TÉCNICAS
......................................
     
Cecília Akemi
MODELAGEM EM TORNO
...............................................
   
CENTRALIZAÇÃO    

1. Amasse o barro e faça uma bola .

2. Coloque-a no centro do disco com firmeza e vá batendo com as mãos secas, girando devagar até formar um cone (foto 2).

3. Ligue o torno na velocidade rápida, molhe as mãos.

4. Para rotação do disco anti-horária, use os dedos da mão direita e a base da mão esquerda (para rotação horária, inverter as mãos), posicione na lateral/base do cone e faça força para o centro do disco e vá subindo as mãos bem devagar (fotos 3 a 5). O cone vai ficar mais fino e alto.

5. Use a lateral da mão direita no topo do cone e a base da mão esquerda na lateral superior (para rotação horária, inverter as mãos) e faça força para baixo, em direção ao centro do disco com movimento lento para dar tempo para o barro se acomodar na nova forma. O bloco vai ficar mais largo e baixo (fotos 6 a 8).

6. Repita os passos 4 e 5 várias vezes até o bloco centralizar totalmente.
     
CILINDRO

1. Com o bloco centralizado, dê a forma de um cone truncado (foto 9).

2. Fure. Velocidade média. Com o polegar, comece com ele deitado para achar o centro e vá aprofundando, até deixar 1 cm no fundo (fotos 10 e 11).

3. Abrir o furo. Com a ponta do polegar no fundo e com ele na vertical, faça força para fora, movimentando-o muito suavemente, para manter a espessura da parede e do fundo da peça uniforme (foto 12). Deixe a superfície lisa trabalhando com a ponta dos dedos (foto 13).

4. Subir a parede. Velocidade baixa. Com as mãos formando uma pinça, posicione do lado direito da peça (esquerdo, para rotação horária) faça força na ponta dos dedos começando em baixo, vá subindo bem devagar, suavizando a força entre os dedos (fotos 14 a 16).

5. acerte a boca da peça (foto 17).

6. Repita passos 4 e 5 até chegar à espessura pretendida.

7. Acerte com uma ferramenta (foto 18).

     
DISCO

1. Com o bloco centralizado, vá abaixando cada vez mais como no passo 5 da centralização (foto 19).

2. Use o punho fechado para adquirir mais força na mão e puxe mais o barro primeiro para baixo e depois para fora (foto 20 e 21).

3. Trabalhe com a ponta dos dedos, do centro para fora para alisar a superfície (foto 22).

4. Acerte com uma ferramenta (foto 23).

     
ESFERA

1e 2. Como no cilindro.

3. Abrir o furo inclinando o polegar para dentro (foto 24).

4. Afinar a parede deixando a boca sempre na vertical (foto 25).

5. Envolver a boca com as pontas dos dedos e ir fechando (foto 26).

6. Repetir 4 e 5 até fechar completamente (foto 27).

7. Finalizar com uma ferramenta (foto 28).

     
CONE

1, 2 e 3. Como no cilindro.

4. Suba a parede inclinando-a para dentro (foto 29).

5. Use a ponta dos dedos para fechar mais começando de baixo para cima (foto 30).

6. Repita 4 e 5 até fechar (foto 31).

7. Use uma ferramenta para deixar a parede reta (foto 32).

   
EXEMPLOS DO USO DO TORNO NA ARTE CONTEMPORÂNEA

TJOK DESSAUVAGE, 1948, Bélgica (foto 33.

PETER VOULKOS, 1924-2002, USA - www.petervoulkos.com (foto 34)

KIMI NII, 1947, Japão, desde 1957 no Brasil - www.kiminii.com.br (foto 35)

SHOKO SUZUKI, 1929, Japão, desde 1962 no Brasil (foto 36)

CECÍLIA AKEMI, 1953, Brasil (foto 37)