Canal História da Ditadura
O projeto História da Ditadura está por diversas redes sociais: em site próprio, no Facebook, Instagram e Twitter. Aqui destacamos o canal do YouTube, em especial a seção de entrevistas, que é frequentemente atualizada com a participação de historiadoras e historiadores discutindo temas concernentes à ditadura e à historiografia.

Documentos Revelados
Iniciativa desenvolvida por Aluízio Palmar (ex-militante do MR8, preso político e exilado), para disponibilização digital de uma ampla gama de documentações primárias sobre a ditadura civil-militar brasileira. Para além do compartilhamento de documentos produzidos por órgãos de informação do regime e pelas próprias organizações de esquerda, o site reúne fundos documentais diversos, contando com acervo de 95 mil documentos. Navegue pelo site para buscar documentações referentes às experiências de mulheres na ditadura.

#EmMemóriaDelas – As Mina na História
Campanha do projeto As Mina na História, em homenagem a mulheres que foram torturadas, assassinadas e desaparecidas pelo aparato repressivo da ditadura civil-militar brasileira. A página da campanha reúne minibiografias de algumas dessas mulheres.

Mulheres de Luta – LEGH/UFSC
Projeto desenvolvido pelo Laboratório de Estudos de Gênero e História da Universidade Federal de Santa Catarina, sob coordenação da professora Drª. Cristina Scheibe Wolff e com financiamento da CAPES. Parte de problemáticas em torno do feminismo enquanto movimento social e suas articulações com movimentos de resistência à ditadura civil-militar brasileira. É um amplo projeto, subsidiado por entrevistas de história oral, livros de memória, autobiografias, periódicos feministas e da imprensa alternativa, e que resultou em diferentes materiais: trabalhos acadêmicos (TCCs, dissertações, teses), um e-book e um webdocumentário. No YouTube, o LEGH está no canal Gênero e História.

Vozes da Ditadura: Banco de testemunhos da história recente
O projeto desenvolvido pela historiadora Mariluci Cardoso de Vargas reúne listas de registros testemunhais em torno da ditadura civil-militar brasileira. É possível navegar pelas listas de literatura, filmografia, arquivos e relatórios e trabalhos acadêmicos para buscar informações referentes a mulheres que foram atingidas pela ditadura.

Foto do cabeçalho: ” Helena dos Santos Pereira, mãe de Miguel Santos Pereira, preso político desaparecido”. Evelson de Freitas/Folhapress. In: UOL Educação (https://educacao.uol.com.br/album/2014/03/11/mortos-e-desaparecidos-politicos-durante-a-ditadura-militar-no-brasil.htm)