Metodologia mais eficiente para determinação de propriedades anticorrosivas de tintas

Panorama tecnológico
A presença de cloretos é um dos principais fatores determinantes da corrosão de metais, seja um ataque localizado, como na corrosão por pites, seja pelo ataque uniforme de toda a superfície, o que ocasiona a perda de espessura e eventual perfuração do material. As tintas têm como principal função agir como barreira da difusão de água e de possíveis íons corrosivos. Em tintas protetoras ditas anticorrosivas, cargas minerais com formato lamelar são adicionadas para impedir ou deixar mais lenta a penetração tanto da água, como do oxigênio e de íons agressivos, tais como os cloretos. Portanto, poder determinar a permeabilidade de tintas a cloretos é essencial para classificar e desenvolver novas e conhecidas tintas e seus aditivos.

Descrição da tecnologia
 O invento apresenta uma nova metodologia eletroquímica que possibilita a determinação direta da concentração (teor) de cloretos em um filme de tinta, o que é usado para cálculo do teor inicial de cloretos, sua solubilidade, a capacidade de sua retenção por pigmentos e seu coeficiente efetivo de difusão de cloretos. Para tal, é medida ao longo do tempo a diferença de potencial galvânico entre uma placa de prata revestida com a tinta a ser testada, e um eletrodo de referência de prata/cloreto de prata (Ag/AgCl), ambos imersos em solução de cloreto.

Problema resolvido
Tintas protetoras possuem distintas permeabilidades à penetração de cloretos, os quais após difundir através da tinta encontram o substrato metálico que foi pintado, dando início à sua corrosão. O presente invento permite medir a velocidade com que difundem cloretos da superfície externa da tinta até a interface interna entre a tinta e o metal. Desta forma é possível avaliar tintas e seus componentes quanto à capacidade de proteger o metal contra a penetração de cloretos e a corrosão.

Vantagens
O invento e a metodologia criados permitem a determinação de propriedades importantes e decisivas de tintas protetoras contra a corrosão (anticorrosivas) que não podem ser determinadas para revestimentos pelas tecnologias existentes.

Aplicações
A aplicação é destinada a indústrias de tintas para testar novas composições e pigmentos ou cargas minerais adicionados.

Estágio de desenvolvimento (TRL – Technology Readiness Level)

Status da tecnologia

Pedido de patente depositado no INPI.

Inventores

Luís Frederico Pinheiro Dick
Vinícius Cerveira
Janine Rachel Viscardi

Visite nosso laboratório (clique no logo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *