Avaliação e Medidas em Psicologia

Esta linha envolve projetos que visam a desenvolver ou adaptar instrumentos de avaliação em psicologia e áreas correlatas. As pesquisas têm por objetivo também produzir evidências de validade e fidedignidade, além de normas nacionais e regionais para os instrumentos. Os instrumentos oriundos dos projetos dessa linha subsidiam diversos projetos de outras linhas do Programa.

Desenvolvimento Humano

Essa linha de pesquisa contempla estudos em psicologia do desenvolvimento com abordagem evolutiva mediante investigação dos processos envolvidos nas mudanças e estabilidades (cognitivas, emocionais, sociais, comportamentais) ao longo do tempo no fenômeno de interesse. Inclui pesquisas que possibilitam mostrar se diferenças previstas teoricamente são encontradas em amostras que incluem as idades relevantes para o tema estudado. Abrange distintos contextos (família, escola, casal, clínica, trabalho, universidade), aspectos culturais, vulnerabilidades sociais e métodos de avaliação e de intervenção, do período pré-natal até a velhice, bem como aspectos de desenvolvimento envolvidos em transtornos psiquiátricos, neurológicos e condições de saúde física. Também investiga as influências educativas (família, escola, universidade) sobre o sujeito em desenvolvimento.

Saúde, Prevenção e Intervenção

Essa linha de pesquisa reúne investigações de abordagem psicológica voltada a processos de prevenção, promoção e recuperação de saúde, em distintos contextos. São tratados temas como bem-estar, qualidade de vida, adaptação/ajustamento psicológico, percepção de saúde, adesão a tratamentos, e o estudo de sintomas, preparação para e efeitos de intervenções médicas/cirúrgicas e indicadores de vulnerabilidades associadas à saúde. A linha busca congregar contribuições psicológicas, sociais e físicas para a saúde e o bem-estar das pessoas, incluindo o desenvolvimento de modalidades psicoterapêuticas de tratamento, intervenções e psicoeducação.

Neurociência Cognitiva e Comportamental

Esta linha abrange projetos de investigação de sistemas neurocognitivos e neurocomportamentais correlatos a processos psicológicos básicos de sensação, percepção, atenção, memória, linguagem, tomada de decisão, emoção e consciência. As bases teóricas e empíricas incluem neurociência cognitiva e comportamental, psicofisiologia, neuropsicologia cognitiva e fenomenologia experimental. As abordagens metodológicas dos projetos privilegiam manipulações experimentais em tarefas cognitivas e comportamentais e avaliações neuropsicológicas. Os estudos com humanos incluem tanto participantes saudáveis quanto portadores de transtornos psiquiátricos e neurológicos. Modelos animais são testados em protocolos comportamentais e neuropsicofarmacológicos. Utilizam-se dados de psicofisiologia, eletroencefalografia e neuroimagem, em combinação com instrumentos psicológicos, incluídas medidas de primeira e terceira pessoa. São realizados ainda ensaios clínicos para desenvolvimento e avaliação de protocolos de prevenção, terapêutica e reabilitação em saúde, em geral com conteúdo de inovação em tecnologias da informação.

Mestrado
Início: 1988

Dissertações defendidas: 434

Doutorado
Início: 1995

Teses defendidas: 214