UFRGS e a Covid-19

Site reúne abordagens antropológicas do período de pandemia

< Voltar
Sumário
Imagem: Captura de tela

Proposta da página é receber contribuições diversificadas sobre vivências e análises dessas vivências na sociedade

A página “Antropológicas Epidêmicas”, organizada por pesquisadores do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH/UFRGS) e colaboradores, tem o propósito de se tornar um espaço de compartilhamento de relatos, análise e testemunhos sobre o que pesquisadores estão vivendo e pensando sobre a atual crise mundial instaurada pela pandemia do novo coronavírus. São produções que refletem as experiências de relações e crises durante o período de isolamento social.

O site também tem o objetivo de situar melhor o debate qualificado sobre diversas questões que o mundo enfrenta. O tipo de material é variado: textos acadêmicos, teóricos e analíticos, relatos mais literários, experimentações com diversas modalidades (textuais, visuais, sonoras) de registro etnográfico, ‘autoetnografias’, ensaios fotográficos, filmes, exercícios de imaginação político-viral, entre outros.

As desigualdades sociais também são consideradas. Segundo a descrição da página, “ a pandemia é desigualmente vivida quando se leva em conta marcadores de raça, classe, gênero, sexualidade, geração, sorologia, padrão de normalidade corporal/capacitismo etc”.

Visite o site: https://www.antropologicas-epidemicas.com.br

Tags: