Curso

Caracterizada por proporcionar uma formação interdisciplinar, a Licenciatura em Ciências Sociais abarca três áreas de conhecimento: a Sociologia, a Antropologia e a Ciência Política. Portanto, ao cursá-la o estudante terá contato com os principais autores, perspectivas teóricas, conceitos e metodologias de pesquisa de cada uma das três áreas. Assim, por um lado, o curso possibilita ao graduando a escolha do caminho da docência na educação básica, em especial, na disciplina de Sociologia para o ensino médio, em escolas da rede pública e privada,  bem como em outros espaços de educação, formais e não formais, promovidos por agentes como associações, cooperativas, movimentos sociais, sindicatos, organizações não-governamentais, entre outros. Por outro lado, a Licenciatura em Ciências Sociais também proporciona ao estudante a possibilidade de escolha de aprofundamento em um dos três referidos eixos, a partir da continuidade dos estudos em nível de pós-graduação, o que pode lhe permitir também o exercício da docência no nível superior, haja vista que a maioria dos cursos superiores possui pelo menos uma disciplina na área das Ciências Sociais.

Cabe ressaltar que os Parâmetros Curriculares Nacionais para o estudo de sociologia no ensino médio destacam que conhecimentos das áreas de antropologia e ciência política são também fundamentais para a formação discente. Assim, o documento trata não somente dos conteúdos de sociologia, mas, destaca a importância do estudo das ciências sociais como um todo no referido nível de ensino. Nesses termos, o curso de Licenciatura em Ciências Sociais proporciona ao futuro professor o conhecimento aprofundado destas disciplinas, em seus respectivos enquadramentos metodológicos e conceituais, os quais, esquematicamente poderíamos descrever da seguinte maneira: a sociologia enfatizando estudo das relações sociais a partir de distintas escalas de análise, desde as que tratam de processos globais àquelas microssociais; a ciência política conformando-se a partir do estudo do Estado, dos sistemas de governo e das relações de poder; e, por fim, a antropologia, propondo a compreensão de fenômenos e processos culturais.

Imbuído de tal formação, além da atuação em espaços educacionais, o licenciado em Ciências Sociais poderá trabalhar também em instituições públicas e privadas, em atividades como: a elaboração e acompanhamento de projetos de intervenção social e na formulação, aplicação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas.