenthal DeWind Award” da “Xerces Society for Invertebrate Conservation” dos EUA. O DeWind Award concede anualmente dois prêmios e essa é a primeira vez que um estudante Latino-Americano é agraciado.
O dinheiro ajudará a custear o trabalho de campo do seu projeto de intitulado “Assessing the effects of Pinus plantation aging on fruit-feeding butterflies in a grassland-Atlantic Forest mosaic in Southern Brazil”. O projeto é uma parceria do Laboratório de Ecologia de Insetos do PPGBAN coordenado por Helena Romanowski em conjunto com Cristiano A. Iserhard da UFPEL. Parabéns à Carolina e seus orientadores! Informações sobre o prêmio em https://xerces.org/joan-dewind-award/



Comportamento de defesa nos sapinhos-de-barriga-vermelha!

Pesquisadores do PPG BAN Debora Bordignon, Valentina Zaffaroni e Márcio Borges-Martins, juntamente com Michelle Abadie, Ismael Brack, Bibiana Terra Dasoler (PPG ECO/UFRGS) e Patrick Colombo (MCN/FZB) publicaram o artigo: “Are the unken reflex and the aposematic colouration of Red-Bellied Toads efficient against bird predation?”. O trabalho buscou avaliar experimentalmente, a partir de modelos de massinha de modelar, se a coloração conspícua do ventre e a posição de reflexo “unken” nos raros sapinhos do gênero Melanophryniscus funcionam como sinais aposemáticos contra predadores visualmente orientados. Os experimentos foram realizados na Floresta Nacional São Francisco de Paula/RS. A presença da cor vermelha isoladamente associada à posição do reflexo “unken” não parece impedir ataques de predadores. É possível que o sinal eficaz em Melanophryniscus seja conseguido pelo conjunto da coloração de advertência e eventuais toxinas.


Professor Dr. Luiz R. Malabarba, vinculado ao PPG-BAN, recebe homenagem em reconhecimento de sua grande contribuição para o conhecimento sobre os Cheirodontinae e outros peixes de água doce neotropicais.

Na última edição do jornal Copeia N° 136, editado por The American Society of Ichthyologists and Herpetologists, foi publicada a descrição de Serrapinnus malabarbai Jerep, Dagosta & Ohara 2018 proveniente de Rio Suspiro, parte alta do Rio das Mortes, drenagem do Rio Araguaia, bacia do Rio Tocantins, em Mato Grosso. A espécie foi descrita pelos pesquisadores Fernando C. Jerep da Universidade Estadual de Londrina, Fernando C. P. Dagosta da Universidade Federal da Grande Dourados e por William M. Ohara Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. Dr. Luiz R. Malabarba atua na área de ictiologia e sistemática desde 1983, desenvolvendo pesquisas em taxonomia e biologia comparada de peixes neotropicais. Publicou mais de 110 artigos e 35 capítulos de livros e livros completos. Descreveu, até ao momento, 87 espécies de peixes incluídos em diferentes ordens. Foi eleito em 2012 “Honorary Foreign Member in Ichthyology” da Sociedade Americana de Ictiologia e Herpetologia (ASIH). É Presidente da Sociedade Brasileira de Ictiologia desde junho de 2015. Com este descrição se somam quatro espécies em homenagem ao seu nome: Microglanis malabarbai Bertaco & Cardoso 2005, Phalloceros malabarbai Lucinda 2008, Rineloricaria malabarbai Rodriguez & Reis 2008 e Serrapinnus malabarbai Jerep, Dagosta & Ohara 2018.


DIVULGADAS DISCIPLINAS E PERÍODO DE MATRÍCULAS 2018/1

Disciplinas 2018 1 –

Período de Matrículas pelo Portal do Aluno UFRGS: de 08/03/18 às 08h até o dia 14/03/18 às 17h.

Interessados em cursar disciplinas como Aluno Especial: primeiramente, contatar o professor responsável pela disciplina; após, encaminhar o e-mail com a autorização de matrícula, dada pelo professor, para a secretaria, bem como o formulário a seguir, devidamente preenchido:

FICHA DE MATRICULA ALUNO EXTERNO


RESULTADO FINAL – SELEÇÃO PPGBAN 2018/1 – DOUTORADO

Resultado Doutorado Final 2018-1

RESULTADO FINAL – SELEÇÃO PPGBAN 2018/1 – MESTRADO 

Resultado Fase 2 Seleção 2018-1


NEW POSITION FOR A NON-BRAZILIAN VISITING PROFESSOR AT UFRGS

UFRGS is opening a position for a Non-Brazilian visiting professor to be hired early 2018, from a minimum 4 months up to 2 years, renewable for two additional years. It is required Doctor’s Degree (Ph.D./Dr.) in a field of biodiversity research, completed at least 2 years ago. The official announcement with the deadlines is to be published soon, but since the contract is planned to March 2018, we are advancing this call. More detailed information is described below (except the deadlines).

Please, do not hesitate to contact us for further details.

Visiting Professorship at the UFRGS Institute of Biosciences: Macroscale biodiversity patterns and drivers

For the full call and detailed (legally binding) information, including deadlines, please see (in Portuguese): (EDITAL to be published)

Information at a glance:

Formal requirements for candidates:

–          Non-Brazilian nationality;

–          Currently a researcher at a University or Research Institution outside of Brazil or associated with a research group outside of Brazil;

–          Doctor’s Degree (Ph.D./Dr.) in a field of biodiversity research, completed at least 2 years ago;

–          Research and teaching focus compatible with the profile described below;

–          Availability to work at UFRGS for a period of at least four months and at most two years. The appointment can be renovated once for another two years (maximum total duration of appointment: four years);

–          Starting date: March 2018.

Expected tasks:

–          Perform research and teaching activities (in English), including as supervisor of Graduate students, with links to the thematic focus described below;

–          Collaborate with existing research groups at UFRGS;

–          Contribute to the internationalization of UFRGS.

Benefits for the successful candidate:

–          Insertion into a dynamic and interdisciplinary research and teaching environment at UFRGS;

–          Salary equivalent to the salary of a Professor Titular of a Brazilian Federal University, plus benefits (approx. 19.600,- Brazilian Real / Month, before taxes; approximately U$ 6,000.00 Dollars/Month, before taxes).

Deadlines:

–          Application for the position from ________ to ________, by Email to: direcaoib@ufrgs.br

–          Formal evaluation of submitted applications: until ________;

–          Evaluation of the application material: ________;

–          Publication of the results of the selection process: ________.

Required documents:

–          Work plan for research and teaching activities, with links to the thematic focus described below;

–          Curriculum Vitae, including: publication list (with front pages of scientific papers, book chapters or books), list of previous or ongoing academic supervisions on Master and Doctor/Ph.D. level (confirmed by the institution or with front page of thesis indicating the supervisors), list of previously offered courses at Master and Doctor/Ph.D. level (with short course description);

–          Letter of recommendation from one or more colleagues from the own research institution;

–          All documents should be submitted electronically.

Expected Profile: Visiting Professorship at the UFRGS Institute of Biosciences: Macroscale biodiversity patterns and drivers

At current, an important part of biodiversity research concerns broad-scale biodiversity patterns and their drivers, including historical and evolutionary aspects. These questions are especially interesting in high biodiversity regions and in regions where different types of ecosystems co-exist – and are known to have co-existed – for a long period of time. Both points are true for southern Brazil, where the Atlantic Rain forest (Amazonian domain sensu Cabrera & Willink 1980) meets the Pampa grasslands (Chacoan domain), and where forest and grasslands, both with elements from different biogeographical regions, coexist. In the past years, many research efforts have resulted in reliable information on species distribution patterns in this region, concerning many plant and animal groups. This, together with the increasingly available information on evolutionary relationships within species groups, allows for a better understanding of ecology and evolution of these systems in an integrated fashion and considering environmental drivers, also including relationships to adjacent systems.

We thus seek an international researcher with experience in macroscale analysis of biodiversity that can work in an integrated fashion that includes more than one species group. The researcher will be based at the Graduate Program of Ecology (https://www.ufrgs.br/ppgecologia/linhas-de-pesquisa/), but will also contribute – in research and teaching – to the Graduate Programs of Botany (http://www.ufrgs.br/ppgbotanica) and Animal Biology (https://www.ufrgs.br/ppgban/linhas-de-pesquisa/) and possibly Molecular Biology and Genetics (http://www.ufrgs.br/ppgbm/ensino-e-pesquisa/linhas-de-pesquisa/). We expect the successful candidate to deliver, during his research stay of two years, a course on global biogeographic patterns and another course on methods of study of evolution of his choice, and to conduct research activities on biogeographic patterns and historical evolution of South Brazilian ecosystems, possibility also considering relations to other regions in the world (e.g. synthetic approaches towards specific biomes around the world).

We will be happy to help you in case of questions on the detailed call in Portuguese. Please contact in case of questions or for further information:

–          Prof. Dr. Sandra Cristina Müller, UFRGS Department of Ecology, sandra.muller@ufrgs.br

–          Prof. Dr. Gerhard Ernst Overbeck, UFRGS Department of Botany, gerhard.overbeck@ufrgs.br

–          Prof. Dr. Luiz R. Malabarba, UFRGS Department of Zoology, malabarb@ufrgs.br


Informações aos alunos

Lista de sítios para potencial financiamento de projetos aqui.

O cronograma do discente do PPGBAN já se encontra disponível aqui.

A agenda da Lupa Nikon encontra-se disponível aqui.