CENTRO

CULTURAL

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul mantém, historicamente, a tradição de ser uma das mais importantes difusoras de cultura do Brasil, cujos projetos pioneiros em diferentes linhas de atuação, formaram – e continuam formando – públicos diversos. O compromisso de manter e renovar essa tradição, implica uma reflexão constante sobre as formas de  relação entre arte, difusão, ensino e pensamento. Esses quatro disparadores – embora constituídos como diferentes – têm, entretanto, um destino comum: o da experiência.

Projetado a fim de manter a vivência da cultura e seus desafios como elementos a serem evidenciados, em 2018 foi criado o Centro Cultural da UFRGS, sediado em um prédio histórico no Campus Central, importante corredor cultural da Universidade; situado à frente da Sala Redenção – Cinema Universitário e da Sala Qorpo Santo, o prédio, cuidadosamente restaurado, possui amplos espaços expositivos, quatro auditórios, além de salas multimeios, espaços para cursos e workshops e uma cafeteria.  O prédio de três andares já marca a vida cultural da Universidade e da cidade, com cursos, espetáculos, oficinas, exposições,  encontros e shows musicais.

O acervo arquitetônico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) representa uma síntese da trajetória construtiva do Estado nos períodos de 1898 a 1928, e de 1951 a 1964, caracterizando-se como parte importante da memória da sociedade gaúcha e brasileira. Integrante do patrimônio cultural do Rio Grande do Sul através da Lei Estadual 11.525/2000, em 2008, o edifício passou também a fazer parte do inventário de bens imóveis do patrimônio cultural da cidade de Porto Alegre.

O prédio do antigo Instituto de Química Industrial possui características de estilo eclético, mesclando assim diferentes linguagens arquitetônicas. Com forma rígida, geométrica, sobriedade e predominância de linhas retas, sua fachada frontal possui colunas toscanas e esculturas femininas, em pedestal de balaustrada, representando a Química. As portas e janelas contam com gradis de ferro, todos originais, cujo elemento decorativo serviu de inspiração para construção da identidade visual do Centro Cultural da UFRGS.

Em 2018 é concluída a obra de restauro do prédio do antigo Instituto de Química Industrial. A administração do espaço, até então sob responsabilidade do Setor de Patrimônio Histórico, , passa a ser realizada pela Pró-reitoria de Extensão da Universidade. Em 20 de agosto de 2018 é inaugurado o Centro Cultural da UFRGS. Em novembro do mesmo ano, o Departamento de Difusão Cultural da UFRGS assume a gerência administrativa do equipamento cultural.

Endereço

Rua Engenheiro Luiz Englert, 333
Campus Centro da UFRGS

Horário

Segunda a sexta, das 9h às 21h

As reservas estão temporariamente indisponíveis em razão da pandemia.As solicitações de reserva de espaços no Centro Cultural UFRGS deverão ser realizadas com o prazo de, no mínimo, 30 dias antes da realização da atividade. O prazo para resposta ocorrerá em até 10 dias úteis, contados a partir da data da solicitação eletrônica. A resposta será remetida ao endereço eletrônico informado pelo proponente no formulário de solicitação. As informações serão avaliadas e entraremos em contato.

  • Portaria de Valores de utilização dos espaços – https://goo.gl/xH5K6h
  • Regulamento de uso e funcionamento do Centro Cultural UFRGS – 10_01_2020_REGULAMENTO CENTRO CULTURAL
  •  O envio do formulário não garante a reserva do espaço. Ela só será efetivada após contato por e-mail, confirmando a reserva.
Preencha o formulário

PROGRAMAÇÃO

maio

Sem eventos

PROJETOS

Grafite de Giz

Narrativas Curtas

Sentidos do Pão

Núcleo da Canção

Sexta Degrau

Cenas Mínimas

CONHEÇA NOSSOS ESPAÇOS

Centro Cultural da UFRGS possui em seus três pavimentos, que totalizam 3.089m², ambientes com diversos formatos, todos com o pé direito alto e amplas janelas, que fornecem iluminação natural e vista privilegiada para o Parque Farroupilha. As salas multiuso, os auditórios e os estúdios de gravação contam com isolamento acústico, sistema de climatização e acessibilidade a pessoas com deficiência.

O espaço é projetado também para receber eventos empresariais e acadêmicos, pois oferece quatro auditórios (com capacidade para públicos entre 60 a 165 pessoas); sete salas multiuso (que comportam entre 15 e 80 pessoas); espaços para exposições; saguão com copa de apoio e terraço com vista para o Parque, ideal para realizar sessões de autógrafos, exposições e confraternizações.

SAGUÃO

Espaço Paineira  – 138m²

AUDITÓRIO

Sala Ipê – 165 lugares

AUDITÓRIO

Sala Jacarandá – 165 lugares

AUDITÓRIO

Sala Araucária – 60 lugares

SALA MULTIUSO

Sala Abacateiro – 78m²

SALA MULTIUSO

Sala Nogueira – 95m²

SALA MULTIUSO

Sala Laranjeira – 95m²

SALA MULTIUSO

Sala Cerejeira – 95m²

AUDITÓRIO

Sala Coqueiro – 60 lugares

SALA MULTIUSO

Sala Pessegueiro – 52m²

SALA MULTIUSO

Sala Limoeiro – 52m²

SALA MULTIUSO

Sala Pitangueira – 78m²

ESPAÇO EXPOSITIVO

Espaço Acácia  – 45m²

ESPAÇO EXPOSITIVO

Espaço Cinamomo – 45m²

DESTAQUE