Eventos

  • Carrossel QQB

Exposição Paisagens da Memória: cidade e corpos em movimento

Visitação: até 29 de março de 2018

A exposição apresenta o esporte sob diferentes ângulos e perspectivas. Reunindo imagens históricas, vídeos e objetos colecionáveis, a exposição apresenta o pioneirismo de Porto Alegre em iniciativas voltadas para a competição, o lazer, a formação de profissionais e a realização de eventos esportivos.

21 de junho de 2017, às 16h30:

Palestra Gênero, Esporte e Lazer

A palestra tem como objetivo refletir sobre o esporte como um espaço de generificação dos corpos com as desigualdades de gênero em suas diferentes manifestações, contextualizando-o como exercício de liberdade, sociabilidade e empoderamento de mulheres. Além disso, pretende-se refletir sobre as questões de gênero presentes nas brincadeiras, a partir da compreensão das especificidades do ato de brincar e de suas relações com o processo de construção da identidade de gênero, tendo em vista seu papel elementar no esporte e no lazer.

16h30 – Credenciamento e Visita mediada

Local: Museu da UFRGS

17h30 –  Palestra Gênero, Esporte e Lazer

Ministrantes: Profª Silvana Goellner (ESEFID) e Profª Tânia Fortuna (FACED)

Local: Sala 102 da FACED

Ciclo de Debates – Imagens em movimento

Na última semana de cada mês acontece o ciclo de debate vinculado à exposição “Paisagens da Memória: cidade e corpos em movimento”.

29 de junho de 2017, às 17h30

Exibição e debate: “Stella Walsh – Um Documentário”.

Debatedor: Wagner Xavier Camargo (UFSCAR)

Local: Mezanino do Museu da UFRGS (Av. Osvaldo Aranha, 277, Campus Centro, Porto Alegre)

Mais informações: educativo@museu.ufrgs.br – www.ufrgs.br/museu

 

Curso de Extensão Universitária “O Brincar Heurístico na Educação Infantil”

Com o objetivo geral de formar educadores na perspectiva lúdica, o Programa de Extensão Universitária “Quem quer brincar?”, da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (instituição de ensino superior pública do sul do Brasil, situada na cidade de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul), desde 1999 desenvolve ações de educação continuada de caráter teórico-prático direcionadas a formar para brincar e para valorizar o brincar.

Ao longo destes anos, formando alguns milhares de educadores através de suas atividades de formação lúdica, o Programa de Extensão Universitária “Quem quer brincar?” tem colaborado para instaurar, fortalecer e difundir inovadoras e audaciosas experiências pedagógicas pautadas pela ênfase na valorização da brincadeira. Nos dias 25/05, 01/06, 08/06 e 22/06, o Programa de Extensão Universitária “Quem quer brincar?” realizará o Curso de Extensão Universitária “O brincar heurístico na Educação Infantil”, com o Professor Doutor Rodrigo Saballa de Carvalho, do Departamento de Estudos Especializados da Faculdade de Educação da UFRGS.

O curso de extensão inscreve-se no campo da Pedagogia da Infância, e tem como foco de discussão o brincar heurístico na Educação Infantil. O brincar heurístico, como o próprio nome sugere, baseia-se na exploração e na curiosidade dos bebês e crianças pequenas em relação aos objetos do cotidiano. Desse modo, o objetivo principal da ação de extensão é elucidar práticas de brincar heurístico, tendo em vista a qualificação das ações pedagógicas desenvolvidas nas creches.

Rodrigo Saballa de Carvalho é Mestre em Educação (UFRGS), Doutor em Educação (UFRGS) e Pós-Doutor em Educação (UFPEL). É professor do Curso de Pedagogia da FACED/UFRGS na área de Educação Infantil. Além disso, é professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRGS (PPGEDU/UFRGS), na linha de pesquisa dos Estudos das Infâncias. Datas: 25/05, 01/06, 08/06 e 22/06 (quintas-feiras)

Público-alvo: Professoras de Educação Infantil e estudantes de Cursos de Licenciatura em Pedagogia.

Horário: 19h às 22h
Carga horária total: 15h
Local: na sala 605 da Faculdade de Educação da UFRGS
Inscrições pelo email: brincarheuristico@gmail.com
Período de inscrições: 03/04/2017 – 03/05/2017 VAGAS ESGOTADAS em 11/04/2017

 

VI Seminário Universidade e Escolas 2017: O guia alimentar e os novos paradigmas de comer e educar