Quais os documentos obrigatórios de matrícula?

Viewed 38240 Times 0 Comments

São os documentos que comprovam a condição acadêmica do candidato e são obrigatórios a todos os candidatos, conforme Edital.

Certificado de Conclusão e Histórico Escolar completo do Ensino Médio: Os dois documentos podem estar em uma mesma folha, e o histórico precisa conter carga horária e componente curricular, ou seja, número de horas cursadas e a descrição das disciplinas. Também é necessário que esteja assinado pela autoridade competente. Os documentos são obrigatórios até para o candidato que já possui um curso superior. Em caso de candidato que tenha concluído o Ensino Médio no exterior, é necessária a apresentação de Declaração de Equivalência de Estudos, conforme Resolução nº 155/80, do Conselho Estadual de Educação.

O candidato que estiver concluindo o Ensino Médio no Ano Letivo 2020 (para SiSU 2021 ou PS 2021/1) ou 2021  (para o PS 2021/2, Vestibular 2022 e SiSU 2022) e, no momento do envio da documentação, não tiver o Certificado de Conclusão do Ensino Médio e/ou o Histórico Escolar deve enviar, em caráter provisório, a Declaração Provisória sobre Conclusão do Ensino Médio. Esse documento deve ser preenchido e assinado pela escola, conforme modelo no Edital ou no Manual do Candidato (conforme o processo de seleção) . O candidato que postar a declaração provisória deverá enviar posteriormente, no Portal do Candidato, o Certificado de Conclusão e o Histórico Escolar do Ensino Médio. Durante a etapa de avaliação acadêmica, haverá a possibilidade de complementar a informação, e o envio desses documentos deve ser feito dentro desse prazo.

Documento de identificação atualizado, que contenha fotografia clara do candidato e esteja em bom estado de conservação. Os órgãos expedidores validados estão descritos no edital do processo seletivo, mas são válidos RG, Carteira de Motorista (CNH), Carteira de Trabalho, Passaporte e documentos expedidos por Ordens e Conselhos Profissionais e Forças Armadas, entre outros. Documentos como TRI ou Carteira de Estudante, por exemplo, não são válidos nesse caso.

Estrangeiros ingressantes via  Vestibular ou SiSU (a partir de  2020) devem digitalizar e enviar o passaporte (devidamente atualizado) ou documento expedido por autoridade brasileira. Se o candidato estrangeiro não tiver esses documentos, pode apresentar documento de identificação emitido em seu país de origem, desde que acompanhado por tradução juramentada. A tradução juramentada NÃO é necessária em caso de documentos emitidos em espanhol.

Já estrangeiros ingressantes via  Vestibular ou SiSU 2019 precisam enviar RNE válido e Passaporte.

Declaração assinada de ocupação ou não ocupação de outra vaga em curso de graduação de Instituição Pública de Ensino Superior.  Este formulário será preenchido digitalmente no Portal do Candidato. O candidato que marcar que ocupa uma vaga em instituição pública de ensino superior neste formulário terá o prazo de até cinco dias úteis, após a matrícula presencial (segunda etapa), para se desvincular de um dos cursos.

OBS: Além da documentação acima, que é obrigatória a TODOS os candidatos, os estudantes que concorrem às vagas reservadas para escola pública, bem como pretos, pardos, indígenas, pessoas com deficiência ou que precisam comprovar renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo nacional per capita, devem enviar outros documentos específicos, de acordo com a modalidade de ingresso. Consulte as sessões correspondentes neste Portal.

PARA CLASSIFICADOS no CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

– Processos até 2021:  os candidatos classificados para o curso de Educação Física também devem apresentar, neste momento, atestado médico de capacitação física, expedido por médico, com carimbo e assinatura.

– Processos seletivos de 2022: não há necessidade de apresentação de atestado de capacitação física.

Was this answer helpful ? Yes (0) / No (0)