Conheça as disciplinas do Semestre

Disciplinas obrigatórias

(apenas alunos regularmente matriculados no PPGCIN)

  • Metodologia da Pesquisa Científica
    Ementa: A prática da pesquisa acadêmica na Ciência da Informação, em nível de mestrado e doutorado. Questões fundamentais da metodologia científica, com ênfase na elaboração dos procedimentos metodológicos adotados em projetos de mestrado e doutorado. Métodos e técnicas de pesquisa mais usados em ciência da informação, biblioteconomia e documentação. Identificação de problemas de pesquisa. Elaboração do projeto de pesquisa.

 

  • Perspectivas em Ciência da Informação
    Ementa: Abordagem histórica da Ciência da Informação com ênfase nos contextos sociais, epistemológicos e tecnológicos de sua constituição. Atuais e plurais abordagens da área no Brasil e no mundo. A informação como objeto de estudo: conceitos, contextos, domínios epistemológicos, disciplinas e aplicações em diferentes campos.

 

Disciplinas eletivas

  • Aspectos Éticos e Legais da Informação
    Ementa: O saber sobre a informação como direito humano que se configura no contemporâneo como essencial para o acesso aos demais bens sociais supõe diferentes aportes, recortes, abordagens e aspectos sociológicos, axiológicos e deontológicos em que se cruzam indagações e possibilidade atendimento a suas demandas a partir de vários campos do conhecimento. A problematização ética da questão do acesso informacional, nos lugares de informação e memória e nos fazeres profissionais de produção e mediação para o uso da informação realçam o direito à prestação informacional tanto como fato social, valor – público ou privado – quanto como objeto de normas. O estatuto da questão informacional abordado como um direito no nível nacional e internacional – incluindo as novas questões ético-legais advindas dos processos históricos e transformações dos dispositivos sócio-técnicos.
    Professor: Marcia Heloisa Tavares de Figueredo Lima

 

  • Dados Abertos e Ligados
    Ementa: Investigar a evolução dos dados abertos ligados na ciência e na sociedade, com enfoque na infraestrutura tecnológica, nas ontologias e vocabulários, e na apropriação desta solução por parte de domínios como ciência, ensino, governos, biblioteconomia, arquivologia, patrimônio cultural, entre outras. Compreender e contextualizar o surgimento, os princípios e a importância dos dados abertos e ligados. Compreender a infraestrutura para dados abertos e ligados: ontologias, web semântica e linguagens de representação.
    Professor: Rafael Port da Rocha

 

  • Divulgação e Letramento Científico
    Ementa: A partir da percepção de que a Ciência se caracteriza como atividade que incide de diferentes formas em relação aos públicos produtores e consumidores são problematizados os conceitos de Disseminação, Divulgação, Difusão e Vulgarização científica. Aborda-se as intencionalidades, vertentes e intenções relativo aos processos de divulgação Científica. São apresentadas as pesquisas acerca da percepção pública da ciência realizadas no Brasil. São discutidos por fim os limites conceituais entre alfabetização científica e letramento científico.
    Professor: Rodrigo Silva Caxias de Sousa

 

  • Filosofia e Ética da informação
    Ementa: Ética digital. Acesso versus sigilo da informação. Coleta e uso de dados pessoais. Sociedade de Vigilância. Ontologia e epistemologia da informação em ambientes digitais.
    Professor: Moisés Rockembach

 

  • Estudos Métricos da Informação
    Ementa: Teoria e prática dos estudos métricos desde sua origem e seus principais representantes no âmbito mundial, nacional e acadêmico na Ciência da Informação. Compreensão dos fenômenos estatísticos na informação científica e tecnológica, dando suporte básico para os discentes entenderem o contexto dos estudos métricos. Apresentar sistemas consolidados de medição da Ciência e da Tecnologia, bem como a quantificação da informação bibliográfica/documental.
    Professor: Rene Faustino Gabriel Junior

 

  • Gestão de dados científicos
    Ementa: Investigar a relação, em nível conceitual e prático, entre o processo de pesquisa e o tratamento de dados em todas as áreas do conhecimento. Estudo das principais organizações internacionais que atuam no desenvolvimento de políticas e ferramentas para a gestão de dados científicos. Serão analisadas as características, tipos de dados científicos e o desenvolvimento de planos de gestão e processos de preservação e reutilização de dados em repositórios. Pretende-se entender o ciclo de vida dos dados científicos em relação a Open Science e o domínio de aspectos fundamentais necessários para a preservação digital de dados científicos. Papel dos profissionais da informação como facilitadores de técnicas e procedimentos adequados para validar e potencializar o desenvolvimento científico com o uso de recursos para visualização de dados.
    Professores: Rene Faustino Gabriel Junior; Rafael Port da Rocha

 

  • Informação Tecnológica e Inovação
    Ementa: Sistemas de ciência, tecnologia e inovação. A tríplice hélice. Cooperação universidade empresa. A informação como produto e insumo da atividade tecnológica. Interação entre ciência e tecnologia. Indicadores para a mensuração da tecnologia. Fontes e ferramentas para estudos métricos em tecnologia.
    Professora: Ana Maria Mielniczuk de Moura

 

  • Informação no processo de comunicação científica
    Ementa: A informação como produto e insumo da atividade científica. A importância dos processos de comunicação para a circulação das ideias entre os pesquisadores para o desenvolvimento da ciência. Indicadores para a mensuração da atividade científica. Conceitos de bibliometria e sua aplicação na avaliação da atividade científica. Indicadores bibliométricos e os rankings universitários internacionais.
    Professor: Samile Andrea de Souza Vanz

 

  • Informação, Cultura e Memória
    Ementa: As relações entre informação, cultura e memória. Memória e os processos de institucionalização. Memória, Identidade social e cidadania. Relações de poder, práticas sociais e as políticas de memória a partir das dinâmicas das lembranças e dos esquecimentos em diferentes contextos sociais. Diversidade cultural e a construção da memória coletiva e sua articulação entre aspectos identitário-culturais, políticos e institucionais que envolvem a produção, comunicação e apropriação da informação dos distintos grupos sociais. As instituições-híbridas de memória e história: arquivos, bibliotecas e museus. Espaços de celebração e os processos de co-memoração, monumentalização e patrimonialização. Mídias e Memória em rede.
    Professores: Marcia Heloisa Tavares de Figueredo Lima; Valdir José Morigi

 

  • Redes Sociais na Ciência
    Ementa: Redes de publicações e de atores envolvidos na produção, armazenamento, recuperação e uso da informação científica. Redes de coautoria, de citação e de palavras. O uso das redes sociais na ciência. Métricas para o estudo das redes e dos fenômenos científicos.
    Professor: Sônia Elisa Caregnato

 

  • Regimes de campos sociais: aspectos de conhecimento e de informação
    Ementa: A verdade como objeto institucional. Campo social. Matriz de conhecimento dos campos sociais: aspectos filosóficos, materiais, objetivos, normativos. Campo social como modo de existência. Dinâmicas de produção e circulação informacional. Dispositivos de controle da informação.
    Professor: Jackson da Silva Medeiros

 

  • Terminologia, Taxonomia e Ontologia na Ciência da Informação
    Ementa: Bases conceituais, teóricas e metodológicas para elaboração de linguagens de representação e recuperação da informação. Estudo da terminologia aplicada a Ciência da Informação, com foco na variação terminológica para organização de informação. Utilizando tabelas de classificação, taxonomias, tesauros, vocabulários controlados, ontologias , terminologias e glossários nos diversos contextos informacionais.
    Professores: Rita do Carmo Ferreira Laipelt

 

  • Discurso em Face a Organização do Conhecimento
    Ementa: A linguística é uma área do conhecimento que possui relações profundas com a ciência da informação e a organização do conhecimento especialmente no que se refere ao tratamento temático da informação e nas atividades de representação da informação científica e orgânica, porém, além de abordagens metodológicas a linguística é chave para a compreensão dos fenômenos teóricos da Ciência da Informação. Neste sentido, essa disciplina visa dar suporte no estudo e compreensão dos principais teóricos da linguística como Saussure, Chomsky, Bakhtin e Pechêux a partir deste suporte possibilitar a aplicação de teorias linguísticas na Ciência da Informação e organização do conhecimento. Especialmente se aprofunda nas relações entre linguagem e discurso. Por fim, partindo-se dos estudos dos elementos de Organização e Representação do Conhecimento, busca evidenciar os elementos linguísticos nos instrumentos de organização e representação do conhecimento e as possibilidades teórico metodológicas para a ciência da informação.
    Professor: Thiago Henrique Bragato Barros

 

  • Sistemas de Organização do conhecimento aplicados a arquivos e bibliotecas
    Os sistemas de representação e organização do conhecimento
    (SOC) representam um avanço teórico metodológico para a Ciência da informação. A representação e organização do conhecimento é uma área que pode contribuir e muito para a construção de metodologias para a organização de arquivos e bibliotecas. Assim, a organização do conhecimento contribui especialmente no que se refere ao tratamento temático da informação e nas atividades de representação da informação. Neste sentido, essa disciplina visa apoiar o estudo e compreensão de textos recentes a respeito das temáticas relacionadas a representação, organização, acesso, classificação, descrição, ou seja, as atividades relacionadas a criação de sistemas de representação. Busca fomentar essas discussões e aprofundar os conhecimentos relacionados
    a essas áreas. Parte-se de uma reflexão inicial afim das origens e
    procedimentos, avançando para as diferentes vertentes na atualidade da área.
    Professores : Thiago Henrique Bragato Barros e Rita do Carmo Ferreira Laipelt

 

  • Tópicos Especiais em Informação e Ciência II
    Ementa: Temas específicos das interfaces entre informação e a Ciência nos diversos níveis atendidos pela Linha de Pesquisa, abordando questões emergentes ou demandadas pelas pesquisas desenvolvidas na mesma.

 

  • Tópicos Especiais em Informação e Sociedade I
    Ementa: Temas específicos das interfaces entre informação, cultura e sociedade nos diversos níveis atendidos pela Linha de Pesquisa, abordando questões emergentes ou demandadas pelas pesquisas desenvolvidas na mesma.

 

  • Tópicos Especiais em Informação e Sociedade II
    Ementa: Temas específicos das interfaces entre informação, cultura e sociedade nos diversos níveis atendidos pela Linha de Pesquisa, abordando questões emergentes ou demandadas pelas pesquisas desenvolvidas na mesma.